segunda-feira, 17 de julho de 2017

(17)TRAGÉDIA DE PEDROGÃO GRANDE: UM MÊS DEPOIS...! (17/7/2017)

PEDROGÃO GRANDE: PORQUÊ?! 

---------
PASSOU UM MÊS SOBRE AQUELE FATÍDICO DIA E CONTINUAMOS SEM RESPOSTAS PRA MUITAS PERGUNTAS. DIA 17 VAI FICAR NA MEMÓRIA DE MUITOS PORTUGUESES COMO O DIA DA TRAGÉDIA DE PEDROGÃO GRANDE! :(

1-Como é possível que um incêndio faça vítimas 5 horas depois do seu início?!?

2-Alguém nos pode assegurar que se o incêndio fosse hoje, as consequências não seriam tão desastrosas frutos das medidas entretanto tomadas, ao nível das comunicações e outros?!

3-De que estão à esperas os fiés depositários dos donativos solidários dos portugueses prós fazer chegar aos sobrevivente?!

4-Como é possível que algumas povoações ainda não tenham recebido a "visita" dos Serviços Sociais daquela Região?!»

5-Como é possível que estejam a recusar "donativos em géneros" se algumas pessoas no terreno dizem que estão a precisar?!
Foto de Público.
-------------(«O que falhou? Tudo, como há décadas.» In Público)---------------

PEDROGÃO GRANDE NÃO PODE CAIR NO ESQUECIMENTO DOS PORTUGUESES (ponto)

Aquele Abraço
ProfAnónima

NB: NO POST 18 DE JUNHO FIZEMOS UMA ESPÉCIE DE DIÁRIO DURANTE O 1º MÊS, AGORA VAMOS CONTINUAR A FAZER-LO AQUI!

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao contrário do que prometemos na nota de rodapé, ainda não estamos a fazer aqui o "diário" relativo ao 2º mês (por questões logísticas), mas continuamos a fazê-lo no Post 18 de Junho!(cont.)

      Eliminar
  2. REGISTO X: AS FRASES MAIS MARCANTES DITAS AO LONGO DO 1º MÊS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1-Um comentador da TSF: «Pedrogão vai pôr à prova muita coisa (...)» (23/6)

      2-Presidente do PS:«Há um antes e um depois Pedrogão!»

      3-Pároco de Tarouca.«Frente à calamidade que surge, reagimos com o coração, somos imbatíveis na generosidade. O problema está na continuidade, na persistência.(...). E esta falta de persistência na ação não é só dos cidadãos, é também dos governantes, das associações, dos movimentos.» (11/7)

      4-Assunção Cristas:«A melhor forma dos portugueses apoiarem a zona atingida pelos incêndio de Pedrogão Grande é visita-la e procura-la pra passar as férias!» (11/7)

      5-Primeiro-Ministro:«o país está melhor em termos económicos, mas há que ter a humildade de corrigir os erros cometidos (numa alusão à questão dos fogos florestais)» (15/7)

      6-Presidente da República:«Marcelo admite falha dos poderes públicos na tragédia de Pedrógão e pede "trégua eleitoral"» (17/7)

      Eliminar
  3. Errata à 4ª pergunta: «4-Como é possível que algumas povoações ainda não tenham recebido a "visita" dos Serviços Sociais daquela Região, 30 dias depois?!»

    ResponderEliminar