sábado, 25 de março de 2017

(29)POST 2 EM 1: HORA DO PLANETA & MUDANÇA DA HORA!


Resultado de imagem para imagem do planeta terra
CAROS BLOGUISTAS: NESTE MOMENTO ASSINALA-SE UM POUCO POR TODO MUNDO "A HORA DO PLANETA" POR ISSO AS CIDADES ADERENTES APAGAM A LUZ DURANTE UMA HORA. ESTA INICIATIVA VISA ALERTAR OS POLÍTICOS PRÁS ALTERAÇÔES CLIMÁTICAS BEM VISIVEIS NA BARALHAÇÃO QUE VAI COM AS ESTAÇÕES DO ANO, E NÃO SÓ!:(

1-ESTA NOITE CHEGA A HORA DE VERÃO, MAS....
Resultado de imagem para imagens de frio
...MUITAS SÃO AS CASAS QUE TÊM A LAREIRA ACESA!

2-POR CAUSA DESTA "CONFUSÃO" NAS ESTAÇÕES DO ANO (etc)...

Foto de Rádio Comercial.
...HOJE ASSINALA-SE A HORA DO PLANETA TERRA!

CONTINUAÇÃO DE BOM FIM-DE-SEMANA!

A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

sexta-feira, 24 de março de 2017

(28)POR CÁ: ACTIVIDADES PRÓ 4º FDS!(março/17)

[AQUI FICAM ALGUMAS ACTIVIDADES PREVISTAS PRÓ 4º FIM-DE-SEMANA DE MARÇO/17,  ONDE O TEMPO ESTÁ TUDO MENOS PRIMAVERIL, MAS PRONTOSSS...] 
Resultado de imagem para imagens de frio(NO DOMINGO MUDA A HORA!)
1-CINEMA: Sexta e sábado



(Kong-a ilha da caveira)

2-ENCONTRO DE DIRIGENTES ASSOCIATIVOS-25/3
Resultado de imagem para imagens de reunião
(org. as. flor do sabugueiro-casa do paço-14:30 horas)


3-DUAS CAMINHADAS: 

3.1-PROMOVIDA PELO BTT-TAROUCA--FOI ADIADA(*)
Foto de TAROUCA BTT.
(*Informações: 963 739 129, Sr rui)

3.2-PROMOVIDA PELOS AMIGOS DOS ANIMAIS-26/3 

(centro cívico da cidade-15 horas)

4-DESPORTOS VARIADOS: ao logo do fds
Resultado de imagem para imagem de futebol
(futsal e futebol sénior e veteranos)

VOTOS DE UM BOM FIM-DE-SEMANA!

Aquele Abraço!
ProfAnónima

NB: CASO SURJAM OUTRAS ACTIVIDADES (OU NOVIDADES) SERÃO 
COLOCADAS NOS COMENTÁRIOS! 

quinta-feira, 23 de março de 2017

(27)EDUCAÇÃO: ALGUNS ASPECTOS QUE VÃO MUDAR EM 2017/18!(escolas piloto)

[CAROS BLOGUISTAS: AQUI FICAM MAIS ALGUNS ASPECTOS QUE AJUDAM A PERCEBER MELHOR O QUE PRETENDE O ACTUAL MINISTRO DA EDUCAÇÃO QUANDO FALA EM "REFORMA EDUCATIVA". VOTOS DE BOA LEITURA! ProfAnónima]
Resultado de imagem para imagens de salas de aula

«Temas em vez de disciplinas. Experiência avança em algumas escolas no próximo ano


Fundir disciplinas. Alternar semanas normais de trabalho, com semanas a trabalhar um só tema. Estes são apenas dois dos modelos propostos pelo Ministério da Educação. Às escolas cabe decidir. Experiência de “flexibilização” arranca só em algumas, no próximo ano.
Resultado de imagem para imagens de salas de aula
À semelhança da Finlândia, Portugal também poderá ter uma experiência do que é o ensino por temas em vez de por disciplinas. Esta é pelo menos uma das propostas que o Ministério da Educação (ME) vai fazer às escolas no âmbito daquela que, até agora, tem sido chamada de “flexibilização curricular”, mas que nesta quarta-feira, durante uma “sessão de esclarecimento” para jornalistas, foi apelidada pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, de “flexibilização pedagógica”.

Finalmente, depois de meses de anúncios pontuais, o ME indicou o que entende por “flexibilização”. E o que propõe traduz-se numa mudança profunda do modo como é encarado o tempo de ensino. A tutela vai desafiar as escolas, por exemplo, a suspenderem em semanas alternadas o tempo normal de aulas, para se dedicarem em conjunto, e com base numa perspectiva transdisciplinar, ao estudo de um tema.

Isto, garante, sem mudar as cargas lectivas totais inscritas nas matrizes curriculares e aproveitando a possibilidade que será dada aos estabelecimentos de ensino “de gerir até 25% da carga horária semanal” que está definida para cada ano de escolaridade. No 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, com uma carga média de 1400 minutos de aulas por semana, isso representa cerca de 350 minutos semanais para gerir.

A mesma abordagem por temas poderá ser experimentada de outra forma: as escolas podem optar por dedicar apenas uma parte da carga semanal lectiva de duas ou três disciplinas a um tema, trabalhando os professores dessas disciplinas em conjunto, segundo indicou o ME.

“O ministério que dê ideias, que serão bem-vindas, mas tem de dar liberdade às escolas para decidir o que é melhor”, comentou ao PÚBLICO o presidente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas, Filinto Lima, frisando que as “mexidas têm de ser interiorizadas pelas escolas, onde os professores continuam assoberbados de tarefas”.

Os directores ainda não foram informados pelo ME destas propostas, mas o secretário de Estado da Educação, João Costa, garantiu que esta informação será apresentada na próxima semana durante mais uma ronda de reuniões com os responsáveis dos estabelecimentos escolares.

(O que a Finlândia vai mudar no ensino é em tudo contrário ao que Portugal fez)

Mudanças só em algumas escolas para já

A abordagem por temas é apenas uma das hipóteses possíveis, de um cardápio mais vasto de opções de gestão do currículo (ver infografia no final deste texto). Às escolas caberá decidir o modelo. As mudanças começarão a ser aplicadas num grupo de escolas a partir do próximo ano lectivo, abrangendo só os anos iniciais de ciclo (5.º, 7.º e 10.º anos), segundo anunciou o ministro nesta quarta-feira. Haverá estabelecimentos de ensino que serão convidados a integrar o projecto-piloto, sendo que qualquer um se poderá propor para integrar este grupo. Ainda não se sabe quantos farão parte da experiência.

Só depois desta experiência e da sua avaliação, que será também feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, é que se procederá à sua extensão a outras escolas. “Estamos quase no final do 2.º período e as escolas precisam de sossego. É de bom-tom que se avance de forma faseada e nos anos iniciais de ciclo. É uma medida muito sensata porque o que se está a perspectivar é uma mudança estrutural da educação”, diz Filinto Lima.

Tiago Brandão Rodrigues garantiu que não serão mudados nem os programas, nem os currículos, nem as cargas horárias das disciplinas. “Não há uma reforma curricular imposta e abrupta”, garantiu o ministro. Este trabalho “não redundará na revogação dos actuais programas” e “a carga horária das disciplinas vai manter-se igual na generalidade”, esclareceu. Mais: “Não haverá adopção de novos manuais.”

Costa garantiu a Marcelo que mudanças no currículo não são para já

“Não houve nenhum recuo ou volte-face da nossa parte”, disse ainda o ministro, referindo-se às notícias que deram conta de que foi a intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa que levaram o Ministério da Educação a optar por avançar apenas com um projecto-piloto no próximo ano lectivo e a reduzir a extensão das mudanças que estariam a ser preparadas.

APM defende revisão curricular

A presidente da Associação de Professores de Matemática (APM), Lurdes Figueiral, lamenta. “O trabalho que se está a fazer é muito importante, mas teria que ter consequências e uma coerência interna e para tal deveria dar origem a novos programas”, frisa. A APM é uma das associações de professores que têm estado a trabalhar com o ME na definição do que deverão ser as aprendizagens essenciais por disciplina.

A definição das aprendizagens essenciais é outra parte das mudanças que começarão a ser introduzidas, a partir do próximo ano lectivo, que arranca em Setembro, e, segundo João Costa, impõe-se porque a “extensão dos programas actuais está a impedir a consolidação das aprendizagens” por parte dos alunos.

Português e Matemática não terão menos horas, garante ministério

Mas, para Lurdes Figueiral, “sem haver uma revisão curricular e dos programas, todo este trabalho pode ficar a meio e arrisca-se a morrer na praia”. Por isso, apela a que pelo menos seja feita a avaliação das consequências da aplicação dos novos programas de Matemática que entraram em vigor com Nuno Crato para que daí se possam tirar ilações.

Lurdes Figueiral não foi ainda informada pelo ME sobre as propostas de mudança dos tempos de ensino, mas no que respeita por exemplo à conversão de disciplinas anuais em semestrais frisa que tal levaria a uma nova organização do ano lectivo, que poderá recolher um largo apoio, já que o actual modelo é “muito desequilibrado, com um primeiro período muito longo e uma segundo e terceiro período que variam muito na sua duração por estarem dependentes da data da Páscoa”.

A Confederação Nacional das Associações de Pais, e também directores, já defenderam por mais do que uma vez a necessidade de se mudar o calendário escolar, pelas mesmas razões apontadas pela presidente da APM. Contudo, este é um cenário que não foi apontado pelo ME.

Do programa de mudança do ME faz ainda parte a inclusão de uma área de cidadania e desenvolvimento sustentável, que terá tempos lectivos atribuídos. E também a expansão da área das Tecnologias de Informação e Comunicação a todos os anos de escolaridade destes dois ciclos. Actualmente existe só, como disciplina, no 7.º e 8.º anos.» (In Público, 22/3/2017)

(26)POLÍTICA LOCAL: PROGRAMA DO 4º CONGRESSO DA CIDADANIA POLÍTICA DE TAROUCA!(2017)

CAROS BLOGUISTAS: AQUI ESTÁ O PROGRAMA DO IV CONGRESSO DA CIDADANIA POLITICA BEM COMO O LINK PRA QUE SE POSSA INSCREVER VIA NET!

PROGRAMA DO CONGRESSO DA CIDADANIA POLÍTICA-27/5

INSCREVA-SE AQUI

A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

*A INSCRIÇÃO É OBRIGATÓRIA PORQUE O ALMOÇO É POR CONTA DA CASA!

quarta-feira, 22 de março de 2017

(25)POR CÁ: O TURISMO NA REGIÃO DOURO SUL!(artigo de opinião)

[CAROS BLOGUISTAS: O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TAROUCA, DOMINGOS NASCIMENTO,  PUBLICOU ESTE TEXTO NO SEU FACEBOOK COM O INTUITO DE "PROVOCAR A DISCUSSÃO", SOBRE O "TURISMO NA REGIÃO"! ProfAnónima]

«O Turismo no Douro Sul dorme ao relento?

Portugal é um destino turístico importante!

O Norte é uma grande referência, destacando-se pela afirmação da cidade do Porto!
O Douro é um território muito especial!

Neste Douro, o lado Sul, tem particularidades que o colocam num patamar de excelência!
Os monumentos, as intangibilidades, como a História, as tradições religiosas e comuns, a
gastronomia, a música!

Os Municípios fizeram tudo, quase tudo: infraestruturas, equipamentos e, mais recentemente, atividades de animação estruturadas e com muita qualidade.

As nossas cidades, vilas e aldeias têm muito nível!
Temos autenticidade..!
Temos identidade!
Precisamos de visibilidade e organização.

Há Aldeias quase desertas, com casas e infraestruturas ótimas.
Não temos Alojamento suficiente.
Saibamos fazer destas Aldeias Alojamentos Locais em rede com gestão de confiança.
Vale a pena apostar no Turismo.

Será um negócio importantíssimo para a sustentabilidade deste território.
A par da Agricultura, o Turismo será o nosso futuro.
Parece-me que, a não aparecerem estruturas empresariais, alguém tem que dar o empurrão e passar à ação.

Defendo a criação de uma régie cooperativa que envolva todos os Municípios do Douro Sul.
Esta organização, com base nos Municípios, abriria a porta aos proprietários das casas, mas
também a outros investidores, emigrantes e outros. Seria a instituição motora e promotora de exploração de Alojamento Local.

Desta forma, promoveremos economia, reabilitação de imóveis , fomentamos o emprego e, nada pouco importante, damos vida às nossas aldeias. Não me parece difícil concretizar-se esta solução.

Neste território os turistas não vão dormir ao relento.
Vão repousar, serenamente, a ouvir o silêncio bom das nossas terras!
De manhã acordarão com o canto dos galos e beberão a nossa água, o nosso vinho, e comerão as nossas tradições e as nossas frutas.

Na mala, para além do nosso artesanato, levarão os produtos locais e no coração, a cultura destas terras e a gratidão genuína das pessoas.

O Douro Sul
Tem Futuro!»

NB: APROVEITAMOS PRA LEMBRAR QUE JÁ ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PRÓ CONGRESSO DA CIDADANIA POLÍTICA DE TAROUCA A TER LUGAR NO DIA 27 DE MAIO!

terça-feira, 21 de março de 2017

(24)POR CÁ: BTT-TAROUCA PROMOVE CAMINHADA DE PRIMAVERA!

CAROS BLOGUISTAS: NO PRÓXIMO DOMINGO (26/3/2017) OS BTT-TAROUCA VÃO LEVAR ACABO A SUA 1ª CAMINHADA DE 2017: A CAMINHADA DA PRIMAVERA!

TAROUCA BTT 
Foto de TAROUCA BTT.
(informações: 963 739 129, Sr Rui Mariano)

A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

NB: APROVEITAMOS PRA INFORMAR QUE JÁ ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PRÓ "TAROUCA TEM TALENTO" E PRÓ "CONGRESSO DA CIDADANIA POLITICA" DE TAROUCA! (ver site de inscrições nos comentários)

segunda-feira, 20 de março de 2017

(23)METEOROLOGIA: A PRIMAVERA CHEGOU FRIA E CHUVOSA!

CAROS BLOGUISTAS: AQUI FICAM AS PREVISÕES METEOROLOGICAS PRA ESTA SEMANA. APROVEITAMOS PRA LEMBRAR QUE NO PRÓXIMO DOMINGO MUDA A HORA!
«Temperaturas sempre a descer até quarta-feiraResultado de imagem para imagens de frio
A chuva e a descida da temperatura vão marcar o início do Equinócio da primavera, prevendo-se a partir de terça-feira também queda de neve acima dos 1600 metros.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, o Equinócio da primavera começa esta segunda-feira às 10.29 horas.

"Neste início de semana vamos ter uma descida das temperaturas máxima e mínima. Hoje ainda vamos ter um dia com céu pouco nublado ou limpo em todo o território (...) mas, amanhã [terça-feira] já vamos ter um dia muito diferente", disse o meteorologista Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Vamos ter um início de primavera molhado e frio

De acordo com Ricardo Tavares, na terça-feira prevê-se precipitação em geral fraca nas regiões do Norte e Centro e depois estendendo-se gradualmente às restantes regiões e vento de noroeste a soprar fraco a moderado, temporariamente moderado a forte nas terras altas.

"De referir que na terça-feira está prevista queda de neve acima dos 1600 metros logo no início do dia e gradualmente a quota vai descendo até aos mil metros", adiantou.

O meteorologista do IPMA destacou também que até quarta-feira está prevista uma descida acentuada das temperaturas.

Temperaturas sempre a descer até quarta-feira.

Segundo Ricardo Tavares, está previsto para Lisboa na quinta-feira 06 graus de temperatura mínima e 12 de máxima.

"A partir do final da semana a tendência é para as temperaturas começarem a subir, mas vão manter-se baixas ao longo dos próximos dias. Vamos ter um início de primavera molhado e frio", disse (...)»