domingo, 1 de junho de 2014

(2) DIVERSOS DE JUNHO/2014!(pergunte, informe, denuncie, elogie..)

PROVÉRBIO CHINÊS: «OS SÁBIOS DISCUTEM IDEIAS, OS COMUNS DISCUTEM FACTOS E OS MEDÍOCRES DISCUTEM PESSOAS»



Caros Bloguistas!

Aqui está o post pra onde pode enviar os seus elogios, as suas denúncias, as informações úteis prós tarouquenses, mas também onde pode colocar as suas perguntas/dúvidas!(e neste caso, esperar que alguém apareça a responder)

Aquele Abraço!
ProfAnónima

Informações Adicionais: Voltamos a lembrar que o TAROUCAndo, além dos postes com assuntos específicos (notícias, resumos sobre isto ou aquilo, etc), também tem, desde o início, postes pra assegurar as Rubricas Classicas: 

-Por Tarouca Aconteceu/Vai Acontecer (noticias locais/regionais)

- Tarouca Foi Notícia: Saiba Porquê! 

- As Figuras TAROUCAndo! 

- Rir Faz Bem! 

-Se Recordar é Viver: Recordemos...

- Eles/Elas Disseram:E Agora?!

-ETC.






245 comentários:

  1. INFORMAÇÃO (0): AGENDA DE EVENTOS

    Voltamos a lembrar que a Câmara Municipal de Tarouca passou a lança uma "Agenda de Eventos", de 2 em 2 meses.

    nela poderá ver as muitas e variadas actividades previstas pra esse peíodo de tempo e ainda, beneficiar de uma entrada nas piscinas cobertas e no cinema a preços reduzidos!

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  2. INFORMAÇÃO (00): COLABORADORES DO TAROUCAndo

    Voltamos a reafirmar que NENHUM dos caloboradores mais directos do TAROUCAndo alguma vez foram moderadores no Tarouca No Seu Melhor e/ou a "Gata Scribona" do Notícias de Vila Real!

    PreofAnónima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E AGORA QUEREMOS ACRESCENTAR:

      NEM TÊM QUALQUER LIGAÇÃO AO BLOG CASPER, DE LAMEGO(?).

      MAS SE DÚVIDAS EXISTIREM DEVEM PEDIR "APOIO" ÀS AUTORIDADE COMPETENTES E NÃO A ASSESSORES!(e mais não se diz...)

      ProfAnónima

      Eliminar
    2. UM ACRESCENTO:

      ESTAS ESTES ESCLARECIMENTOS/DECLARAÇÕES NADA MAIS TEMOS A DIZER.

      GRATOS PELA V/COMPREENSÃO.

      ProfAnónima

      Eliminar
    3. COMENTÁRIO ANTERIOR ERRATADO/UM ACRESCENTO:

      SOBRE ESTES ESCLARECIMENTOS/DECLARAÇÕES NADA MAIS TEMOS A DIZER.

      GRATOS PELA V/COMPREENSÃO.

      ProfAnónima

      Eliminar
  3. INFORMAÇÃO (1):

    Esteve fim-de-semana o banco Alimentar esteve em Tarouca, pra mais uma recolha de alimentos.

    Ontem esteve no Ponto Fresci e hoje (ainda) está no Mini-Preço do Castanheiro do Ouro-Tarouca.

    Mais se informam que foram jovens de tarouca que arregaçaram as mangas nesta campanha!Parabéns!:)

    Profanónima

    ResponderEliminar
  4. INFORMAÇÃO (2): DIA DA CRIANÇA

    Este ano a Câmara Municipal de Tarouca quis proporcionar um dia diferente prá "pequenada". Pró efeito mandou colocar insufláveis e outros equipamentos no centro Cívico da Cidade!:)

    (saiba mais no post 1 de junho)

    Profanónima

    ResponderEliminar
  5. INFORMAÇÃO (3): PISCINAS DESCOBERTAS

    Abriram hoje as piscinas municipais pra mais uma época balnear!

    Votos de bons mergulhos!(*)

    ProfAnónima

    (*)Divirtam-se, mas tenham cuidado com as horas de maior calor e com as congestões!

    ResponderEliminar
  6. INFORMAÇÃO (4): SANTOS POPULARES

    O mês de Junho é o mês dos Santos Populares.

    Pelos placardes espalhados pela cidade e nas monstra de muitas casas comerciais já se vão vendo alguns cartazes a anúnciar algumas dessas festas, que, ano após anos, vão ganhando tradição entre nós.

    Assim, muito em breve vamos lançar postes especificos: um com os cartazes/programas e outros mais mais um concurso de quadras do TAROUCAndo!

    ProfAnónima

    NB:DÊ UMA ESPRETADELA ÀS QUADRAS REALIZADAS O ANO PASSADO PELOS N/LEITORES!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INFORMAÇÃO ADICIONAL:

      DEVIDO A UM DOS ÚLTIMOS PROBLEMAS INFORMÁTICOS (o "rato" perdeu a capacidade do "copi e paste"), NÃO VAI SER POSSÍVEL FAZER UM POST COM OS PROMETIDOS CARTAZES/PROGRAMAS, MAS PROMETEMOS FAZER: ESPERAMOS QUE GOSTE!(COM QUADRAS E TUDO...)

      A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

      Eliminar
  7. INFORMAÇÃO (5): AGRICULTORES

    Informam-se os Senhores Agricultores que todos os cartões com os digitos 21 e alguns com os digitos 22 (de 2009), vão cadacar durante os meses de Maio, Juno e Julho, pelo que deve proceder à sua substituição.

    Pra mais informações contacte a Agro-Tarouca!

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  8. INFORMAÇÃO (6): CÁRTIAS:ECONOMIA SOCIAL

    As Caritas Portuguesas vão levar acabo uma iniciativa com vista a apoiar projectos de desempregados mais "fragilizados" a conseguirem montar o seu próprio negócio.

    No fundo prometer "dar a cana"!

    Pra mais informações procure no. www.caritas.pt ou ligue: 213 825 469

    Profanónima

    ResponderEliminar
  9. INFORMAÇÃO (7): AS (não) ELEIÇÕES NAS JUVENTUDES POLITICAS LOCAIS

    Dizem por aí que ainda não aconteceram as eleições prós órgãos das estruturas politicas da Juventude!(quando houver fumo branco, eles logo devem "apitar" por todos os lados...)

    Profanónima

    ResponderEliminar
  10. PERGUNTA (1): CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE

    Alguém nos saber dizer se este órgão, recentemente criado na AM, já se encontra em funcionamento??

    A quem nos informar oferecemos uma malinha térmica, oferecida pelos sumos santal!(agora que as piscinas reabrira, dá jeito...

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ERRATA:

      Onde se lê "agora que as piscinas reabrira, dá jeito..." deverá ler-se "agora que as piscinas descobertas reabriram, dá jeito!"

      Profanónima

      Eliminar
  11. INFORMAÇÃO (8): NOTÍCIAS DO FUTEBOL

    1-Ao que se diz por aí, o Arguedeira ainda não "encontrou" ninguém que se tivesse disponibilizado pra substituir o Sr Jorge melo.

    1.1-Recordamos que o Sr Jorge Melo é presidente do Arguedeira há 18 anos e resolveu colocar o seu lugar à disposição na última Assembleia Geral do Clube, pra retemperar forças!

    2-Igualmente se diz por aí, que na próxima época desportiva os 2 clubes vão continuar com "séniores", pra não impedir o tarouquense de subir de divisão.

    2.1-Aproveitamos pra recordar que o Tarouquenses conquistou o titulo de campeão distrital, frente ao Viseu e Benfica!Parabéns!

    Profanónima

    ResponderEliminar
  12. INFORMAÇÃO (9): MENTES BRILHANTES

    A equipa de alunos do Centro Escolar de Tarouca, ganhou a 11ª edição do concurso matemático "Mentes Brilhantes", ocorrido na semana passada, em Viseu! Parabéns!:)

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  13. INFORMAÇÃO (10)

    A Escola de Tarouca convidou o TEAR da Régua pra vir apresentar uma peça de Teatro. Dizem por aí que é uma comédia e subirá ao palco do Auditório Municipal na noite do dia 4 de Junho.

    Profanónima

    ResponderEliminar
  14. INFORMAÇÃO (11): SAÚDE: SESSÃO DE ESCLARECIMENTOS

    A D. Albertina acedeu ao convite formalizado pelo Grupo-Elas (*), pra ir falar sobre "a saúde da mulher2. Esta sessão vai decorrer amanhã (dia 2 de junho), , pelas 16 horas, na sua sede: antigas instalações da Escola Primária de Tarouca.


    ProfAnónima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (*) Recordamos que este "grupo" surgiu como forma de dar resposta ao desemprego no feminino que aflige todo o País e Tarouca não é excepção.

      Eliminar
    2. A 1ª sessão lá decorreu e ao que tudo indica ficou marcado um novo encontro pra se falar de outras temáticas, relacionada com a questão "ser mulher".

      (ver post 7)

      Eliminar
    3. Apesar do desemprego "afligir" o País em geral e Tarouca em particular, ninguém quis abordar este tema no segundo congresso da cidadania...

      Eliminar
  15. INFORMAÇÃO (12): FEIRINHA-ELAS

    O "Grupo Elas", vai levar acabo uma feirinha de produtos produzido cá, na bela Ucanha, no dia .

    Recordamos que a 1ª iniciativa do género ocorreu no dia 24 de maio nos Esporões!(dizem que foi um sucesso)

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ERRATA:

      A PRÓXIMA FEIRINHA-ELAS, SERÁ NA UCANHA DIA 7 DE JUNHO!

      MUITO EM BREVE VAMOS DIVULGAR O RESPECTIVO POST!(e desta vez esperamos que não desapareça pra outra pág da web ou outro sítio qualquer....)

      ProfAnónima

      Eliminar
  16. INFORMAÇÃO (13): FOTOS DE ACTIVIDADES

    Pelo Facebook já circulam fotos do Dia da Criança, vivido em Tarouca!

    Profanónima

    ResponderEliminar
  17. INFORMAÇÃO (14): EUROPEIAS /14

    Informamos que publicamos TODAS as mensagens recebidas, dentro dos prazos, nos postes 22, 23 e 24 de Maio/14!

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INFORMAÇÃO (15): RESULTADOS ÀS EUROPEIAS/14

      Informamos que podem ser (re)vistos os resultados eleitorais nos postes 93 a 98, de Maio/14

      ProfAnónima

      Eliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INFORMAÇÃO (16): ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE AS EUROPEIAS/14

      1-A Extra-Direita subiu substancialmente tendo mesmo ganho as eleições em França;

      1-1-Esta força politica além de racista é anti-emigração!!!

      1.2-Em Portugal, estes "movimentos" não têm praticamente expressão eleitoral, mas parece(-me) que querem pôr as unhas de foras de forma camuflada: estejamos atentos!

      2-Na Espanha o "centrão" não conseguiram 50% dos votos; em Portugal, o "centrão" e o CDS não conseguiram 60!

      3-Se nas legislativas obtivessemos estes resultados, passariamos a ter mais 3 partidos na Assembleia da República: Partido da Terra, Partido Livre e PAM!

      ProfAnónima

      Eliminar
  20. PERGUNTA (2): DISPUTA DA LIDERANÇA DO PS

    Alguém nos sabe dizer qual é o candidato que a Concelhia de Tarouca, apoia oficialmente: António José Seguro ou António Costa?!

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  21. INFORMAÇÃO (17): EURO/2014

    O EURO/2014, QUE SE DISPUTA NO BRASIL, JÁ MEXE: LÁ E CÁ!

    POR CÁ, NESTE MOMENTO JÁ SÃO CONHECIDOS OS 23 SELECCIONADOS, O CALENDÁRIO DOS JOGOS OFICIAIS , A MASCOTE E O HINO! (ver post 105 de maio)

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  22. UMA CURIOSIDADE: RELATIVAMENTE A ESTA PÁG, "RECEBEMOS" ISTO:

    Esta página Web não está disponível

    Menos
    A página Web em http://taroucando.blogspot.pt/2014/06/2-diversos-de-junho2014pergunte-informe.html poderá estar temporariamente inactiva ou poderá ter sido movida permanentemente para um novo endereço Web.
    Código de erro: ERR_INVALID_ARGUMENT


    NB:COM ESTE EVENTUAL "DESVIO", JÁ SÃO 5: O POST A ANUNCIAR DA FEIRINHA DOS ESPORÕES, O POST QUE ANUNCIAVA "MAIS ACTIVIDADES PRÓ FIM DE MAIO/14" E "AS ESCOLHAS DIÁRIAS DO TAROUCAndo".

    ResponderEliminar
  23. CONTINUANDO...

    INFORMAÇÃO (18). ACTIVADES LEVADAS ACABO EM MAIO/DESTAQUES

    No mês de Maio foram muitas as actividades levadas acabo pelos Órgãos autárquicos e pelas colectividades.

    A saber:

    -Festejos do Dia do Emigrante;

    -Campeonato nacional de DH;

    -4º Passeio Anual Caminhar & Pedalar:

    -um concerto solidário, no auditório, com "recolha de alimentos";

    -dois concertos solidários pra recolher fundo prá n/Fabiana!

    ProfAnónima

    NB:DE TODAS ESTAS ACTIVIDADES PODERÁ ENCONTRAR FOTOS NOS SITES OFICIAIS E/OU NO BLOG ASAS DA MONTANHA!

    ResponderEliminar
  24. PROVÉRBIO CHINÊS:

    «OS SÁBIOS DISCUTEM IDEIAS, OS COMUNS DISCUTEM FACTOS E OS MEDÍOCRES DISCUTEM PESSOAS»

    AJUDEM-NOS A SER "COMUNS"!

    MUITO OBRIGADA!


    A MODERADORA PRINCIPAL: ProfAnónima

    ResponderEliminar
  25. INFORMAÇÃO (19): SANTOS POPULARES

    MUITO EM BREVE VAMOS LANÇAR UM POST COM OS MUITOS FESTEJOS LOCAIS ALUSIVOS AOS SANTOS POPULAR:

    A MODERADORA PRINCIPAL!

    NB: APROVEITAMOS PRA INFORMAR QUE NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA VÃO OCORRER OS FESTEJOS EM HONRA AO DIVINO ESPIRITO SANTO EM DALVARES: DIAS 6, 7 E 8!

    ResponderEliminar
  26. INFORMAÇÃO (20): LARGADA DE TRUTAS

    NO PRÓXIMO DIA 8 DE JUNHO VAI TER LUGAR A 8ª LARGADA DE TRUTAS!

    A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

    ResponderEliminar
  27. INFORMAÇÃO (21): PRÓXIMOS TEXTOS:

    1-"AFINAL DE CONTAS QUEM GANHOU AS EUROPEIAS/14??"

    2-CONCLUSÕES POSSÍVEIS ENTRE OS RESULTADOS DAS EUROPEIAS/14 E AS AUTARQUICAS/13

    3-ELEVADA ABSTENÇÃO: DE QUEM É A CULPA?!

    ATÉ BREVE(?)

    A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

    ResponderEliminar
  28. UMA (dupla) CURIOSIDADE:

    URL de referência

    Entrada Visualizações de página

    http://search.incredibar.com/search.php?q=taroucando&pr=&lang=portuguese&cid=2&source=370&gc=pt&acr=365416
    1
    https://www.google.pt/
    1
    Sites de referência

    Entrada Visualizações de página

    search.incredibar.com
    1
    www.google.pt
    1
    Pesquisar palavras-chave

    Nenhuma estatística ainda, verifique mais tarde.

    ResponderEliminar
  29. (CONT. DO REGISTO DE ACTIVIDADE RELATIVA A MAIO/14)

    22 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    21 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    21 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    21 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    21 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    21 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    20 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    19 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    18 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Peso da Régua, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    17 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    16 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    15 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal
    15 de mai Login no Chrome (Windows) Lamego, Portugal

    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (...)

      A QUESTÃO É QUE ESTE PC NÃO FOI AO PESO DA RÉGUA EM MAIO/JUNHO E A LAMEGO APENAS FOI UMA VEZ.

      (...)

      Eliminar
  30. QUEM NOS VISITA NESTE MOMENTO??

    URL de referência
    Entrada Visualizações de página
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCwQFjAD&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=WSyPU-CxJpb-wAHZtgE&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg
    1
    https://www.google.pt/
    1
    Sites de referência
    Entrada Visualizações de página
    www.google.pt
    2
    Pesquisar palavras-chave
    Nenhuma estatística ainda, verifique mais tarde.

    ResponderEliminar
  31. IN JN

    Mundial: Governo faz recomendações de segurança a adeptos portugueses
    Publicado hoje às 16:15
    O Ministério dos Negócios Estrangeiros recomenda aos adeptos portugueses que vão assistir a jogos do Mundial de futebol no Brasil que evitem viajar de noite ou oferecer resistência em caso de assalto, num guia publicado na página oficial.
    O "guia do adepto", disponível na página da internet da secretaria de Estado das Comunidades, faz várias recomendações aos portugueses que se preparam para viajar para o Brasil e deixa contactos úteis em caso de necessidade e emergência.
    «Em caso de assalto, NUNCA ofereça resistência nem efetue movimentos bruscos ou fora da visão do(s) assaltante(s)», aconselha o ministério, que sugere ainda que os portugueses devem evitar levantar dinheiro sozinhos e não devem também viajar de noite e andar a pé isolados.
    Se conduzirem, os adeptos devem manter sempre as portas e janelas trancadas e o carro pronto a seguir marcha e não devem reagir a «indicações de outros condutores ou transeuntes de que algo de errado se passa com a viatura», sendo preferível verificar a situação numa estação de serviço ou numa esquadra de polícia.
    «Respeite as forças de segurança e não participe em manifestações», pede ainda a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.
    Os viajantes devem assegurar que têm o passaporte com validade mínima de seis meses e fazer-se sempre acompanhar do documento original.
    Nos dias dos jogos, haverá nas imediações dos estádios onde joga a seleção nacional uma equipa móvel de apoio e proteção consular portuguesa, «que poderá prestar auxílio em caso de necessidade», existindo ainda elementos da PSP de Portugal, dentro e fora do recinto.
    Se for necessário, as secções consulares das embaixadas e os consulados portugueses podem prestar apoio aos viajantes, nomeadamente na emissão de documento de viagem provisório e facilitação do contacto com unidades hospitalares, em situação de acidente ou doença e com advogados e polícia, em caso de detenção.
    «A proteção consular não poderá, no entanto, libertá-lo da prisão ou efetuar por si o pagamento de contas de hotel, médico, advogados, viagens ou outras», alerta o ministério.
    Os portugueses são ainda aconselhados a informar-se sobre as vacinas recomendadas (febre amarela) e a profilaxia da malária, devendo consultar-se com o seu médico ou na consulta do viajante.
    O Governo sugere ainda o envio de um 'e-mail' para o gabinete de emergência consular do ministério dos Negócios Estrangeiros, onde os adeptos poderão fornecer detalhes da viagem e, entre outros dados, indicar o nome de um familiar ou amigo a ser contactado em situação de emergência.
    O Campeonato do Mundo de futebol disputa-se no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho.
    Artigo Parcial

    Relacionados

    Mundial: PSP leva sete polícias ao Brasil para acompanhar adeptos portugueses

    ResponderEliminar
  32. UMA PERGUNTA: A PROVA BTT DE S.JOÃO DE TAROUCA MUDOU A DATA?!


    CHEGOU-NOS ISTO NO POST 7 DE JUNHO/14:

    ATENÇÃO:

    Fui acabo de ir ao Facebook e vi no Feed notícias que esta actividade terá sido adiada. Convém confirmar.

    A. Monteiro.

    PROVA:Tarouca Btt
    39 min ·
    Por motivo de no dia 22 de Junho 2014 se realizarem as comunhões pelas freguesias de Tarouca, O evento (PASSEIO DE BTT E CAMINHADA EM SÃO JOÃO DE TAROUCA) irá ser realizado no dia 06 de Julho 2014.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ESTA PROVA PASSOU PRA DIA 6 DE JULHO

      DIA 29 DE JUNHO É A PROVA DO INATEL. (ver post 67)

      ASSINA: A.M.

      Eliminar
  33. UMA CURIOSIDADE:

    URL de referência

    Entrada Visualizações de página

    https://www.google.pt/
    5
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCkQFjAA&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=8omPU7vKKNCM7Ab3_YHwBw&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg&bvm=bv.68235269,d.ZGU
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  34. [TRAZIDO DO SITE OFICIAL DO JN]

    Jardim Gonçalves quer ver o seu nome limpo na praça pública

    Publicado ontem

    O fundador do BCP, Jardim Gonçalves, reafirmou a sua inocência, que espera ver reconhecida publicamente, face às acusações de que é alvo nos tribunais devido à alegada prática de irregularidades no banco.


    foto STEVEN GOVERNO / GLOBAL IMAGENS

    Jardim Gonçalves quer ver o seu nome limpo na praça pública


    "Há um caminho judicial que tenho percorrido em várias frentes. O ambiente criado em 2007 ainda não foi esclarecido", disse o antigo banqueiro, durante a apresentação da sua biografia "O poder do silêncio", da autoria de Luís Osório, que decorreu em Lisboa.

    (CONTINUA)

    NB:BOM, ASSIM SENDO O "TAROUCA NO SEU MELHOR" TAMBÉM VAI APANHAR POR TABELA!(digamos assim...)

    ResponderEliminar
  35. [TRAZIDO DO SITE DO JORNAL i]

    (...)

    Segue-se um breve currículo dos juízes-conselheiros que compõem atualmente este órgão de soberania, com oito homens e cinco mulheres:

    - O presidente do TC, Joaquim Sousa Ribeiro, nasceu no Porto, em 1946, e é formado em Direito e professor universitário. Foi eleito para o TC pela Assembleia da República (AR) a 05 de julho de 2007, sob proposta de PS e PSD, desempenhando o cargo de presidente desde 02 de outubro de 2012.

    - A vice-presidente, Maria Lúcia Amaral, nasceu em Angola, em 1957, e é formada em Direito e professora universitária. Foi eleita para o TC pela AR (sob proposta do PSD) a 29 de março de 2007, desempenhando o cargo de vice-presidente desde 02 de outubro de 2012.

    - A vogal Ana Guerra Martins nasceu em Lisboa, em 1963, e é formada em Direito e professora universitária. Eleita para o TC pela AR (sob proposta do PS), iniciou funções a 04 de abril de 2007.

    - O vogal Carlos Cadilha nasceu em Viana do Castelo, em 1947, e é formado em Direito, tendo desempenhado cargos em tribunais administrativos, no Ministério Público e no Supremo Tribunal de Justiça. Eleito para o TC pela AR (sob proposta do PS), iniciou funções a 04 de abril de 2007.

    - A vogal Catarina Sarmento e Castro nasceu em Coimbra, em 1970, e é formada em Direito e professora universitária. Foi Adjunta do Ministro da Administração Interna (1995-97). Eleita para o TC pela AR (sob proposta de PS e PSD), iniciou funções a 04 de fevereiro de 2010.

    - O vogal Fernando Vaz Ventura nasceu no Barreiro, em 1961, e é formado em Direito. Desempenhou funções de juiz em diversos tribunais, nomeadamente o Tribunal da Relação de Lisboa. Eleito para o TC pela AR (sob proposta do PS), iniciou funções a 12 de julho de 2012.

    - O vogal João Cura Mariano Esteves nasceu em Coimbra, em 1957, e é formado em Direito e professor universitário. Desempenhou funções de juiz em diversos tribunais. Eleito para o TC pela AR (sob proposta do PSD), iniciou funções em 04 de abril de 2007.

    - O vogal João Barrosa Caupers nasceu em Lisboa, em 1951, e é formado em Direito e professor catedrático na Universidade Nova. Foi assessor do Provedor de Justiça (1975/1983). Atualmente, é membro do Conselho Geral do Centro de Estudos Judiciários. Iniciou funções no TC a 6 de março de 2014, cooptado pelos restantes membros.

    - O vogal José da Cunha Barbosa nasceu em Vila Nova de Gaia, em 1950, e é formado em Direito, tendo desempenhado cargos no Ministério Público e no Supremo Tribunal de Justiça. Eleito para o TC pela AR (sob proposta do PSD), iniciou funções a 12 de abril de 2011.

    - O vogal Lino Rodrigues Ribeiro nasceu em Baião, em 1967, e é formado em Direito, tendo desempenhado funções de juiz em vários tribunais, incluindo o Supremo Tribunal Administrativo. Iniciou funções no TC a 20 de junho de 2013, cooptado pelos restantes membros.

    - A vogal Maria de Fátima Mata-Mouros nasceu em Lisboa, em 1960, e é formada em Direito, tendo desempenhado funções de juíza em diversos tribunais, como o Tribunal da Relação de Lisboa ou o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. Eleita para o TC pela AR (sob proposta do CDS-PP), iniciou funções a 12 de julho de 2012.

    - A vogal Maria José Rangel de Mesquita nasceu em Lisboa, em 1965, e é formada em Direito e professora universitária. Eleita para o TC pela AR (sob proposta do PSD), iniciou funções a 12 de julho de 2012.

    - O vogal Pedro Machete nasceu em Lisboa, em 1965, e é formado em Direito e professor universitário. Exerceu advocacia. Iniciou funções no TC em 01 de outubro de 2012, depois de os restantes membros o escolherem por cooptação para substituir Rui Moura Ramos, que presidia até então ao Tribunal Constitucional.

    *Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico aplicado pela agência Lusa

    (VER O RESTO DO TEXTO NO POST 13 DE MAIO)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ERRATA; AFINAL O RESTO DO TEXTO VAI FICAR NUM POST COM OUTRO NÚMERO!AGUARDEMOS!

      Eliminar
  36. URL de referência

    Entrada Visualizações de página

    https://www.google.pt/
    3
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCwQFjAD&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=JeCQU8DtGLTMvQLqQw&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  37. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF]

    PS:A DISPUTA PELA LIDERANÇA!

    Seguro propõe primárias a 28 de Setembro ou a 5 de Outubro
    Publicado hoje às 22:39

    Já é conhecida a proposta de António José Seguro para resolver a crise de liderança em que o PS mergulhou após as Eleições Europeias.

    A proposta, distribuída pelos jornalistas, defende a escolha do candidato do PS a primeiro-ministro através de eleições primárias, a realizar no final de Setembro, no dia 28, ou no dia 5 de Outubro.

    As primárias serão abertas a militantes do PS e da JS, candidatos do PS às últimas eleições (inclui, portanto, independentes que concorreram pelos socialistas nas autárquicas, legislativas nacionais e regionais, e europeias), inscritos no laboratório de ideias e propostas para Portugal (LIPP), no movimento Novo Rumo, e a «cidadãos que cumpram os requisitos a estabelecer no regulamento eleitoral», como por exemplo, a «assinatura de um compromisso individual de concordância com a Declaração de Princípios do PS».

    A proposta que António José Seguro já apresentou à Comissão Política Nacional (CPN), prevê que todo o processo eleitoral seja entregue a uma Comissão Eleitoral, a designar pela CPN, e que será presidida por «uma personalidade de reconhecido mérito nacional».

    Quanto ao calendário, Seguro propõe que as primárias se realizem no final de Setembro ou princípio de Outubro, sendo que o regulamento eleitoral deve ficar fechado até 30 de Junho, data em que a Comissão Eleitoral também deve ser definida.

    A preparação dos cadernos eleitorais deve decorrer durante o mês de Julho, e a campanha entre Julho e Setembro. As listas concorrentes devem recolher um mínimo de 1000 assinaturas, e devem ser entregues até 45 dias antes das eleições.

    As assembleias de voto vão estar nas sedes do Partido Socialista, sendo que o partido compromete-se a aprovar um orçamento para suportar o processo eleitoral, e a garantir condições de igualdade de tratamento entre as diferentes candidaturas.

    A Comissão Nacional compromete-se ainda a organizar dois debates públicos entre os candidatos durante a campanha eleitoral.

    Será declarado vencedor o candidato que obtiver mais votos, e esta noite Seguro passou para um documento oficial, a proposta que entregou na CPN, o compromisso de se demitir da liderança em caso de derrota.

    A julgar pelas declarações de alguns apoiantes de António Costa, e de diversos militantes que entretanto falaram na reunião da CPN, a data de 28 de Setembro não agrada, é vista como uma meta muito distante, tendo em conta a situação política que o país atravessa.

    Paulo Tavares

    (ENVIADO POR: PA/DI)

    ResponderEliminar
  38. IDEM

    PS:A DISPUTA PELA LIDERANÇA!

    Apoiantes de Costa querem primárias «rápidas»
    Publicado hoje às 22:13

    Carlos César e Vieira da Silva, apoiantes de António Costa, querem que este processo se realize antes de setembro ou outubro, altura em que o PS prevê realizar primárias.

    Carlos César, apoiante de António Costa, considerou, esta quinta-feira, que «Portugal não esperar» por setembro ou outubro, altura em que o PS poderá realizar primárias.

    «Estas primárias devem ser feitas rapidamente, porque a situação do país inspira cuidados e porque Portugal tem pressa em ter um PS capaz de liderar uma alternativa política», defendeu este antigo presidente do Governo.

    À entrada para esta reunião, Carlos César pediu ainda um processo «credível, porque os portugueses vão estar atentos ao que se vai passar».
    Vieira da Silva, também antes desta reunião, lembrou que o «tempo político agora evolui muito rapidamente» e que «vivemos numa situação muito difícil no país».

    «Julgo que o PS não pode estar à espera desse tempo todo para clarificar a situação», explicou este ex-ministro, que quer um processo «rápido» com «clareza, transparência e que todos entendam o que está a ser feito».

    Relacionados

    Seguro propõe primárias a 28 de Setembro ou a 5 de Outubro
    Publicado hoje às 22:39

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  39. Entrada Visualizações de página

    https://www.google.pt/
    11
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&ved=0CDEQFjAC&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F2013%2F06%2Fdia-mundial-da-crianca-um-agradecimento.html&ei=hcyRU4rpJKWo0AXF54B4&usg=AFQjCNFHe3bMVsApevHJoeDdPqFX9qelow&sig2=4mJywZfLS7ttBiZLsSkLow&bvm=bv.68445247,d.ZGU
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  40. [TRAZIDO DO FB: CONTA DO NOTÍCIAS AO MINUTO]

    CRISE: OS FUTUROS CORTES NAS REFORMAS

    «Orçamento Pensões milionárias escapam a nova CES

    Os novos cortes nas pensões, que serão implementados no próximo ano, irão deixar de fora as pensões inferiores a mil euros e as pensões milionárias dos sistemas privados, conta hoje o Jornal de Negócios.

    ECONOMIA Pensões milionárias escapam a nova CES Global Imagens
    09:25 - 06 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    O Governo aprovou, esta quinta-feira, recorda o Jornal Negócios, a medida duradoura para as pensões, que em 2015 deverá substituir de forma permanente a Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES).

    Já se sabia que esta irá isentar as reformas inferiores a mil euros, mas a novidade é vão ficar também de fora os fundos privados de pensões, onde se incluem as chamadas pensões milionárias.

    Como explicou Pedro Mota Soares, ministro da Solidariedade, Trabalho e da Segurança Social, os cortes incidirão “sobre sistemas públicos de pensões e não sobre outros sistemas”, o que significa que ficarão de fora todos os sistemas privados.

    Assim, os ex-banqueiros e antigos quadros de grandes empresas, alguns dos reformados mais indignados com os cortes de 30% em pensões de 15 mil euros e de quase metade do valor das pensões de 50 mil euros, podem ficar mais descansados.

    (ENVIADO POR PA/DI)

    NB:PARTICIPE EM MAIS "UM DEBATE POSSÍVEL", SOBRE ESTA TEMÁTICA, NO POST 17 DE JUNHO/2014!

    ResponderEliminar
  41. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO]

    CRISE: A REFORMA DO ESTADO E AS INCONSTITUCIONALIDADES

    Governo Constitucional pode provocar eleições já no verão

    Mais um chumbo, mais uma preocupação, mais uma crise interna no Governo. A recente decisão do Tribunal Constitucional (TC) abalou o Executivo que teme agora que qualquer passo em falso possa custar a governabilidade do país. Ao semanário SOL, fonte do Governo garante que a possibilidade de eleições já no verão está em cima da mesa mas que tudo depende do Palácio Ratton.

    POLÍTICA Constitucional pode provocar eleições já no verão
    08:39 - 06 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    O país está em ‘banho-maria’ e tão cedo não se sabe quando voltará à normalidade. A mais recente nega do Tribunal Constitucional (TC) veio abalar não só o Governo como instalar toda uma ânsia e um impasse nas novas decisões que o Executivo possa tomar.

    A posição governamental sobre o chumbo apenas será conhecida depois das decisões dos juízes sobre as leis que estão sujeitas a fiscalização preventiva (que poderá levar 25 dias). De acordo com o SOL, Pedro Passos Coelho não vai avançar com mais soluções alternativas até que a aclaração do acórdão esteja concluída, e isso poderá levar meses.

    “Só quando este quadro estiver claro, saberemos qual a dimensão do problema que temos para resolver e se ele é resolúvel”, disse fonte governamental ao semanário.

    Até lá, todas as hipóteses, mesmo a de eleições no verão, estarão em cima da mesa dos social-democratas e centristas, mas a mesma fonte admite que é necessário “confrontar” o TC com a responsabilidade de ter “o poder nas mãos”, mais concretamente a governabilidade do país.

    “Todas as medidas que temos na calha para reduzir a despesa podem ser consideradas inconstitucionais. Se assim for, não há impostos que cheguem para as substituir – e o país será ingovernável. É isso que pretendemos esclarecer com os pedidos de aclaração do Tribunal Constitucional”, disse fonte governamental ao semanário.

    (ENVIADO POR: PA/DI)

    ResponderEliminar
  42. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO]

    METEOROLOGIA: NOS PRÓXIMOS TEMPOS VAMOS DANÇAR!(e suar...)

    IPMA Santos Populares trazem sardinhas e muito calor

    Apesar do frio e da chuva que hoje se fazem sentir como se estivéssemos em pleno inverno, não se preocupe pois as temperaturas vão começar a subir já este fim-de-semana. Para a festa dos Santos Populares são esperados entre 31 a 33 graus.

    PAÍS Santos Populares trazem sardinhas e muito calor Reuters
    16:08 - 06 de Junho de 2014 | Por Patrícia Martins Carvalho

    Depois de uma semana com temperaturas abaixo da média primaveril e um vento que causou algum transtorno a quem queria sair de casa sem casaco, chegam as boas notícias: as temperaturas vão subir e o calor ‘vai apertar’.

    A partir de sábado não será preciso guarda-chuva e os termómetros vão começar a subir gradualmente. Até quarta-feira as temperaturas vão variar entre os 21 e os 26º, mas na quinta-feira, véspera de feriado, são esperados 31º.

    A previsão é do Instituto Português do Mar e da Atmosfera que antevê que na sexta-feira as temperaturas atinjam os 33º e no sábado rondem os 31º.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  43. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO]

    EUROPEIAS/14: ONDE SE DEVE "ENCAIXAR" O MARINHO PINTO DO MPT?!

    Parlamento Posição "homofóbica" pode afastar Marinho dos Verdes

    Depois de se manifestar contra a adoção de crianças por casais do mesmo sexo, Marinho e Pinto tem causado instabilidade dentro dos Verdes europeus. De acordo com o jornal Público, as declarações “homofóbicas” do ex-bastonário vão ser avaliadas para determinar a “compatibilidade” com o programa europeu do partido.

    POLÍTICA Posição homofóbica pode afastar Marinho dos Verdes DR
    13:52 - 06 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    A posição de Marinho e Pinto contra à adoção de crianças por casais do mesmo sexo caiu que nem uma bomba no seio dos Verdes europeus.

    De acordo com o jornal Público, as declarações do ex-bastonário foram consideradas “homofóbicas” e vão ser agora avaliadas.

    “Temos de ver se [estas declarações] são compatíveis com o nosso programa”, disse Helmut Weixler, porta-voz dos Verdes, ao jornal Público, garantindo que as conversações do partido com o deputado – que demonstrou a sua preferência pelo grupo parlamentar dos Verdes – têm decorrido num "ambiente amigável", contudo, as declarações de Marinho e Pinto poderão alterar o rumo da conversa.

    “O desenvolvimento harmonioso da personalidade da criança exige um pai homem e uma mãe mulher – e não um homem a fazer de mãe e uma mulher de pai”. Quem o disse foi Marinho e Pinto, no ano passado, sobre a adoção gay mas já esta semana voltou a frisar a sua posição.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  44. (18)DEBATE: A DISPUTA DA LIDERANÇA DO PS É UM PROBLEMA INTERNO?!(participe)


    (TEXTO TRANSFORMADO NO POST 18 DE JUNHO/2014)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MAIS UM DEBATE POSSÍVEL: O QUE SE ESTÁ A PASSAR NO PS, É TÃO-SOMENTE UM PROBLEMA INTERNO DESTE PARTIDO?

      Caros Bloguistas!

      Sempre achamos que não é "bonito" pessoas "estranhas" se metessem nas questões/problemas dos outros partidos. Contudo, neste momento, já vamos colocando em causa se o que se passa no PS é tão-somente um problema interno. E isto porque, prá Malta do TAROUCAndo, em Democracia, tão importante é o Poder (legitimamente conquistado) como a Oposição
      (democraticamente eleita).

      Ora, neste momento, NÃo vimos o PS a cumprir o papel que o Povo lhe atribuiu; vimo-lo antes "fechado" sobre si próprio, e ao que parece, assim vai continuar por mais 4/5 meses.

      Posto isto, perguntamos:

      -O QUE SE ESTÁ A PASSAR NO PS É TÃO-SOMENTE UM PROBLEMA INTERNO DO PS?!

      Aquele Abraço!
      ProfAnónima

      NB:PODERÁ VER O PONTO DE SITUAÇÃO DA "PISPUTA DA LIDERANÇA DO PS" NO POST 16 DE JUNHO E NOS RESPECTIVOS COMENTÁRIOS!

      Eliminar
    2. ERRTA:

      ONDE SE LÊ "SE METESSEM" DEVERÁ LER-SE "SE METEREM"

      ProfAnónima

      Eliminar
  45. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO NOTÍCIAS AO MINUTO]

    PS:DISPUTA DA LIDERANÇA!

    PS "Costistas" querem primárias resolvidas já em julho

    Membros da direção do PS elogiaram hoje o projeto do líder, António José Seguro, para a realização de eleições primárias, mas os apoiantes do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, querem o processo concluído em julho.

    POLÍTICA Costistas querem primárias resolvidas já em julho Lusa
    23:30 - 05 de Junho de 2014 | Por Lusa

    De acordo com fontes tanto da direção do PS, como de apoiantes de António Costa, esta diferença de posições em torno do calendário para a realização de eleições primárias, tendo em vista a escolha do candidato socialista a primeiro-ministro, marcou o início da reunião da Comissão Política Nacional deste partido.


    Álvaro Beleza, membro do Secretariado Nacional do PS, concordou com as datas propostas por António José Seguro para a realização de primárias, 28 de setembro ou 5 de outubro, preferindo entre estas duas datas o dia da implantação da República em Portugal, pelo seu simbolismo, num momento em que a democracia portuguesa atravessa um momento complexo.

    No mesmo sentido pronunciou-se o vice-presidente da bancada do PS António Gameiro, também líder da Federação de Santarém deste partido.

    Pelo contrário, o líder da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, Marcos Perestrelo, bem como o ex-secretário de Estado Miranda Calha e o ex-presidente do Governo Regional dos Açores Carlos César defenderam a tese de que o processo de "clarificação" interna dos socialistas deverá ficar concluído até julho.

    Carlos César, segundo um membro da Comissão Política, alegou que o país "tem pressa em ter um PS forte, capaz de responder aos seus problemas".

    (ENVIADO POR:A.M.)

    ResponderEliminar
  46. [TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS]

    ???


    RELATÓRIO

    Armando Leandro defende direito à "esperança que não se conforma"
    por Agência Lusa, publicado por Helder RobaloHoje

    O presidente da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) defendeu hoje, no Cartaxo, o "direito à esperança que não se conforma com a dura realidade" em que o país vive.

    Armando Leandro assistiu, na terça-feira à noite, à apresentação do Plano Local Estratégico de Promoção dos Direitos das Crianças desenvolvido pela comissão alargada da CPCJ do Cartaxo a partir do projeto da CNPCJR que visa trabalhar a temática da prevenção de situações de risco.

    O antigo juiz conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça declarou a sua satisfação por ver ser concretizado um projeto "arrojado" que parte do princípio de que "não há desenvolvimento de qualidade sem qualidades humanas" e que estas são trabalhadas nos primeiros anos de vida, aqueles que são "estruturantes do pensamento" do indivíduo.

    Para o problema de desenvolvimento que Portugal e o Mundo vivem só pode haver resposta "no desenvolvimento da pessoa", disse, sublinhando que não é possível o progresso sem que na sua base esteja o sujeito.

    Armando Leandro referiu a importância das comunidades locais, como territórios "com uma história e um futuro que querem construir", na tarefa da prevenção, num país em que essa cultura é descurada nas mais diversas áreas, sobretudo numa área exigente como é a dos direitos das crianças.

    Saudando a cooperação alargada desenvolvida pela CPCJ do Cartaxo, o presidente da CNPCJR realçou a importância de agir "no tempo próprio", porque a idade não se repete.

    (ENVIADO POR:A.M.)

    ResponderEliminar
  47. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO NOTÍCIAS AO MINUTO]

    ???

    Educação especial "Não é preciso mudar lei, apenas melhorá-la"

    O presidente do Conselho Nacional de Educação disse hoje não considerar necessário alterar a legislação da educação especial, apenas melhorá-la, depois de um parecer deste órgão ter sublinhado a distância entre a "generosidade da lei" e as práticas correntes.

    PAÍS Não é preciso mudar lei, apenas melhorá-la Lusa
    22:01 - 06 de Junho de 2014 | Por Lusa

    "Há uma clara desadequação entre o sentido voluntarista, e de certa forma empenhado, do legislador, e a escassez de recursos disponíveis para concretizar tudo aquilo que a legislação prevê. É um problema que não é só do ensino especial. As leis são generosas, mas, quando somos confrontados com o dia-a-dia e a capacidade de gerir recursos, enfrentamos dificuldades enormes", disse David Justino, presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE) e ex-ministro da Educação.

    O presidente do CNE -- órgão consultivo do Ministério da Educação e Ciência (MEC) -- falava hoje em conferência de imprensa, em Lisboa, a propósito dos pareceres e recomendações hoje divulgados pelo Conselho, um dos quais relativo a Políticas Públicas de Educação Especial.

    No texto do parecer, os conselheiros defendem que "a atual legislação deixa desamparado um conjunto considerável de alunos e alunas que manifestam necessidades educativas especiais e para os quais não é possível construir respostas educativas ajustadas, pela limitação imposta pelo quadro legal".

    Numa altura em que o ministério de Nuno Crato se prepara para apresentar as conclusões do grupo de trabalho, que nos últimos meses se dedicou a estudar a necessidade de rever a legislação da educação especial, David Justino disse hoje que entende não haver necessidade de o fazer.

    "Não creio que seja preciso mudar a lei, é preciso melhorá-la, tornando-a mais ajustada aos problemas existentes. É preciso uma identificação clara de quais são os problemas, e a diversidade que existe em todo o território", disse.

    David Justino recusou que esteja em causa a necessidade de "baixar expetativas" face a uma legislação que apelidou de "generosa", mas sim "reorientar o esforço de gestão" para uma partilha de recursos entre instituições, sobretudo numa altura em que estes escasseiam.

    O presidente do CNE não teve dúvidas em afirmar, por exemplo, que não há capacidade para ter equipas multidisciplinares -- com vários técnicos, e várias valências -- em cada escola, sendo necessário partilhar equipas entre escolas.

    (CONT.)

    ResponderEliminar
  48. (CONTINUAÇÃO)

    No parecer hoje divulgado, no entanto, há uma série de recomendações a alterações legislativas no sentido de acautelar um maior acompanhamento das crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE), nomeadamente desenvolvendo currículos mais adaptados a estes alunos e garantindo a certificação pedagógica do percurso escolar das crianças com NEE.

    David Justino sublinhou a necessidade de salvaguardar a escolaridade obrigatória para estas crianças, assegurando "condições de sucesso no percurso formativo e na entrada no mercado de trabalho".

    O presidente do CNE sublinhou ainda as diferenças no acesso a recursos para acompanhar crianças com NEE, que são também territoriais: "Existem zonas do país sem respostas para alunos com NEE".

    No parecer pode ler-se que "existem escolas que têm, na sua população escolar, alunos com NEE e não têm, em tempo útil, os recursos e profissionais que permitam dar resposta apropriada a essas crianças e jovens".

    Técnicos colocados nas escolas "muito depois do início do ano letivo" e "cuja precariedade profissional impede a continuidade da prestação de apoio", ou o acesso a manuais em Braille para alunos cegos ou baixa visão já só no final do ano letivo são alguns exemplos referidos no parecer que demonstram "um desperdício de recursos, mas sobretudo de tempo, essencial e irrecuperável num processo de aprendizagem".

    "A existência destas respostas [...] é condição fundamental, sem a qual o princípio da inclusão não passa de mera retórica".

    (ENVIADO POR: A,M.)

    ResponderEliminar
  49. [[TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    SONDAGEM: ???

    Sondagem António Costa está à frente de António José Seguro

    António Costa é considerado o melhor candidato a primeiro-ministro e o Partido Socialista regista a maior queda da legislatura, de acordo com a Eurosondagem para o Expresso e SIC.

    POLÍTICA António Costa está à frente de António José Seguro DR
    20:05 - 06 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    Depois de três anos sistematicamente a subir nas intenções de voto, que levaram os socialistas dos 25% aos 38% em maio de 2013, levando-os a sonhar com uma maioria absoluta nas legislativas, Seguro vê o Partido Socialista ter a maior queda de toda a legislatura em apenas um mês - 5%.

    Mas há mais más notícias para Seguro. Segundo a mesma sondagem, António Costa é considerado neste momento o melhor candidato para a liderança do PS.

    De 38%, o PS passou para 33% nas intenções de voto dos portugueses, de acordo com uma sondagem da Eursondagem para o Expresso e SIC.

    Ao que tudo indica Seguro está a ser prejudicado pelo estado de agitação que os socialistas vivem.

    Se os socialistas acreditavam chegar aos 45% nas legislativas do próximo ano (que lhes permitiria chegar a uma maioria absoluta), agora regrediram bastante.

    Uma das razões que explicam esta descida do PS passa pela falta de atitude de Seguro ao não convocar eleições para a liderança do partido.

    (ENVIADO POR:A.M.)


    NB:HOJE, O CORREIO DA MANHÃ PUBLICOU UMA OUTRA SONDAGEM REALIZADA PELA AXIMAGE. PERGUNTARAM "QUAL É O MELHOR PRA PRIMEIRO MINISTRO?", ENTRE O Dr PASSOS COELHO, O Dr ANTÓNIO COSTA E O Dr JOSÉ SEGURO.

    ResponderEliminar
  50. (texto trazido do post 108 de maio/14)

    SEGUEM-SE AS FIGURAS TAROUCAndo RELATIVAS AO MÊS DE MAIO/2014:

    ResponderEliminar
  51. AS FIGURAS TAROUCAndo RELATIVAS AO MÊS DE MAIO/2014:

    Caros Bloguistas!

    E porque no m~es de Maio tivemos as eleições Europeias (se não notou não se preocupe pois não terá sido o único), resolvemos não divulgar semanalmente as Figuras TAROUCAndo, mas vamos fazê-lo agora, de uma forma "compacta":

    I-PELA POSITIVA DESTACAMOS:

    1-O POVO PORTUGUÊS que vai mostrando cada vez mais que sabe conviver pacificamente com as campanhas eleitorais, nomeadamente no que a material de campanha diz respeito!(já quanto á participação ainda há um longo caminho a percorrer...)

    2-As muitas ACTIVIDADES promovidas pelos diferentes Órgãos Autárquicos e Associações, das quais destacamos:

    #A Festa do Emigrante

    #O Jantar Monástico

    #Os 2 concertos em prol da n/Fabiana

    #O concerto solidário com recolha de alimentos

    #o 4º passei anual promovido pelo BTT-Tarouca

    #A prova nacional do DH-Tarouca

    #A Feirinha-Elas, promovido pelo Grupo Elas, nos Esporões.

    3-O Centro Escolar de Tarouca, por ter ganho o 11º concurso das MENTES BRILHANTES, ocorrido no passado dia 23, em VIseu.

    4-O TAROUQUENSE pela conquista do titulo de campeões distritais 2013/14!

    5-A posição do Dr Rui pereira que em face de uma alegada corrupção nas obras de melhoramento efectuadas em alguns quarteis, veio admitir que a justiça deve ser feita independentemente do "clube" a que possa pertencer o principal visado.

    II-PELA NEGATIVA DESTACAMOS:

    1-A elevada ABSTENÇÃO verificada nas eleições Europeias/14 e sobretudo a falta de uma análise a este facto. Sim, é verdade que este facto verificou.noutros países, mas temos que ver que os outros não estão a viver no rescaldo de um periodo de resgate.

    2-Outros ASPECTOS relativos às Europeias/2014:

    2.1-A subdida dos partidos da estrema-direita (partidos racistas e anti-emigrantes), particularmente em França1(porque temos lá muitos emigrantes mas tb porque aquele país foi o berço de muitos ideais humanistas).

    2.2-O DESCONVITE ao Dr Marinho Pinto, efectuado pelos futuros advogados de uma Universidade de Capital!(que deu um companheiro ao MP?!)

    2.3-A cobertura que alguns órgãos de CS fizeram a alguns partidos, particularmente aos mais pequenos.

    3-A ideia de se tentar introduzir a "lei da rolha" nos profissinais de saúde, pois pode dar a ideia que se quer esconder algo: que se peça moderação, tudo bem; agora, instituir a tal "lei" só vai criar desconfiança/insegurança nos utentes do SNS.

    4-Algumas NOTÍCIAS que nos chegaram do MAI, que "agitaram as fardas", aparentemente sem necessidade: o separar tampinhas, a implementação de uma campanha de "limpeza de imagem" que vai custar balúrdios, numa altura em que os sindicatos falam em outras necessidades mais prementes.

    5-A forma como está a ser resolvida (escondida?) a questão do AMIANTO em alguns edificios públicos.

    E PRONTOS, AS N/FIGURAS SÃO ESTAS, DIGA-NOS AGORA DA SUA JUSTIÇA!

    Aquele Abraço!
    ProfAnónima

    III-FORAM AINDA CONSIDERADOS MAS NÃO FORAM ELEITOS:

    A-O PAPEL DA CNE, pois se achamos positivo que tenha impedido que se fizessem acções de campanha no dia da reflexão; continuamos a achar NEGATIVO, que proiba/interfira no modelos dos debates nas Televisões Privadas. E porquê que os GRANDES partidos não fazem nada?! Está bom de ver que não lhes interessa. Por isso tem que ser o TC ou Belém a fazê-lo(até porque neste momento são as 2 instituições mais crediveis aos olhos do povo português).

    B-Os castigos aplicados aos SINDICALISTAS das Forças de Segurança, também mereceram a nossa atenção, mas não os elegemos pois não existe informação disponível pra se poder tomar uma posição. Porque lá está, é óbvio que um sindicalista tenha mais "liberdade de acção" mas se Agente deve ter uma intervenção mais moderada. No fundo é defender o titulo de profissionais com funções especificas, às quais deve caber direitos e deveres especificos.

    ResponderEliminar
  52. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DN]

    SONDAGENS: ANTÓNIO SEGURO OU ANTÓNIO COSTA?

    MARCOS PERESTRELO

    Sondagem que dá 'queda' do partido aponta Costa como melhor líder
    por LusaHoje

    O deputado e dirigente socialista Marcos Perestrello, apoiante de António Costa, destacou hoje que a sondagem que aponta para uma descida do PS também indica que o presidente da câmara de Lisboa será o melhor líder do partido.

    "O mesmo universo considera de forma esmagadora que António Costa será melhor líder do PS", afirma Marcos Perestrello, num comentário enviado à Lusa a propósito da sondagem hoje divulgada pelo semanário Expresso e da acusação de membros da direcção do PS a António Costa por ser responsável pela descida do partido nas sondagens.

    De acordo com os dados da sondagem da Eurosondagem para o Expresso e para a SIC relativos ao mês de junho, o PS tem uma queda de cinco pontos percentuais em relação à última sondagem do semanário, dos 38% para os 33% nas intenções de voto dos portugueses.

    A mesma sondagem indica que 56,2% dos inquiridos acham que o próximo líder do PS e candidato a primeiro-ministro deve ser António Costa, contra 36% que indicaram o nome de António José Seguro.

    Já esta manhã, o secretário-geral do PS reagiu com indignação às sondagens do Expresso e do jornal i que dão "uma queda brutal" ao partido, dizendo num 'post' publicado na rede social Facebook que "este é o resultado da irresponsabilidade do António Costa".

    No comentário enviado à Lusa, Marcos Perestrello recorda que há 15 dias houve eleições para o Parlamento Europeu e que o PS obteve 31% dos votos, "menos do que o resultado" da sondagem do Expresso.

    "Curiosamente ainda, nesta mesma sondagem, com os mesmos portugueses a responderem, 60% das pessoas dizem que o PS sairá mais forte deste processo de escolha do líder e candidato a primeiro-ministro", acrescenta o deputado e dirigente, sublinhando que os eleitores "sabem bem o que está em causa, a escolha de uma liderança forte para o PS".

    António Costa anunciou dois dias depois das eleições europeias que queria disputar a liderança do PS e, na sexta-feira, apresentou no Porto as linhas programáticas de uma candidatura às primárias do partido, marcadas entretanto para 28 de setembro, e a secretário-geral.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ETIQUETAS:(POLITICA NACIONAL)-(SONDAGEM LEGISLATIVAS)-(EUROSONDAGEM:EXPRESSO/SIC)

    ResponderEliminar
  53. ACREDITA NISTO?! SE SIM, O QUE TEM A DIZER SOBRE ISTO?!

    UNIÃO EUROPEIAS

    Bruxelas vai poder alterar OE durante debate parlamentar

    por Luís Reis Ribeiro, Hoje

    Em novembro, pela primeira vez na história, Orçamento português pode ser censurado por uma entidade externa. É o novo pacto europeu a funcionar
    "Se ocorrerem desvios graves na política orçamental de um país, temos hoje instrumentos para analisar a situação e vetar o orçamento nacional em causa." A expressão, dura e afiada, partiu de um alto responsável da Comissão Europeia, em conversa com o Dinheiro Vivo e outros jornalistas, em Bruxelas, esta semana. (continua)

    (TRAZIDO DO DN)

    ResponderEliminar
  54. [TRAZIDO DO SITE OFICIAL DO DN]

    ??

    PARTIDO SOCIALISTA
    Seguro responsabiliza Costa pela queda nas sondagens
    por LusaHoje

    Seguro responsabiliza Costa pela queda nas sondagens
    Fotografia © Jorge Amaral/Global Imagens
    O secretário-geral do PS, António José Seguro, reagiu hoje, com indignação, às sondagens do Expresso e do jornal i que dão "uma queda brutal" ao partido, dizendo que "este é o resultado da irresponsabilidade do António Costa".
    "Leio, indignado, as sondagens do Expresso e do jornal i que dão uma queda brutal ao PS. Este é o resultado da irresponsabilidade do António Costa", escreve Seguro, num 'post' colocado hoje de manhã na sua página na rede social Facebook.
    O secretário-geral do PS acrescenta ainda: "Os danos provocados ao PS devido à sua ambição pessoal! Um PS em queda, depois de termos ganho as eleições europeias e do Governo ter chumbado pela terceira vez no Tribunal Constitucional. Lamentável. O PS não merece isto!".
    António Costa anunciou dois dias depois das eleições europeias que queria disputar a liderança do PS e, na sexta-feira, apresentou no Porto as linhas programáticas de uma candidatura às primárias do partido, marcadas entretanto para 28 de setembro, e a secretário-geral.
    De acordo com os dados da sondagem da Eurosondagem para o Expresso e para a SIC relativos ao mês de junho, o PS tem uma queda de cinco pontos percentuais em relação à última sondagem do semanário, dos 38% para os 33% nas intenções de voto dos portugueses.
    Já a sondagem do i coloca o PS com 30,6% das intenções de voto, contra os 39% que mantinha na última sondagem deste tipo, realizada há dois meses e meio.
    O estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem S.A. para o Expresso e SIC foi realizado de 2 a 5 de junho de 2014, com base em 1025 entrevistas telefónicas validadas. O erro máximo da amostra é de 3,06%, para um grau de probabilidade de 95,0%.
    O estudo de opinião para o i foi realizado pela empresa de investigação e estudos de mercados Pitagórica, entre 30 de maio e 1 de junho de 2014. Foram validadas 506 entrevistas correspondendo a 70,38% das tentativas realizadas.
    No caso da intenção de voto, são considerados 357 inquiridos após tratamento da abstenção. Na projeção de voto os indecisos (24,1%) foram distribuídos de forma proporcional. O erro máximo da amostra é de 4,4%, para um grau de probabilidade de 95,5%.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    NB:ONTEM, O CM PUBLICOU UMA SONDAGEM ONDE ERA QUESTIONADO QUAL É O MELHERO PRA PM: PASSS, COSTA OU SEGURO!(ver um resumo nos comentários)

    ResponderEliminar
  55. [TRAZIDO DO FACEBOOK: CONTA DO CL]

    UMA CURIOSIDADE: UM LÍDER DEVE!(diz ele)

    45 min ·
    PERFIL DO LÍDER

    Porque o líder tem de ser: pessoa curiosa, ouvindo pessoas que estejam fora do círculo do “sim, senhor primeiro-ministro”, para não se tornar arrogante ou enrocado no seu castelo de marfim; pessoa criativa, sonhando e fazendo (e levando a fazer) o que ninguém imaginaria, administrando as mudanças que lhe surjam como desafio e aquelas que ele, no seu papel visionário, entender dever provocar; pessoa comunicativa, sabendo expor as suas ideias (inéditas ou concertadas com as dos cooperadores) e atrair os outros, cada vez em maior número e qualidade, para as suas causas; pessoa de caráter, sabendo discernir entre o certo e o errado e tendo a coragem de sempre seguir e fazer o que é certo, sem alguma vez faltar à verdade e sem abusar do poder; pessoa corajosa, assumindo a coragem, e não a presunção, de se sentar à mesa para falar e negociar; pessoa convicta, sentindo a sinceridade e a paixão por aquilo que lhe é dado fazer, levando por diante sem desfalecer as iniciativas que houve por bem tomar; pessoa carismática, sendo inspirador de confiança segura, provocando as pessoas a segui-lo inabalavelmente e fazendo render ao serviço da comunidade os seus talentos; pessoa competente, tendo a noção clara do que está empreendendo, da sua validade e interesse para a comunidade e para os fins para que tende, e cercando-se de colaboradores que saibam sempre o que estão a fazer, que não sejam capazes de o trair ou enganar pela adulação; pessoa de senso comum, longe de qualquer egoísmo ou egocentrismo, mas com atenção à comunidade, universo da sua liderança; e, sobretudo, pessoa que saiba enditar-se com as crises.
    Louro de Carvalho

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  56. [TRAZIDO DO FB: CONTA DA TSF]

    POLITICA NACIONAL: JOSÉ SEGURO FALA DA CONTEUDO DA CARTA ENVIADA À UE E DAS REACÇÕES DO PM AO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL!

    Presidente da República «não pode ficar indiferente» a «afronta» do Governo à Constituição - Seguro
    Publicado hoje às 13:49

    Perante esta «afronta», António José Seguro pede a Cavaco para «agir» e não se refugiar «em palavras de circunstância». Seguro apelou também a Passos Coelho para que divulge o conteúdo da carta enviada ao FMI.

    (Reportagem de Ana Catarina Santos com as declarações de António José Seguro sobre cavaco Silva

    António José Seguro apela a Passos Coelho que divulgue o conteúdo da carta enviada ao FMI)

    O secretário-geral do PS, António José Seguro, disse hoje que o Presidente da República «não pode ficar indiferente» nem «refugiar-se em palavras de circunstância» perante a situação «particularmente grave» que o país vive.

    «Vivemos uma situação particularmente grave no nosso país, que foi agravada com o conhecimento da decisão do Tribunal Constitucional, que, pela terceira vez consecutiva, declara inconstitucionais as normas do Orçamento do Estado, e o senhor Presidente da República não pode ficar indiferente àquilo que se está a passar nem refugiar-se em palavras de circunstância que podem ser ditas em qualquer altura», afirmou o líder socialista, durante uma visita à Feira Nacional da Agricultura, em Santarém.

    Para António José Seguro, perante a «afronta» do Governo à Constituição e as declarações «inaceitáveis em democracia» feitas pelo primeiro-ministro em relação à forma como se escolhem os juízes do Tribunal Constitucional, é altura do Presidente «agir e não apenas proferir palavras de circunstância».

    Depois dos apelos a Cavaco Silva, António José Seguro dirigiu-se ao Governo. O líder do PS insiste que Passos Coelho tem de revelar o conteúdo da carta que enviou ao FMI, no final do programa da Troika.

    Seguro insiste que na carta estão compromissos assumidos para o futuro de Portugal, que não podem continuar secretos.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    UMA PERGUNTA: ANTÓNIO JOSÉ SEGURO QUER SABER O CONTEÚDO DA CARTA ENVIADA PRÁ UE: E VOCÊ?

    ResponderEliminar
  57. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO]

    DISPUTA DA LIDERANÇA DO PS: DIRECTAS OU CONGRESSO?!(opiniões)

    Sousa Tavares "Se Seguro não convocar congresso é um suicídio político"

    Miguel de Sousa Tavares defende, em declarações ao Jornal de Noite da SIC, que António Costa escolheu o momento ideal para apresentar a sua candidatura à liderança do Partido Socialista (PS) e que se Seguro “não convocar o congresso é um suicídio político” uma vez que, destaca, “vai viver um ano num sistema pantanoso”.

    Miguel de Sousa Tavares diz que António Costa escolheu o momento certo para fazer frente a António José Seguro. Em declarações ao Jornal de Noite da SIC, o comentador defende que ou o autarca de Lisboa “avançava agora ou calava-se para sempre”.

    Sobre a reação de António José Seguro ao anúncio de Costa, Sousa Tavares acredita que “os portugueses não aceitarão que Seguro, depois de desafiado, recuse ir à luta”. Contudo, destaca que se o atual líder ‘rosa’ não marcar agora o congresso irá cometer “um suicídio político e viver um ano num sistema pantanoso”.

    Sousa Tavares diz ainda que, a partir do momento em que a liderança é desafiada e o partido está dividido, Seguro apenas pode “evitar viver em águas pantanosas”.

    “Seguro teve um terço dos votos de um terço dos portugueses que foram às urnas, isso é 10% dos votos, só alguém agarrado ao poder diz que é uma grande vitória”, frisa, realçando que, “todos os votos que foram para Marinho Pinto saíram do PS”.

    Quanto à reação dos militares socialistas a este duelo, Sousa Tavares refere que, “com o desgaste”, vão “perceber que Seguro não os leva ao poder”.

    (ENVIADO POR: PA/DI)

    NB/ATENÇÃO: A MALTA DO TAROUCAndo CONTINUA AO ACTUAL MOMENTO DO PS DE "DISPUTA DE LIDERANÇA", MAS COMEÇAMOS A PENSAR MUITO SERIAMENTE EM PASSAR A CHAMAR "O PROBLEMA" OU "A CRISE"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ERRATA AO TITULO:

      DISPUTA DA LIDERANÇA DO PS: CONGRESSO EXTRAORDINÁRIO OU PRIMÁRIAS?!(opiniões)

      Eliminar
  58. [TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS]

    PR COM ESPERANÇA NO FUTURO!

    PRESIDENTE DA REPÚBLICA

    Cavaco apela a portugueses a não baixarem braços
    por Lusa, texto publicado por Sofia FonsecaHoje

    O Presidente da República disse hoje ter "muita esperança" que da crise que Portugal atravessa saia uma economia mais dinâmica, mais sustentável e competitiva, exortando os portugueses a não 'baixarem os braços'.

    "Eu tenho de facto muita esperança de que desta crise saia uma economia mais dinâmica, mais sustentável, mais integrada nos mercados internacionais e mais competitiva", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa intervenção no final de uma visita ao Centro Interpretativo do Vale Glaciar do Zêzere, em Manteigas, na Serra da Estrela.

    Elogiando a forma como os empresários portugueses enfrentarem as "adversidades", alterando modelos de negócios, procurando novas estratégias de produção e comercialização, Cavaco Silva exortou os portugueses a não baixarem os braços.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  59. "Não sei se Seguro é passado e Costa é futuro"
    por João Céu e SilvaHoje


    "Não sei se Seguro é passado e Costa é futuro"
    Fotografia © Leonardo Negrão/Global Imagens
    A psicóloga e ex-deputada pelo Bloco de Esquerda nega ter-se aproximado do Partido Socialista: "Só apareci num evento do PS porque António José Seguro convidou-me para discursar na convenção Novo Rumo." Quanto à situação do PS, considera normal: "Seguro faz parte desse conjunto de dezenas de líderes na oposição em Portugal e na Europa que foram desafiados quando chegou o momento de conquistar o poder." Daí que afirme: "Não tenho a certeza se Seguro vai ser passado e Costa futuro."
    Para a autora do recente ensaio "O Cérebro da Política", onde analisa as emoções de eleitores e eleitos, a "probabilidade de António Costa conseguir conquistar o partido era mais elevada antes da batalha do Vimeiro", local onde ambos se defrontaram há dias, pois o que "se passou nesse dia foi uma mudança radical na marcha de Seguro, que passa de 'entrincheirado' a ter o poder da iniciativa política".
    Joana Amaral Dias faz um estudo de como ocorre o processo político e o que faz os eleitores balançarem para a direita ou a esquerda. Quanto à situação nacional, acusa a esquerda de se ter deixado dominar por uma direita europeia: "Em 2008, com a derrocada dos mercados financeiros, seria a oportunidade de ouro para a esquerda mostrar os perigos do capitalismo selvagem. Todavia, a direita consegue inverter por completo a lógica ao dizer: a responsabilidade é dos cidadãos porque viveram acima das possibilidades."
    A psicóloga faz também a leitura de Passos Coelho, Paulo Portas, Cavaco Silva e Francisco Louçã segundo alguns conceitos da psicologia política.
    Leia a entrevista completa na edição em papel ou e-paper do DN.

    (ENVIADO POR:A.M:)

    ResponderEliminar
  60. [TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (7/5)

    POLITICA NACIONAL: GOVERNO VAI AMEAÇANDO...MARQUES MENDES AVISA!

    COMENTÁRIO
    Mendes: Demissão do Governo seria "suicídio político"
    por Paula Sá Ontem

    Marques Mendes, antigo líder do PSD

    Se o Governo se demitisse por causa do Tribunal Constitucional e provocasse eleições antecipadas isso representaria o "suicídio político" do PSD e do CDS. A afirmação foi feita este sábado por Marques Mendes no seu espaço de opinião da SIC.

    O antigo líder do PSD explicou as três razões para que Pedro Passos Coelho e Paulo Portas não se metam em aventuras. Primeiro, defendeu, porque quem provocar uma crise política será fortemente penalizado nas urnas. "O país quer estabilidade", sublinhou.

    Depois porque "seria dar uma maioria absoluta a António Costa", que na sua opinião, irá ganhar as diretas no PS. E fez um paralelo com a situação de José Sócrates em 2004, que acabado de assumir a liderança no PS (em Setembro daquele ano) e que ganhou as legislativas em fevereiro de 2005 contra Santana Lopes.

    E, por fim, provocar uma crise política com o argumento que não se conseguem governar, então "ninguém vota neles", argumentou Mendes.
    Defendeu a candidatura de António Costa apanhou o Governo de surpresa e pôs os líderes a andar aos ziguezagues. Mas, disse, a maioria só pode ganhar em 2015 se se verificar uma condição : ter a economia a crescer. "E isso exige tempo, estabilidade e tranquilidade".

    Sobre o chumbo do Tribunal Constitucional, o conselheiro de Estado censurou as críticas de Pedro Passos Coelho aos juízes do Palácio Ratton, tanto mais que o PSD também participou na sua escolha para o cargo. Tal como considerou "um disparate" o pedido de aclaração do acórdão.

    (ENVIADO POR: A. MONTEIRO)

    ResponderEliminar
  61. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO (8/6)]

    POLITICA NACIONAL: UM RESUMO DO COMENTÁRIO DO PROF. MARCELO! (tribunal constitucional)

    Rebelo de Sousa "Como é que ninguém sabe de direito no Governo?"

    O comentador Marcelo Rebelo de Sousa teceu hoje algumas críticas à forma como o Governo tem dirigido a questão do chumbo do Tribunal Constitucional a três normas do Orçamento do Estado. Na antena da TVI, o social-democrata considerou que o pedido de aclaração foi um “erro de Direito” e questionou: “Como é que ninguém sabe de Direito naquele Governo?”.

    No seu habitual comentário semanal na TVI, Marcelo Rebelo de Sousa debruçou-se, entre outras questões, sobre a polémica em torno do chumbo do Constitucional.

    O antigo líder do PSD considerou que “a primeira reação [do Governo] foi dura, mas inteligente com Pedro Passos Coelho e Paulo Portas a vitimizarem-se”.

    Contudo, sublinhou, a “segunda reação, que foi o pedido de aclaração, foi um disparate”.

    “Foi um erro de Direito. Como é que ninguém sabe de Direito naquele Governo”, questionou Marcelo Rebelo de Sousa.

    E continuou: “O Governo achou que ainda estava em vigor uma lei que ele próprio tinha mudado e que podia pedir uma aclaração”.

    Na opinião do comentador, o primeiro-ministro cometeu “outra asneira” quando se pronunciou sobre a escolha dos juízes, considerando “um perigo” quando o chefe do Executivo “se põe a divagar”.

    “Quando o primeiro-ministro se põe a divagar é um perigo. E então divagou sobre a forma como os juízes são escolhidos que, na verdade, são escolhidos pela maioria”, apontou.

    Ainda sobre este tema, o antigo ministro dos Assuntos Parlamentares referiu que “a culpa” da escolha dos juízes é do primeiro-ministro e do vice-primeiro-ministro porque “estavam distraídos e não fizeram o trabalho de casa”.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    UMA PERGUNTA: E SOBRE A DISPUTA PELA LIDERANÇA NÃO DISSE NADA?!?

    ResponderEliminar
  62. [[TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(8/6)]

    POLITICA NACIONAL: RESUMO DO COMENTÁRIO DO ENGº SÓCRATES! (disputa da liderança do ps)

    José Sócrates "O PS não é um barco de recreio, é um porta-aviões"

    No seu comentário semanal no Telejornal da RTP, José Sócrates criticou a lentidão no processo de disputa de liderança no PS e a opção do secretáriogeral do partido, António José Seguro, por ter optado por disputar a liderança do partido com António Costa e rimárias abertas.

    José Sócrates criticou a lentidão no processo de disputa de liderança do PS. À RTP, no seu comentário semanal, o antigo primeiro-ministro afirmou que "o PS já devia ter esta questão resolvida". Sobre o facto de as primárias estarem previstas para apenas daqui a cerca de quatro meses, o antigo governante considerou que "é tempo demais" para se definir a liderança do PS.

    "O PS não é um barco de recreios, é um porta-aviões", salientou José Sócrates, referindo-se às dúvidas em torno das primárias convocadas por António José Seguro.

    Para o ex-primeiro-ministro, "nenhuma razão foi avançada" que justifique a opção pelas primárias, disse, recordando não só que tem as suas próprias objeções às primárias mas que houve inclusive um congresso onde esta questão foi votada e chumbada.

    A propósito da possibilidade de uma crise no Governo poder provocar a antecipação das legislativas, José Sócrates salientou que apesar de o PS não estar neste momento “em condições de disputar” as eleições, caso fossem antecipadas o PS "teria tempo" para se preparar.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    NB:E SOBRE A NECESSIDADE DE UM "MELHOR ESCRÚTINIO DOS JUIZES DO TC", NÃO DISSE NADA?!

    ResponderEliminar
  63. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (8/6)]

    UE: QUEM VAI SUBSTITUIR DURÃO BAROSO?!

    Cameron reúne-se com Merkel para manifestar oposição à nomeação de Juncker (Publicado ontem às 14:51)

    O primeiro-ministro britânico opôs-se à designação de Juncker, candidato do Partido Popular Europeu (PPE), o mais votado nas eleições, por receio de que torne a UE mais federalista.

    O primeiro-ministro britânico, David Cameron, vai reunir-se na segunda-feira com a chanceler alemã, Angela Merkel, e outros líderes europeus para manifestar a sua posição contra a nomeação de Jean-Claude Juncker para presidente da Comissão Europeia.

    A informação é avançada por meios de comunicação britânicos citados pela agência de notícias EFE. Cameron rejeita a nomeação de Juncker, candidato do partido vencedor das eleições europeias (Partido Popular Europeu), por considerá-lo um representante da "velha guarda" comunitária.

    À BBC, o ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, William Hague, considerou hoje que há «outros candidatos com talento» para o cargo e que a União Europeia «não pode continuar como até agora» e eleger «a pessoa errada».

    «É um dos cargos mais importantes que se decidem na União Europeia e é muito importante que haja um equilíbrio político, um equilíbrio geográfico, e é também importante que haja mulheres nos principais cargos», disse.

    Cameron desloca-se na segunda-feira à Suécia para se reunir com o primeiro-ministro Fredrik Reinfeldt, o seu homólogo holandês, Mark Rutte, e com Angela Merkel, num encontro em que se abordará o tema das reformas na Europa e a presidência da Comissão.

    As negociações para a escolha do sucessor de José Manuel Durão Barroso na Comissão Europeia têm sido marcadas por divergências entre líderes europeus, designadamente entre a chanceler alemã, Angela Merkel, e David Cameron.

    Após as eleições para o Parlamento Europeu (PE), realizadas a 25 de maio, Cameron opôs-se à designação de Juncker, candidato do Partido Popular Europeu (PPE), o mais votado nas eleições, por receio de que torne a UE mais federalista.

    Merkel, membro do PPE, manifestou por seu lado apoio ao ex-primeiro-ministro luxemburguês, embora tenha sublinhado que privilegia uma solução de consenso e que a posição do Reino Unido deve ser ouvida.

    Os chefes de Estado e de Governo da UE devem propor um nome para o cargo na cimeira europeia que se realiza a 26 e 27 de junho em Bruxelas.

    O Parlamento Europeu deverá pronunciar-se sobre esse nome numa sessão plenária prevista para meados de julho em Estrasburgo.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    UMA PERGUNTA: ESTAS PREOCUPAÇÕES SURGEM POR PREOCUPAÇÃO COM A CRISE QUE ASSOLA A EUROPA E/OU COMO RESPOSTA AO AVANÇO DA EXTREMA DIREITA?!

    ResponderEliminar
  64. URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=sondagens+legislativas&source=web&cd=2&ved=0CCsQFjAB&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F2014%2F06%2F21sondagem-legislativas15ps-desce-em.html%3FshowComment%3D1402167927820&ei=_PCUU_PsLo2S7Ab6ioDgAg&usg=AFQjCNH3wvu1OMPl4tSNCrzu7QBGjg73uw&sig2=5HlCqKjwn12f9rFNbzCvLQ
    1

    ResponderEliminar
  65. INFORMAçÃO ADICIONAL


    Ao que parece todos os socialistas querem ver o problema da liderança resolvido o mais rapidamente possível:

    -agora uns pensam k finais de Setembro é o taiming certo, enquanto outros, acham essa data "uma eternidade".

    E você caro leitor do TAROUCAndo, o que acha?!

    ProfAnónima

    NB:DE SEGUIDA VAMOS PUBLICAR AS POSIÇÕES DE ALGUMAS DISTRITAIS RELATIVAMENTE A ESTE ASSUNTO!

    ResponderEliminar
  66. (??)INFORMAÇÃO AOS LEITORES DO TAROUCAndo!

    Caros Bloguistas!

    Como certamente já se aperceberam, estamos a ser alvo de MUITOS e variados ataques informáticos!(*)

    As coisas começaram a fazer-se sentir, desta vez, desde que publicamos o post da 1ª Feirinha-Elas, e depois foi-se intensificando, até que na semana passada os postes começaram a aparecer "desformatados" e, mais recentemente, o rato(?) perdeu a capacidade de fazer copi-past aos cartazes/programas das actividades promovidas quer pelos Órgãos Autárquicos quer pelos Associações Desportivas, Culturais e Recreativas.

    [Ainda na semana passada o "piratão" entrou nos postes guardados no rascunho e "estragou tudo:a 1ª sondagem do CM sobre as legislativas/15 após as Europeias/14; um texto do Movimento Lilás, já anteriormente anunciado, sobre as Europeias/14 e a Creche Camária; etc]

    Assim, informamos que VAMOS CONTINUAR a divulgar estas actividades, no entanto, apenas com os textos possíveis!(que parece estão a ser do V/agrado, pois o número de visualizações aumentou em 20% sendo que 30% até nos chegam do estrangueiro...)

    GRATOS PELA V/COMPREENSÃO!:)

    (SAIBA MAIS NO POST 23 DE JUNHO:SALVÉ TAROUCAndo: QUASE 20 MESITOS!)

    Aquele Abraço!
    ProfAnónima

    (*)NÃO TEMOS NENHUM SUSPEITO, CONTUDO OS ESTUDOS DIZEM QUE: "80% DESTES ATAQUES COSTUMAM VIR DE QUEM DETÉM O PODER!!!

    ResponderEliminar
  67. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (9/6)]

    POLITICA NACIONAL/TRABALHO: PR PROMULGA AS NOVAS REGRAS!

    Função Pública: Cavaco promulgou nova lei geral do trabalho

    Cavaco Silva promulgou a nova lei geral do trabalho em Função Pública que aproxima as regras do público ao privado e vai ser publicada em Diário da República nos próximos dias.

    O Diário Económico na edição online revelou que Cavaco Silva deu luz verde à nova lei geral do trabalho da Função Pública. A TSF confirmou a informação junto de Belém.

    As regras agora alteradas mudam assim a partir do mês de agosto com exceção da mudança relativa à redução dos números dos dias de férias, porque o direito às ferias só se aplica a partir de 1 janeiro do ano seguinte.
    Com o novo diploma, os funcionários públicos deixam de ter 25 dias úteis de férias com majoração e passam a 22 dias úteis, tal como acontece com os trabalhadores do setor privado.

    O diploma estabelece um novo sistema de requalificação, já que a primeira versão do documento sobre esta matéria foi chumbada no Tribunal Constitucional.

    O horário das 40 horas também foi avaliado pelos juízes, depois do pedido de fiscalização sucessiva dos partidos da oposição, mas o Tribunal Constitucional aprovou a lei, que já tinho tido luz verde de Cavaco Silva.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  68. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (9/6)]

    REFORMA DO ESTADO: COMO VÃO SER OS SALÁRIOS E AS REFORMAS EM 2015?!

    Passos Coelho: Governo quer encontrar rapidamente solução para redução de salários

    O primeiro-ministro disse hoje, em Santarém, que o Governo quer, «tão rapidamente quanto possível», encontrar uma solução para as questões que envolvem a redução de salários.

    «Já tínhamos decidido que a partir de 2015 iríamos desfazer o corte dos salários que veio vigorando. Uma vez que esse corte foi agora suprimido na totalidade pelo Tribunal Constitucional nós temos de reanalisar essa situação», afirmou, sublinhando que isso deverá acontecer «tão rapidamente quanto possível».

    Passos Coelho, que falava durante uma visita à Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, reafirmou o objetivo do Governo de garantir que a meta do défice não ultrapassa os 4% este ano e os 2,5% no próximo ano, pelo que, se as medidas aprovadas em conselho de ministros, em acordo com os credores, «não podem ser adotadas em razão da interpretação que os juízes do TC fazem da Constituição» então têm de ser substituídas por outras.

    «Nem é mais nem é menos. É substituir aquilo que já tínhamos decidido fazer por outras», disse, adiantando que é intenção do Governo, é «tão rapidamente quanto possível, encontrar uma solução para as questões que envolvem a redução de salários».

    Passos Coelho referiu que a semana passada foi aprovado o diploma «que tratará do problema das pensões», visando conseguir que 0,2% da TSU e 0,25% do IVA fiquem afetos à sustentabilidade das pensões, adiantando que a medida «duradoura» relativa aos salários será igualmente remetida ao parlamento.

    «O resto vai depender do próximo acórdão do TC, no que diz respeito à contribuição extraordinária de solidariedade que vem sendo praticada desde o início do ano, e só depois disso teremos um quadro estável para sabermos o que é preciso fazer», declarou.

    O primeiro-ministro afirmou que o Governo só poderá saber se tomou todas as medidas necessárias quando o TC disser se o que o orçamento previa para este ano se pode realizar ou não.

    Questionado sobre se tem condições para governar, Passos Coelho afirmou que a «coisa mais importante que um país pode ter é previsibilidade e confiança», precisando de ter um Governo em funções, «a resolver problemas» e não a ser »ator de instabilidade e incerteza«.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR: A.M)

    ResponderEliminar
  69. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF]

    [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (9/6)]

    REFORMA DO ESTADO: COMO VÃO SER OS SALÁRIOS E AS REFORMAS EM 2015?!

    Passos Coelho: Governo quer encontrar rapidamente solução para redução de salários

    O primeiro-ministro disse hoje, em Santarém, que o Governo quer, «tão rapidamente quanto possível», encontrar uma solução para as questões que envolvem a redução de salários.

    «Já tínhamos decidido que a partir de 2015 iríamos desfazer o corte dos salários que veio vigorando. Uma vez que esse corte foi agora suprimido na totalidade pelo Tribunal Constitucional nós temos de reanalisar essa situação», afirmou, sublinhando que isso deverá acontecer «tão rapidamente quanto possível».

    Passos Coelho, que falava durante uma visita à Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, reafirmou o objetivo do Governo de garantir que a meta do défice não ultrapassa os 4% este ano e os 2,5% no próximo ano, pelo que, se as medidas aprovadas em conselho de ministros, em acordo com os credores, «não podem ser adotadas em razão da interpretação que os juízes do TC fazem da Constituição» então têm de ser substituídas por outras.

    «Nem é mais nem é menos. É substituir aquilo que já tínhamos decidido fazer por outras», disse, adiantando que é intenção do Governo, é «tão rapidamente quanto possível, encontrar uma solução para as questões que envolvem a redução de salários».

    Passos Coelho referiu que a semana passada foi aprovado o diploma «que tratará do problema das pensões», visando conseguir que 0,2% da TSU e 0,25% do IVA fiquem afetos à sustentabilidade das pensões, adiantando que a medida «duradoura» relativa aos salários será igualmente remetida ao parlamento.

    «O resto vai depender do próximo acórdão do TC, no que diz respeito à contribuição extraordinária de solidariedade que vem sendo praticada desde o início do ano, e só depois disso teremos um quadro estável para sabermos o que é preciso fazer», declarou.

    O primeiro-ministro afirmou que o Governo só poderá saber se tomou todas as medidas necessárias quando o TC disser se o que o orçamento previa para este ano se pode realizar ou não.

    Questionado sobre se tem condições para governar, Passos Coelho afirmou que a «coisa mais importante que um país pode ter é previsibilidade e confiança», precisando de ter um Governo em funções, «a resolver problemas» e não a ser »ator de instabilidade e incerteza«.
    Artigo Parcial

    ResponderEliminar
  70. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    POLITICA NACIONAL: COISAS DA JUSTIÇA PORTUGUESA!

    Justiça Advogados já podem representar Estado em ações de defesa

    O Ministério Público (MP) perdeu a exclusividade na defesa do Estado em ações de indemnização contra o próprio Estado. De acordo com o jornal Público, os advogados podem agora ser os representantes da tutela.

    PAÍS Advogados já podem representar Estado em ações de defesa DR
    07:41 - 09 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    Embora o a taxa de sucesso no Ministério Público (MP) na defesa dos interesses patrimoniais do Estado seja alta, o organismo perdeu agora a exclusividade e a tutela passa a poder ser também representada por advogados.

    De acordo com o jornal Público, esta alteração insere-se no anteprojeto de revisão do Código de Processo nos Tribunais Administrativos, mas não tem sido vista com bons olhos por parte do próprio MP, que teme a Constituição e o Estatuto do Ministério Público estejam a ser violados.

    Além disso, acrescenta a mesma publicação, os magistrados receiam que os custos de defesa do Estado aumentem em benefício das grandes sociedades de advogados, uma vez que a possibilidade de defesa da tutela se mostra como bastante atrativa.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  71. COMEMORAÇÕES DO DIA DE PORTUGAL: 10 DE JUNHO

    NA SEQUÊNCIA DO DISCURSO DO SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA, ONDE ESTE PEDIU, MAIS UMA VEZ, "UM ENTENDIMENTO ALARGADO ENTRE TODOS OS PARTIDOS" (DURANTE 10 ANOS), SEGUIRAM-SE ALGUMAS REACÇÕES.

    AQUI FICAM ALGUMAS:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO)

      POLITICA NACIONAL: REACÇÕES AO DISCURSO DO Sr PR NO DIA DE PORTUGAL! (10 de junho)

      Carlos Carreiras "Tem de haver sempre condições para compromissos"

      Carlos Carreiras reagiu esta tarde, em nome do PSD, aos dois discursos proferidos por Cavaco Silva neste feriado de 10 de junho, dia de Portugal.

      (17:40 - 10 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto)

      Carlos Carreiras abordou hoje, em nome do PSD, os dois discursos proferidos pelo Presidente da República, em dia de feriado nacional.

      Na perspetiva do dirigente socialdemocrata, “têm de haver sempre condições para compromissos” entre os chamados partidos do ‘arco da governação’. Essa é uma condição essencial “para sermos responsáveis”, acrescentou.

      Relativamente às palavras de Cavaco Silva, Carlos Carreiras destacou o “profundo patriotismo” e a “grande oportunidade” dos dois discursos, considerando que “há um desígnio por cumprir, e esse desígnio é Portugal”.

      Recorde-se que o dia de celebrações inseridas nas comemorações do 10 de junho, a decorrer na Guarda, foi marcado pelo desmaio de Cavaco Silva, enquanto discursava perante formações das forças armadas portuguesas.

      (ENVIADO POR:PA/DI)

      Eliminar
    2. (TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF)

      Seguro: entendimentos não se conseguem com cortes
      Publicado hoje às 16:23

      António José Seguro respondeu ao apelo para um entendimento, feito por Cavaco Silva, com os cortes feitos pelo Governo

      No discurso do 10 de Junho, Cavaco Silva avisou que o preço a pagar pode ser muito elevado, caso os partidos não cheguem a um entendimento político sobre a trajetória da divida e as prioridades de médio prazo.

      Na resposta, o secretário-geral do PS considerou que «todos os compromissos» são «bons» para o país, após o apelo para um entendimento partidário defendido pelo Presidente da República.

      Mas no entender de António José Seguro, «a questão coloca-se em concreto: isto é, qual é a base para esse compromisso», referindo que o PS tem «insistido que a base para esse compromisso tem que ter uma prioridade: o crescimento da nossa economia e a criação de emprego no nosso país».

      «E esse tem sido o consenso que tem sido gerado na sociedade portuguesa e, portanto, como é sabido, há aí uma divergência em relação ao atual Governo que coloca no empobrecimento a sua principal prioridade», referiu.

      Para o líder nacional do PS, «cortes e mais cortes não são solução» como «infelizmente os portugueses têm sentido».

      «Por isso, os compromissos que têm que ser feitos, têm que ser feitos nesta base do crescimento da nossa economia, em consolidação sustentável das nossas contas públicas e não como tem existido este aumento de dívida pública», declarou Seguro.

      (ENVIADO POR:PA/DI)

      Eliminar
    3. (TRAZIDO DA TSF)

      0 Junho: Teresa Caeiro (CDS) diz esperar que entendimento seja concretizável
      Publicado hoje às 15:57

      A vice-presidente do CDS-PP Teresa Caeiro disse hoje esperar que seja «concretizável» um entendimento entre as forças políticas do 'arco da governabilidade, tal como o Presidente da República apelou ao início da tarde.

      «Espero que isso seja concretizável, penso que é isso que os portugueses esperam», afirmou Teresa Caeiro, em declarações aos jornalistas no final da sessão solene do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorreu na Guarda-
      Sustentando que o apelo do chefe de Estado é dirigido a «todas as forças políticas do arco da governabilidade», Teresa Caeiro defendeu que é necessário que sejam capazes de se sentar à mesma mesma e de encontrar pontos de consenso.

      «Os portugueses não compreendem como é que para além a luta política não haja pontos de entendimento», frisou.

      (ENVIADO POR:PA/DI)

      Eliminar
    4. (TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF)

      10 DE JUNHO: RESUMO DO DISCURSO OFICIAL DO Sr PRESIDENTE DA REPÚBLICA!

      PR quer «entendimento partidário de médio prazo» até outubro
      Última atualização hoje às 15:24,

      O Presidente da República alertou hoje para o «preço muito elevado» que se poderá pagar se um entendimento partidário continuar a ser adiado, apontando o período até à discussão do Orçamento como o indicado para «o tempo de diálogo».

      «Os desafios que temos diante de nós, de todos nós, só podem ser vencidos através de uma cultura de compromisso.

      Adiar por mais tempo um entendimento partidário de médio prazo sobre uma trajetória de sustentabilidade da dívida pública e sobre as reformas indispensáveis ao reforço da competitividade da economia é um risco pelo qual os portugueses poderão vir a pagar um preço muito elevado», afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, na sessão solene das comemorações do 10 de Junho, que decorreram na Guarda.

      E, acrescentou, «o tempo de diálogo que se estende agora até à discussão do próximo Orçamento do Estado será o mais indicado para que as forças políticas caminhem no sentido da concretização do direito à esperança dos portugueses, numa perspetiva temporal mais ampla, situada para além de vicissitudes partidárias ou de calendários eleitorais».

      Quanto ao repto deixado pelo Presidente da República António José Seguro recordou, em declarações à Agência Lusa, que para já que há uma divergência profunda entre o PS e o Governo.

      Seguro lembra que já pediu a Cavaco Silva que ouça todos os partidos com representação parlamentar, após o terceiro chumdo do Tribunal Constitucional e insiste nesse pedido admitindo até que o Presidente da República convoque o Conselho de Estado perante a atual situação.

      Repetindo uma mensagem que tem insistentemente deixado ao longo dos últimos meses, o chefe de Estado reiterou ser fundamental que se evitem «erros do passado» para não voltar a uma situação como aquele que o país viveu.
      Ler Artigo Completo

      (ENVIADO POR:PA/DI)

      Eliminar
  72. (TRAZIDO DA TSF)

    PORTUGAL

    Silva Peneda apela a um pacto de regime ao mais alto nível
    Publicado ontem às 11:19

    O presidente do Conselho Económico e Social, que está a organizar as comemorações do 10 de Junho, diz que só com um acordo alargado pode alcançar-se um caminho de futuro.

    Silva Peneda apela a um pacto de regime assente em três objetivos

    Silva Peneda, presidente do Conselho Económico e Social que está a organizar as comemorações do 10 de Junho e vai discursar na cerimónia, vai aproveitar a intervenção de terça-feira para defender a necessidade de um pacto de regime alargado.

    Ouvido pela TSF, Silva Peneda diz que só com um compromisso politico de longo prazo se pode alcançar um caminho de crescimento do país. Um compromisso, diz, assente em três ideias: equilibrio das contas publicas, por economia a crescer e reformar o Estado.

    Mesmo admitindo a dificuldade de alcançar esse consenso politico, o presidente do conselho económico e social considera que vale a pena o esforço para que Portugal possa desenvolver-se.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  73. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS:10/6]

    ???

    NAÇÕES UNIDAS

    ONU alerta para subida de extremismo e racismo na Europa
    por Lusa, texto publicado por Isaltina Padrão

    A responsável das Nações Unidas para os direitos humanos, Navi Pillay, manifestou-se hoje preocupada com o aumento do extremismo e do racismo retórico na Europa, avisando que a contestação à origem dos imigrantes pode conduzir ao abuso de direitos.

    "Estou preocupada com o aumento recente no espetro político em vários Estados da Europa Ocidental de um discurso marcado por um sentimento racista e pela intolerância religiosa", afirmou Pillay perante os diplomatas presentes num encontro do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra.

    Lembrando a vitória recente dos eurocéticos e dos discursos anti-imigração e xenófobos proferidos no último mês por alguns partidos durante as eleições para o Parlamento Europeu, a responsável manifestou-se preocupada perante o facto de os políticos que fizeram declarações perturbantes figurarem entre os decisores europeus.

    "O novo Parlamento Europeu vai incluir um líder do partido alemão que afirmou: 'a Europa é o Continente das pessoas brancas e deve permanecer como tal'", referiu Pillay, numa referência a Udo Voigt do Partido Nacional Democrático alemão (NPD).

    A comissária da ONU para os Direitos Humanos realçou ainda que Marine Le Pen, que lidera a Frente Nacional francesa (FN), vai sentar-se no Parlamento Europeu, apesar dos comentários em que comparava "as orações pacíficas dos muçulmanos nas ruas à ocupação militar do seu país pelos nazis".

    Pillay, que durante seis anos ocupou o cargo de responsável da ONU para os direitos humanos, vai ser substituída no cargo pelo embaixador da Jordânia para as Nações Unidas, Prince Zeid al-Hussein, a 01 de setembro.

    (ENVIADO POR:A:M.)

    ResponderEliminar
  74. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF)

      Eleições na Liga de Clubes devem acabar por se realizar, diz especialista (Publicado ontem às 23:12)

      Apesar da providência cautelar que Rui Alves pretende apresentar, José Manuel Meirim, especialista em Direito Desportivo, considera que «será muito difícil em tempo útil resultar daí a suspensão do ato eleitoral de amanhã».

      O professor José Manuel Meirim acredita que as eleições de quarta-feira para a presidência da Liga de Clubes vão acabar por se realizar, apesar de uma das listas rejeitadas ter a intenção de impugnar o ato eleitoral a que Mário Figueiredo concorre sozinho.

      Em declarações à TSF, este especialista em Direito Desportivo lembra que, apesar da providência cautelar que Rui Alves pretende apresentar, «será muito difícil em tempo útil resultar daí a suspensão do ato eleitoral de amanhã».

      Considerando que só uma movimentação não jurídica pode impedir estas eleições, José Manuel Meirim entende existirem factos que podem levar à impugnação dos resultados do ato eleitoral de quarta-feira às 16:00 na sede da Liga de Clubes.

      Este docente da Universidade Nova de Lisboa recordou ainda que tem existido um «conjunto significativo de clubes que se mostraram, ao longo dos últimos seis meses, contrários à presidência atual da Liga e aos seus órgãos».

      «Se a lógica se mantiver, não parece crível que à priori se tenha uma maioria dos votos dos presentes favorável às listas e ao próprio candidato a presidente. Isso pode potenciar uma situação de não aprovação e não eleição, provocando eventualmente um novo ato eleitoral», concluiu.

      (ENVIADO POR:PA/DI)

      Eliminar
  75. 10 DE JUNHO: DE REGRESSO AO SÍTIO DE ONDE VERDADEIRAMENTE NUNCA SAI

    M/Caros Bloguistas!

    E depois dos últimos episódios que foram publicados no último post de Abril/2014, remeti-me ao silêncio!

    E o que aconteceu ao TAROUCAndo?! Prosseguiu o seu rumo mostrado que NÃO precisa dos meus textos pra "sobreviver". Assim, quem pensava que calando-me o TAROUCAndo "morria", enganou-se.

    E por que regresso hoje?!

    Faço-o porque o Sr Presidente disse que é chegado o tempo de "não ter medo mas esperança". Enfim, logo 2 coisas é pedir MUITO, mas como já todo mundo viu que o TAROUCAndo "sobrevive sem mim, volto na ESPERANÇA que agora não me ataquem com as mesmas armas do antigamente.

    Posto isto, informo que vou retomar a m/actividade blogueira como SEMPRE o fiz.

    ATÉ BREVE!(se...)
    Sou, Profª Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  76. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO]

    AINDA SOBRE O DIA DE PORTUGAL!(10 de junho/2014)

    Augusto Santos Silva "Foi uma maneira estúpida" de protestar

    No seu comentário semanal na TVI24, Augusto Santos Silva criticou os protestos de professores que decorreram hoje na Guarda, inseridos nas celebrações do dia de Portugal, argumentando que não foi uma forma “inteligente” de protesto.

    O ex-ministro socialista Augusto Santos Silva criticou, na antena da TVI24, os protestos que decorreram hoje na Guarda, durante as celebrações do feriado de 10 de junho.

    Para Augusto Santos Silva, o desmaio do Presidente da República em pleno discurso é “uma coisa normal, que acontece a qualquer um”, com a ressalva de que, tratando-se de uma figura pública, há sempre o risco de acontecer ‘sob holofotes’.

    Relativamente aos protestos levados a cabo pelos professores presentes na Guarda, que pediam a demissão do Governo, o antigo ministro foi perentório: “não estou de acordo que se interrompam discursos e cerimónias militares”, considerando que há formas “inteligentes” e menos inteligentes de protestar. Santos Silva referiu ainda a presença do líder do sindicato dos professores, Mário Nogueira, que considerou estar “desaparecido há uns meses”.

    A declaração do General Pina Monteiro, que pediu “respeito por Portugal e pelas Forças Armadas”, na única intervenção pública ouvida durante o tempo em que Cavaco Silva esteve indisposto, longe do palanque, foi particularmente elogiada pelo antigo ministro, para quem evitar protestos como o que sucedeu hoje na Guarda “não é uma questão de ordem” mas de “nos respeitarmos uns aos outros”.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  77. [TRAZIDO DO FB: DIÁRIO DE NOTÍCIAS (11/6)]

    MUNDIAL/2014: PORTUGAL DÁ GOLEADA À IRLANDA!(5-1)

    por Pedro Guarda

    Cristiano Ronaldo: "Estou a 99,9 por cento"

    O capitão da seleção nacional regressou à competição no último desafio de preparação para o Mundial, jogando 65 minutos e participando em dois golos na goleada, por 5-1, frente à República da Irlanda.

    Cristiano Ronaldo, que nas últimas semanas esteve a contas com problemas no joelho esquerdo, garantiu no final do jogo estar "a 99,9 por cento", afastando desta forma qualquer cenário de duvida em relação à sua utilização no dia 16, frente à Alemanha, no jogo que marca a estreia de Portugal no Campeonato do Mundo.

    O jogador do Real Madrid foi titular no "ensaio geral" da seleção portuguesa para a prova brasileira, deixando boas indicações quanto à sua condição física.

    Foi o único jogo de preparação que CR7 somou durante o estágio da equipa lusa com vista ao Mundial, que se inicia esta quinta-feira, com o Brasil a defrontar a Croácia.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  78. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO (11/6)]

    MUNDIAL/14:SELECÇÃO PORTUGUESA JÁ CHEGOU AO BRASIL!

    Seleção Portugal já está no Brasil com Paulo Bento satisfeito por ter todos disponíveis

    A seleção portuguesa de futebol chegou hoje ao Brasil para participar no Mundial de 2014 e Paulo Bento manifestou satisfação por ter os 23 convocados disponíveis para o primeiro jogo, com a Alemanha.

    [MUNDIAL 2014 Portugal já está no Brasil com Paulo Bento satisfeito por ter todos disponíveis Lusa 17:25 - 11 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    "Conseguimos recuperar e colocar disponíveis todos os jogadores para o primeiro jogo do Mundial. Na fase de preparação e nos jogos que fizemos, todos competiram, uns mais de outros, e creio que correu de uma forma satisfatória e positiva", afirmou Paulo Bento.

    O selecionador, que falava aos jornalistas minutos depois de a comitiva portuguesa ter aterrado no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, referiu que a equipa vai "descansar" o resto de dia de hoje e que começa na quinta-feira a preparar o embate com a formação germânica, agendado para 16 de julho, em Salvador.

    "Vivemos um processo que teve algumas adversidades, essencialmente no que diz respeito a aspetos físicos de alguns jogadores que nos levou a treinar com uma estrutura mais pequena do que desejávamos", referiu o treinador.

    Ao longo do estágio nos Estados Unidos, Paulo Bento não pôde contar em pleno com Cristiano Ronaldo, Raul Meireles, Pepe e Beto, mas na terça-feira já estavam todos aptos para o último jogo de preparação, em que Portugal goleou a Republica da Irlanda (5-1).

    No Brasil, Paulo Bento espera ter o apoio do "povo brasileiro" já nos três jogos do Grupo G, em que Portugal vai também defrontar os Estados Unidos e o Gana, além da Alemanha.

    O Mundial começa na quinta-feira, com o jogo Brasil-Croácia, e termina a 13 de julho.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  79. (TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (11/6)]

    COISAS DO FUTEBOL: ELEIÇÕES PRÁ LIGA!

    Porto: Liga de Clubes pede reforço de segurança
    Publicado hoje às 15:36

    A Liga de Clubes pediu um reforço de segurança na sede do organismo no Porto na tarde em que se realizam as eleições com uma candidatura única, a de Mário Figueiredo.

    Contactado pela TSF, o chefe destes cinco agentes da polícia que estão a fazer um reforço de segurança junto ao edifício da Liga disse apenas que este destacamento foi pedido preventivamente para evitar qualquer tipo de problemas.

    O mesmo oficial da PSP disse que não estavam à espera de qualquer incidente nesta eleições da Liga de Clubes.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar

  80. Esta página Web não está disponível

    Menos
    A página Web em http://taroucando.blogspot.pt/ poderá estar temporariamente inactiva ou poderá ter sido movida permanentemente para um novo endereço Web.
    Código de erro: ERR_INVALID_ARGUMENT

    ResponderEliminar
  81. (TRAZIDO DO POST 20 DE JUNHO/13:E VIVAM OS SANTOS POPULARES!)

    13 de Junho de 2013 às 01:11

    [TRAZIDO DO FACEBOOK DO Sr Pe JOÃO TEIXEIRA: NÂO RIMA, MAS PRONTOS...!]

    João Teixeira

    Hoje é dia de Sto. António. Homem de palavra intrépida e de uma conduta impoluta, posiciona-se como astro maior do firmamento da pregação com substância e sentido. «Cessem as palavras e falem as obras. De palavras estamos cheios, de obras vazios». Olhemos para a conduta deste Homem. Deixemo-nos interpelar pela palavra da sua vida. Que foi tão eloquente como a palavra dos seus lábios.

    (ENVIADO POR: Profª Pouco Anónima)

    ResponderEliminar
  82. JUNTO ENVIO O M/PRIMEIRO TEXTO DEPOIS DE 40 DIAS DE AUSÊNCIA DESTAS AVENIDAS.

    ATÉ JÁ!(se...)

    Sou, Profª Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  83. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO NOTÍCIAS AO MINUTO]

    EUROPEIAS/14:MARINHO PINTO "ACABA" NOS GRUPO DOS LIBERAIS!(saiba porquê)

    MPT Marinho e Pinto integra o grupo dos Liberais

    Marinho e Pinto, eleitos pelo Movimento Partido da Terra vão integrar o partido dos Liberais, no Parlamento Europeu. Contudo, os dois eurodeputados tinham preferência no partido d'Os Verdes.

    [POLÍTICA Marinho e Pinto integra o grupo dos Liberais DR
    13:40 - 10 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    Os dois eurodeputados, Marinho e Pinto, eleitos pelo Movimento Partido da Terra (MPT) não farão parte d’Os Verdes, mas sim do grupo dos Liberais no Parlamento Europeu, noticia o Público.

    A decisão será confirmada durante uma reunião dos chefes dos partidos liberais membros do grupo, esta terça-feira.

    Fonte do grupo dos Liberais garantiu que “não existem complicações” em torno desta candidatura. Os Liberais são o terceiro grupo em dimensão do Parlamento Europeu, com 61 eleitos depois da integração dos dois deputados.

    Os Verdes também confirmaram que os dois deputados não integrarão a sua bancada. Tal aconteceu depois de algumas declarações feitas por Marinho e Pinto, consideradas ‘homofóbicas’ e contrárias ao programa do grupo.

    Leia também:
    O eurodeputado que irá acompanhar Marinho Pinto
    Marinho e Pinto não afasta possível candidatura a Belém
    Marinho e Pinto apoia pedido de aclaração do Governo
    PUB

    ResponderEliminar
  84. [TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO]

    DESPORTO NACIONAL: ELEIÇÕES PRÁ LIGA DE FUTEBOL!

    Liga Mário Figueiredo reeleito com votos de sete clubes, incluindo o Sporting

    Mário Figueiredo, líder da única lista validada, foi hoje reeleito presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) com os votos de sete clubes, incluindo o Sporting.

    [DESPORTO Mário Figueiredo reeleito com votos de sete clubes, incluindo o Sporting Lusa 22:10 - 11 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    Além dos 'leões', reconduziram o presidente da direção o Paços de Ferreira e o Boavista, também da I Liga, e o Leixões, o Farense, o Santa Clara e o Atlético, todos da II Liga, disse à Lusa um fonte oficial do organismo.

    Um oitavo clube votou, o Belenenses, mas em branco, sendo, assim, expressos 12 votos válidos (dois por cada clube da I Liga e um por cada clubes da II Liga).

    A Lista D, encabeçada por Mário Figueiredo, somou, assim, 10 votos, aos quais se juntam dois em branco, os do clube do Restelo.

    Na segunda-feira, o presidente da assembleia-geral da LPFP tinha rejeitado as candidaturas de Rui Alves e Fernando Seara, validando apenas a de Mário Figueiredo.

    O Benfica, o Gil Vicente e o Marítimo, da I Liga, e o Moreirense e o Desportivo de Chaves, da II, não compareceram hoje na seda da Liga de clubes, no Porto.

    (ENVIADO POR: PA/DI)

    ResponderEliminar
  85. [TRAZIDO DO FB: NOTÍCIAS AO MINUTO(12/6)]

    CRISE NO PS: RECOLHA DE ASSINATURAS PRA FORÇAR O CONGRESSO!(ponto de situação)

    Liderança Deputados avançam com abaixo-assinado contra Seguro

    Está a decorrer uma recolha de assinaturas entre os deputados socialistas para enviar a Maria de Belém, presidente do partido, na esperança que esta convença António José Seguro a marcar eleições diretas para a escolha do secretário-geral, de acordo com o noticiado pelo jornal Público.

    [POLÍTICA Deputados avançam com abaixo-assinado contra Seguro DR
    08:17 - 12 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    Um grupo de deputados está a fazer uma recolha de assinaturas entre os socialistas onde pedem à presidente do partido, Maria de Belém, que convença António José Seguro a marcar eleições diretas para a escolha do secretário-geral e um congresso extraordinário coletivo, noticia o Público.

    A mesma publicação avança que ontem, até ao fim da tarde, o abaixo-assinado já reunia mais de 50 assinaturas de deputados afetos a António Costa (a bancada parlamentar tem ao todo 74 deputados).

    A recolha de assinaturas deverá prosseguir hoje porque ontem havia deputados que não se encontravam no Parlamento e que, ao serem contactados, mostraram vontade de assinar o documento.

    Um fonte do partido socialista afirmou ao Público que a iniciativa tem como objetivo apelar a Maria de Belém para que “transmita ao secretário-geral o desagrado do grupo parlamentar e não prolongue a crise política no partido, numa altura em que o país tanto precisa do PS”.

    [O QUE PENSA O PS-LOCAL DE TUDO ISTO?! ATÉ AGORA NINGUÉM SABE...]

    Leia também:
    Estratégia de Seguro apoiada pela maioria da comissão política distrital
    Seguro com o apoio de menos de um terço da bancada parlamentar
    "Todos os partidos deveriam estar reunidos para discutir problemas"PUB


    (ENVIADO POR:PA/DI)

    INFORMAÇÃO ADICIONAL: SAIBA MAIS SOBRE ESTA CRISE NOS POSTES:16-18-20-21-25

    ResponderEliminar
  86. CRISE SOCIALISTA:DISPUTA DA LIDERANÇA NO/DO PS

    COISAS TRAZIDAS DO BLOG OLHO DE GATO-VISEU:

    ResponderEliminar
  87. CRISE SOCIALISTA:DISPUTA DA LIDERANÇA NO/DO PS

    COISAS TRAZIDAS DO BLOG OLHO DE GATO-VISEU:

    domingo, 8 de Junho de 2014
    Apelo a todos os membros da Comissão Política Distrital do PS-Viseu em geral e a João Azevedo em particular
    Cara socialista e caro socialista da comissão política distrital de Viseu
    Caro João Azevedo

    Escrevo-lhe directamente a si confrontando-o com a sua responsabilidade individual porque tenho a certeza que, para além das relações de camaradagem e de amizade e até cumplicidade política, percebe que um partido é uma instituição pública que vive de dinheiros públicos e que deve tratar acima de tudo do bem público.

    Há muitos, muitos anos que uma Comissão Política Distrital não tinha tanta responsabilidade como a que vai ter na sessão de amanhã e essa responsabilidade interpela directamente a sua consciência.

    O problema com que está confrontado, minha cara e meu caro socialista, meu caro João Azevedo, é o seguinte:
    — vai deixar que o PS fique mergulhado numa guerra civil durante quatro longos meses até ao outono ou prefere que o PS resolva as coisas antes de férias?

    Lembre-se o que aconteceu em 2011:
    — em 5 de Junho, José Sócrates demitiu-se;
    — em 22 e 23 de Julho, foram as directas em que António José Seguro ganhou a Francisco Assis.

    Agora, em 2014, estamos no mesmo calendário. No final de Julho pode ficar tudo resolvido. Apelo para que vote como acabam de votar os socialistas das comissões políticas de Portalegre, Castelo Branco, Évora e Faro para a convocação imediata de eleições directas já em Julho e Congresso Extraordinário em Setembro.

    Não dê mais dois meses de borla política à direita que tão mal está a fazer ao país.

    O que está em causa para si lembre-se é uma e só uma coisa: o interesse público.

    E não é do interesse público termos o PS mergulhado numa guerra civil absurda com uma direcção que perdeu completamente a serenidade como se viu no post de sábado do secretário-geral no facebook.

    Um abraço do
    Joaquim Alexandre Rodrigues
    Publicada por Joaquim Alexandre Rodrigues à(s) 14:50

    (ENVIADO POR: A.M.)

    ResponderEliminar
  88. CRISE SOCIALISTA:DISPUTA DA LIDERANÇA NO/DO PS

    COISAS TRAZIDAS DO BLOG OLHO DE GATO-VISEU:

    quinta-feira, 12 de Junho de 2014
    O 31 de António Borges
    Trinta e dois membros da Comissão Política Distrital do PS-Viseu, trinta e um mais António Borges, em vez de quererem as coisas resolvidas num mês, preferiram ver o PS durante mais quatro meses mergulhado em entropia e degradação política como esta de hoje à volta de um lugar na "Europa".

    Trinta e dois membros da Comissão Política Distrital do PS-Viseu, trinta e um mais António Borges, não pensaram no interesse do PS nem no bem público.

    Cumprimento, João Azevedo, o líder distrital socialista que acha e bem, cito: "este processo deve ser resolvido o mais rapidamente possível".



    Estranho a desorientação política de António Borges, o poderoso ex-presidente da câmara de Resende, que está ao lado deste 31.

    Perdeu o foco político, António Borges!

    São dois anos para esquecer na sua vida política:
    — 2013 com a sucessão que arranjou para a câmara de Resende que é a cara chapada da incompetência;
    — 2014 com esta sua opção pelo beco sem saída segurista.

    Que pena!


    Publicada por Joaquim Alexandre Rodrigues à(s) 12:46
    Enviar a mensagem por e-mail
    Dê a sua opinião!
    Partilhar no Twitter
    Partilhar no Facebook
    Partilhar no Pinterest

    Etiquetas: Europeias 2014, Liberdade, PS, Viseu

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  89. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    A CRISE SOCIALISTA:A DISPUTA DA LIDERANÇA!(quem apoia quem?)

    Líder PS/Porto Estratégia de Seguro apoiada pela maioria da comissão política distrital

    O presidente da federação do PS/Porto, José Luís Carneiro, disse hoje à agência Lusa que a estratégia traçada pelo secretário-geral do PS, António José Seguro, é apoiada pela "maioria" da comissão política distrital.

    [POLÍTICA Estratégia de Seguro apoiada pela maioria da comissão política distrital Lusa 04:29 - 10 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    A comissão política distrital do PS/Porto reuniu na segunda-feira à noite em Penafiel, encontro no final do qual o líder da concelhia do PS/Porto, Manuel Pizarro, criticou, em declarações à agência lusa, os insultos de "alguns apoiantes" de Seguro àqueles que estão com António Costa, sem especificar nomes, motivo pelo qual o debate "ficou amputado".

    Apesar do congresso ou das questões da liderança nacional do partido não estarem na agenda da convocatória - mas sim a análise dos resultados das eleições europeias como um dos pontos principais - as diferentes intervenções foram marcadas pelos apoios aos dois nomes em disputa, António José Seguro e António Costa.

    José Luís Carneiro realçou que na comissão política distrital do PS/Porto "mais de 60% são apoiantes de António José Seguro" - grupo no qual se insere - tendo havido uma "nota de preocupação na maior parte das intervenções relativamente à crise interna no PS" que, se não "for conduzida com responsabilidade e ponderação, poderá ter consequências na afirmação do PS como alternativa nas próximas legislativas".

    "Há aqueles que apoiam António Costa (...) mas o entendimento da maioria da comissão política é que o caminho de afirmação de alternativa e combate ao Governo e a estratégia traçada pelo secretário-geral, António José Seguro, merece o apoio da maioria", disse.

    Apesar da avaliação positiva dos resultados das eleições europeias - na qual "todos reconhecem que o PS ganhou as eleições e infligiu uma grande derrota à direita" - o líder da distrital admite que não foi a vitória que todos gostariam de ter.

    "Esse facto prendeu-se com alguns fenómenos como a abstenção, que prejudica muito os partidos do arco da governação, a emigração e o voto de protesto, que se canalizou para o MPT", sistematizou, acrescentando que, "no quadro europeu, a vitória do PS constituiu uma das seis vitórias em 28 países que conseguiram os socialistas".

    De acordo com Carneiro, "o pedido de congresso surgiu apenas de vozes mais laterais e não por militantes com especiais responsabilidades".

    "Foi importante que tivesse ocorrido um debate com elevação e sentido de moderação por parte dos principais responsáveis", tendo surgido apenas de alguns membros "as intervenções mais acaloradas", disse.

    Na opinião de Manuel Pizarro, "há alguns apoiantes de António José Seguro que têm, do diálogo democrático, uma visão trauliteira", relatando insultos e apelidos de traidores àqueles que apoiam António Costa, como é o seu caso.

    "O debate ficou amputado porque não é possível discutir ideias com quem prefere o insulto à troca de opiniões", lamentou, acrescentando que não foi tomada nenhuma decisão sobre um eventual congresso.

    O líder da concelhia do PS/Porto e vereador na autarquia portuense defendeu ainda a necessidade de uma clarificação sobre a liderança do partido, considerando que aquilo que está em causa é a elevação do debate.

    "Foi uma reunião que começou bem mas que alguns apoiantes do secretário-geral quiseram transformar em ataques pessoais e insultos", lamentou.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  90. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    (??)A CRISE SOCIALISTA:A DISPUTA DA LIDERANÇA!(quem apoia quem?)

    PS Seguro com o apoio de menos de um terço da bancada parlamentar

    A crise interna no Partido Socialista (PS) não só criou tensão entre os militantes como extremou algumas posições de apoio. De acordo com o i, António José Seguro conta apenas com o apoio de menos de um terço da bancada parlamentar socialista. Se as eleições internas tivessem somente em conta os votos parlamentares, Seguro iria ‘sofrer’.

    [POLÍTICA Seguro com o apoio de menos de um terço da bancada parlamentar DR 07:47 - 10 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    Se alguns deputados socialistas preferem não revelar, ainda, as suas posições e escolhas, outros não escondem o seu apoio a António Costa.

    O autarca de Lisboa entrou a pé juntos na candidatura à liderança do partido e, segundo as contas do i, tem do seu lado 46 dos 74 deputados da bancada parlamentar socialista.

    Menos folgado de apoios está o atual líder. António José Seguro tem do seu lado os deputados que o acompanham desde o primeiro dia, mas entre os confessos e semi confessos, menos de um terço da bancada parlamentar do partido está do seu lado.

    Ao que o i apurou, Seguro conta com 21 apoiantes, mas são muitos os que preferem manter-se ao seu lado sem proferir algum tipo de posição ou preferência.

    (ENVIADO POR: PA/DI)

    ResponderEliminar
  91. (EM OREPARAÇÃO)

    Governo vai divulgar hoje carta de intenções enviada à 'troika'
    Publicado hoje às 15:58

    A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, disse que o Governo vai divulgar hoje a carta de intenções enviada à "troika', reiterando que os compromissos assumidos são aqueles de que os «portugueses tiveram conhecimento».

    Jornalista Ana Catarina Santos resumiu as declarações de Maria Luís Albuquerque

    «Assegurando uma total transparência com os portugueses no que respeita aos compromissos assumidos quando da realização do 12.º exame regular, o Governo divulga hoje também a carta de intenções enviada à "troika', evidenciando que todos os compromissos que constam da mesma são aqueles de que os portugueses tiveram conhecimento», afirmou a ministra no final da reunião do Conselho de Ministros de hoje.
    Maria Luís Albuquerque anunciou que o Governo abdicou de «receber o último reembolso do empréstimo» por não querer solicitar «uma nova extensão que reabrisse o programa» com a 'troika'.

    A ministra das Finanças referiu que isso será comunicado hoje ao Banco Central Europeu, à Comissão Europeia e ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e considerou não haver motivo para que as instituições da 'troika' vejam aqui «um problema», salientando que o Governo mantém o seu compromisso com as metas de consolidação orçamental.

    O PS tem vindo a pedir ao Governo que divulgue a carta de intenções, questionando se estaria a ser negociado um «mini-memorando« com o Fundo Monetário Internacional nesta última fase do programa e depois do chumbo do Tribunal Constitucional a três medidas do Orçamento de Estado para este ano.

    Profª Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JÁ CÁ VOLTO PRA ACABAR O TEXTO!

      ATÉ JÁ!(se...)

      ASSINA: VOCÊS SABEM

      [Esta página Web não está disponível

      Menos
      A página Web em http://taroucando.blogspot.pt/2014/06/2-diversos-de-junho2014pergunte-informe.html poderá estar temporariamente inactiva ou poderá ter sido movida permanentemente para um novo endereço Web.
      Código de erro: ERR_INVALID_ARGUMENT]

      Eliminar


    2. O seu comentário ficará visível após aprovação.

      Eliminar
  92. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF(12/6)]

    CRISE SOCIALISTA: QUEM ASSINOU O ABAIXO-ASSINADO?!

    PS: Maioria dos deputados pede a Maria de Belém diretas e congresso extraordinário (Publicado hoje às 18:37)

    Um grupo de 45 deputados socialistas subscreveu hoje um abaixo-assinado a apelar à presidente do PS, Maria de Belém, para interceder a favor da marcação de eleições diretas para a liderança e um congresso extraordinário.

    Nestes 45 deputados, num total de 74 da bancada socialista, estão incluídos sete dos 13 membros da direção do Grupo Parlamentar, e o ex-secretário-geral e vice-presidente da Assembleia da República Ferro Rodrigues.

    Estre abaixo-assinado, que é dirigido a Maria de Belém, foi promovido pelo ex-ministro Jorge Lacão e visa apelar à presidente do PS para que encurte os prazos para a escolha de uma nova liderança do partido - processo que este grupo entende dever passar por eleições diretas para o cargo de secretário-geral e por um congresso extraordinário.

    Na semana passada, durante uma reunião da Comissão Política, o PS aprovou por larga maioria a convocação de eleições primárias abertas a simpatizantes para o dia 28 de setembro, tendo em vista a escolha do candidato socialista a primeiro-ministro.

    Interrogado pelos jornalistas, Jorge Lacão não tomou posição sobre a realização de eleições primárias, tal como aprovou a Comissão Política, mas defendeu que a questão da liderança do PS deverá ser resolvida de forma mais rápida por via de eleições diretas para a liderança e por um congresso extraordinário.

    Além de Ferro Rodrigues, neste grupo, que tem uma posição coincidente com a do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, estão sete vice-presidente da bancada socialista: Ana Catarina Mendes, Odete João, Pedro Marques, Sónia Fertuzinhos, Pedro Nuno Santos, Hortense Martins e Marcos Perestrello.

    Tendo ao seu lado o ex-ministro Vieira da Silva, Jorge Lacão defendeu que os subscritores do abaixo-assinado manifestam junto da presidente do PS "a sua preocupação para que a incontornável clarificação interna não se arraste no tempo, limitando por esse efeito, de forma significativa, a capacidade de afirmação política do PS".

    «Este conjunto maioritário do PS apela à presidente do PS para que no exercício da sua função mediadora, particularmente junto do secretário-geral [António José Seguro], desenvolva os seus melhores esforços para que se possam encurtar os prazos de clarificação interna no PS com recurso a congresso extraordinário e eleições diretas para a liderança. No entendimento destes deputados, a preocupação é que se gerem condições o mais depressa possível para que se façam as necessárias escolhas dentro do PS, mas que se façam sem arrastar de forma excessiva e prolongada», sustentou Jorge Lacão.

    Jorge Lacão alegou ainda que «o país espera uma clarificação efetiva no PS, mas igualmente espera que o PS não se concentre excessivamente em si próprio para poder estar apto a assumir plenamente as suas responsabilidades políticas».

    Confrontado com a interpretação de que os atuais estatutos não permitem eleições diretas para o cargo de secretário-geral, mesmo que seja convocado um congresso extraordinário, o ex-ministro dos Assuntos Parlamentares deu a seguinte resposta: "Quando há vontade política para se resolverem os problemas de natureza procedimental, esses mesmo problemas encontram solução".

    «Não devem ser as questões de natureza procedimental a inviabilizar uma solução política, que o país espera que o PS saiba adotar, perante a atual situação preocupante do país», respondeu Jorge Lacão, dizendo que já falou pessoalmente sobre o teor do abaixo-assinado, tanto como Maria de Belém, como com o líder parlamentar, Alberto Martins.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  93. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (12/6)]

    EDUCAÇÃO: MÉDIAS NACIONAIS DOS EXAMES DE 2014!(4ª e 6ª anos)

    EXAMES

    Só Matemática do 6.º ano teve média negativa
    por Ana Bela Ferreira

    Só Matemática do 6.º ano teve média negativa

    Resultados dos exames de Português 4.º e 6.º anos melhoraram em relação ao ano passado. Exceção para a Matemática, que no 6.º ano baixou dois pontos percentuais (de 49% para 47,3%).

    Os dados revelados pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) indicam que a melhor média foi a de Português do 4.º ano, depois de no ano passado ter sido a pior média do conjunto dos quatro exames. No ano de estreia dos exames do 1.º ciclo, a língua materna não foi além dos 48,7% e este ano chegou aos 62,2% de média nacional. Neste caso, 81% dos 100 362 alunos tiveram positiva.

    Pior média foi a de Matemática do 6.º ano. O que não surpreende a Associação de Professores da disciplina que critica "as dificuldades desnecessárias introduzidas por algumas questões que desviavam o aluno do que era fundamental".

    Os alunos que que chumbaram têm agora acesso a um período de apoio extraordinário de duas semanas e voltam a repetir as provas a 9 e 14 de julho.

    (ENVIADO POR: A.M.)

    ResponderEliminar
  94. TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (12/6)]

    EDUCAÇÃO: MÉDIAS NACIONAIS DOS EXAMES DE 2014!(4ª e 6ª anos)


    Provas finais: 4.º ano melhora média a Português e 6.º ano baixa a Matemática (Publicado hoje às 21:39)

    Os resultados médios das provas finais do 4.º e 6.º anos a Português e Matemática mostram que os mais novos melhoraram a Português, face a 2012-2013, e que os mais velhos baixaram a média a Matemática.

    Os alunos do 4.º ano obtiveram, na 1.ª fase das provas finais, notas médias positivas a Português (62,2%) e Matemática (56,1%), mas, no 6.º ano, apenas Português teve um registo médio positivo (57,9%), com a Matemática a ter média negativa (47,3%).

    Os resultados foram divulgados hoje pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), que destaca, em comunicado, as melhorias registadas a Português, mais significativas entre os alunos mais novos.

    Em 2013, a nota média nacional das provas finais do 4.º ano, na disciplina de Português, tinha ficado próxima dos 49%, tendo os alunos do 1.º ciclo obtido melhores resultados a Matemática, com um registo médio de 57%.

    No final do ano letivo de 2012-2013, depois de conhecidos os resultados das provas finais do 4.º ano, o ministro da Educação, Nuno Crato, considerou os resultados dos mais novos insatisfatórios e reveladores do muito trabalho ainda a fazer com os alunos.

    A Português, a média do 6.º ano em 2013 foi de 52% e a de Matemática de 49%, superior à média deste ano.

    O IAVE considerou que, «na disciplina de Matemática, não se observaram alterações assinaláveis nos resultados médios dos dois anos».

    «No 1.º ciclo, na prova de Português, 81% dos alunos obtiveram uma classificação igual ou superior ao nível 3 [nível a partir do qual as notas são consideradas positivas], enquanto na prova de Matemática a percentagem de alunos com classificação igual ou superior ao nível 3 foi 64%», acrescenta a nota do IAVE.

    No que se refere ao 2.º ciclo, «na prova de Português, 75% dos alunos obtiveram uma classificação igual ou superior ao nível 3, enquanto na prova de Matemática a percentagem de alunos com classificação igual ou superior ao nível 3 foi 46%».

    Em comunicado, o Ministério da Educação e Ciência (MEC) refere que os exames do 1.º ciclo foram realizados em 1088 escolas de acolhimento, por alunos com origem em 5.462 escolas e, no 2.º ciclo, realizaram-se provas em 1150 escolas.

    «Na 1.ª fase das provas finais dos 1.º e 2.º ciclos, a qual é obrigatória para todos os alunos, foram realizadas 195.749 provas no 4.º ano de escolaridade e 221.543 provas no 6.º ano de escolaridade, referentes às disciplinas de Português, de Matemática e de Português Língua Não Materna», refere o comunicado.

    O ministério recorda ainda que os alunos que não ficarem aprovados em uma ou nas duas disciplinas, poderão frequentar um período de acompanhamento extra, até 04 de julho, tendo em vista a recuperação das notas e a preparação para os exames da 2.ª fase.

    «Esse acompanhamento oferece uma segunda oportunidade aos alunos que revelam maiores fragilidades, procurando consolidar os conhecimentos e capacidades nas duas áreas estruturantes do currículo e numa fase fundamental do seu percurso escolar: a transição entre ciclos de ensino. Os alunos poderão assim repetir as provas após um acompanhamento mais direcionado», sublinha o ministério.

    No comunicado, o MEC frisa ainda que, em 2012-2013, esse acompanhamento extraordinário permitiu "recuperar um número expressivo de alunos do 1.º ciclo", estando disponível para o 2.º ciclo, pela primeira vez, este ano letivo.

    O IAVE adianta ainda que a análise mais detalhada aos resultados dos alunos do 4.º e do 6.º ano será disponibilizada mais tarde.

    (ENVIADA POR: A.M.)

    ResponderEliminar
  95. [TRAZIDO DO SITE OFICIAL DO SINDICATO DOS PROFESSORES DO NORTE]

    ESCLARECIMENTO AOS PROFESSORES CORRECTORES DE EXAMES

    Situação dos professores classificadores de exames nacionais

    Relativamente ao assunto em epígrafe, vimos divulgar um comunicado do Secretariado Nacional da FENPROF hoje emitido, bem como o resultado do trabalho dos departamentos jurídicos dos vários sindicatos da FENPROF, que trabalharam as questões envolvidas com a rapidez possível para quem só também hoje, dia 17 de Março, tomou conhecimento dos termos do contrato que o ME apresentará aos docentes, até tendo em conta o facto de, para alguns docentes, a formação e a proposta de assinatura de um contrato, por 4 anos, com o GAVE, se colocarem já amanhã, data em que se inicia o 1.º ciclo de formação para os docentes classificadores, de acordo com a calendarização entretanto divulgada pelo GAVE/ME.

    Assim, chamamos a atenção dos colegas classificadores para as importantes questões que a FENPROF colocou ao ME, constantes do comunicado do Secretariado Nacional, bem como para as seguintes orientações sobre os procedimentos que aconselhamos os colegas a adoptar:

    Os professores seleccionados para a formação de classificadores estão a ser confrontados com a necessidade de assinarem um acordo que o GAVE, unilateralmente, redigiu.

    A FENPROF considera que poderá ser celebrado um acordo, mas com algumas alterações a propor pelo designado segundo outorgante que, no texto que lhe é apresentado, não pôde introduzir.

    Assim, no momento em que o formador lhe apresentar o texto do acordo, o professor deverá escrever “tomei conhecimento” e assinar não parte outorgante, mas apenas como parte que conheceu o texto original.

    De seguida, deverá apresentar as propostas de alteração que a FENPROF apresenta em documento anexo e salvaguardam os professores de eventuais problemas no futuro.

    Deverá, depois, aguardar uma resposta do GAVE às suas propostas. Caso seja pressionado a assinar o texto inicial, o professor não o deverá fazer sem primeiro se dirigir ao seu Sindicato.

    Pelo facto de não assinar o acordo proposto pelo GAVE o professor não fica impedido de frequentar as acções para que foi convocado nem perderá o direito aos abonos e ajudas de custo a que têm direito.

    No caso de ser impedido de frequentar a acção de formação por não assinar, de imediato, o acordo apresentado pelo GAVE, deverá exigir que essa determinação lhe seja transmitida por escrito mantendo-se no local até que tal suceda.

    A Direcção

    (ENVIADO POR: A.M.)

    ResponderEliminar
  96. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (12/6)]

    AMBIENTE/ÁGUA:QUANTO VAI PASSAR A CUSTAR A AGUA EM TAROUCA?!(politica nacional)

    Governo quer harmonizar preço da água em todo o país
    Publicado ontem às 11:34

    A reestruturação do setor da água será apresentada em julho. O ministro Jorge Moreira da Silva, ouvido pela TSF, explica que o objetivo é aproximar as tarifas entre o litoral e o interior do país.

    [Jorge Moreira da Silva confirma uma reestruturação do setor da água e harmonização das tarifas. O ministro do ambiente diz que as alterções não serão imediatas]

    O ministro do Ambiente confirma que a reestruturação do sector da água, que será apresentada no próximo mês, prevê uma harmonização dos preços entre as diversas regiões do país.

    O semanário Sol noticia hoje que haverá uma revolução no preço da água com aumentos nos concelhos do litoral e uma redução no interior.

    Em declarações à TSF, Jorge Moreira da Silva diz que não é ainda possível antecipar o impacto desta reestruturação nos preços mas confirma a tendência para harmonizar preços.

    «No litoral, as tarifas em alta, entre a captação, tratamento e distribuição aos municipios, terá de subir graduadamente para que no interior possa descer drasticamente. É fundamental termos tarifas mais harmonizadas», adianta o governante.

    O ministro do Ambiente diz que estas alterações não terão um efeito imediato. No caso do litoral, em que os preços vão subir, as mudanças vão ocorrer de forma gradual, ao longo dos anos.

    Jorge Moreira da Silva falou com a TSF a partir dos Estados Unidos onde se encontra para debater com as autoridades norte-americanas a estratégia do crescimento verde e também para ajudar a detetar novos negócios na área do gás.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  97. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO JORNAL DE NOTÍCIAS (12/6)]

    POLITICA NACIONAL: COMO VÃO SER OS VENCIMENTOS DA FP EM 2015?

    Aprovada integração de carreiras na tabela remuneratória única

    foto NUNO PINTO FERNANDES/GLOBAL IMAGENS

    Aprovada integração de carreiras na tabela remuneratória única


    O Governo aprovou esta quinta-feira, através de proposta de lei, a integração de carreiras da Administração Pública na tabela remuneratória única, remetendo para mais tarde a "definição e alargamento de posicionamentos remuneratórios", através de decreto regulamentar.

    Em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, a ministra de Estado e das Finanças, Maria Luís Albuquerque, reafirmou que "a tabela remuneratória única não dá origem nem a aumento de remuneração nem a diminuição da remuneração".

    O comunicado do Conselho de Ministros refere que foi decidida "a integração das carreiras subsistentes e dos cargos, carreiras e categorias dos trabalhadores na tabela remuneratória única, sem prejuízo da revisão futura de cargos e carreiras", sem adiantar mais nada sobre esta matéria.

    Esta decisão consta da mesma proposta de lei que determina a reintrodução de cortes entre 3,5% e 10% nos salários do setor público superiores a 1500 euros, que será negociada com os parceiros sociais e remetida para a Assembleia da República.

    Na apresentação desta proposta, a ministra de Estado e das Finanças disse estar em causa "o reforço do movimento de integração de todos os cargos, carreiras e categorias abrangidas pela lei 12-A/2008, de 27 de fevereiro, subsistentes e ainda não revistas, na tabela remuneratória única que foi aprovada por uma portaria de 2008, de 31 de dezembro, e que entrou em vigor a 1 de janeiro de 2009".

    "A integração contempla a manutenção do exato montante pecuniário correspondente à posição na categoria de origem, que, no contexto de libertação gradual das promoções e progressões, e com respeito pelos objetivos orçamentais, permitirá atingir a prazo os objetivos de total transparência e de equidade na política remuneratória das administrações públicas. O movimento de integração que agora se propõe não prejudica os processos de revisão das carreiras que virão a ter lugar no futuro", prosseguiu.

    A ministra das Finanças adiantou que o Governo PSD/CDS-PP procederá, "até ao final do ano, por decreto regulamentar, à definição e ao alargamento de posicionamentos remuneratórios, tendo em conta o nível relativo das carreiras entre si e destas face ao setor privado".

    "É um trabalho que se inicia agora e que irá até ao final do ano" para entrar em vigor "a 1 de janeiro de 2015" acrescentou.

    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
  98. (CONTINUAÇÃO)

    A ministra mencionou que está em causa "a continuação de um processo já iniciado, ainda pelo Governo anterior, de integração das diversas carreiras" numa tabela única que "contém apenas a remuneração base, sem quaisquer cortes, como sempre conteve".

    "A intenção é integrar na tabela remuneratória única todas as carreiras. A tabela remuneratória única tem 115 posições remuneratórias, começa no salário mínimo e vai até um salário, se não estou em erro, na ordem dos 6 mil euros, em termos de remuneração base. As várias carreiras começam na posição X, acabam na posição Y", descreveu, dando como exemplo a carreira geral de técnico superior, que vai "da posição 11 até à posição 57".

    De acordo com Maria Luís Albuquerque, "conforme as exigências da carreira, as competências, o grau de habilitações das pessoas integradas nessa carreira, haverá leques diferentes", enquadrados na tabela única.

    As carreiras "que não têm as suas remunerações fixadas em valor monetário, mas sim por referência a um índice" terão esses índices calculados em euros.

    Se esses montantes não corresponderem a uma das 115 posições da tabela única, haverá provisoriamente posições intermédias até que, "por efeito das promoções ou progressões, venham a cair na posição seguinte". A partir daí, a progressão será "dentro da tabela remuneratória única", explicou.

    "Quando conseguirmos colocar todas as carreiras da Administração Pública sobre esta carreira nós conseguiremos facilmente comparar os níveis de remuneração das várias carreiras: professores, médicos, militares, polícias, técnicos superiores, assistentes operacionais", salientou.

    Artigo Parcial

    NB/PERGUNTA: E O QUE TEM O PRINCIPAL PARTIDO DA OPOSIÇÃO A DIZER SOBRE ISTO?! MAIS: NÃO TEMOS AQUI UMA MATÉRIA A EXIGIR O TAL "CONSENSO" QUE TANTO PEDE O Sr PRESIDENTE DA REPÚBLICA?!

    ResponderEliminar
  99. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF(13/6)]

    CRISE NO PS:O ARRASTAR DA CRISE NO PS LEVA PSD A FAZER UM APELO!(politica nacional)

    PSD pede que «disputa interna» no PS não prejudique política nacional

    O vice-presidente do PSD Marco António Costa apelou hoje, em Coimbra, para que «a disputa interna» no Partido Socialista «não prejudique o sentido mais responsável da política nacional».

    Assegurando que o PSD não pretende «qualquer tipo de intervenção, nem qualquer tipo de intromissão» em relação ao «momento em que o maior partido da oposição é centro de uma grande instabilidade», o dirigente social-democrata entende que, no entanto, deve fazer aquele apelo.

    «Temos feito questão de permanentemente garantir» um «total afastamento da disputa interna do PS, mas não podemos deixar de fazer um apelo para que essa disputa interna não prejudique o sentido mais responsável da política nacional», afirmou o também do coordenador da Comissão Política Nacional social-democrata e porta-voz do partido, que falava aos jornalistas, hoje, em Coimbra, à margem de um almoço com autarcas do PSD.

    «Também precisamos» que o PS, o maior partido da oposição, seja «um parceiro», salientou Marco António Costa.

    O PS é necessário na «construção de soluções em Portugal», mas o que foi nos últimos anos e no atual momento «não corresponde à responsabilidade que o Partido Socialista deverá ter na sociedade portuguesa», sustentou.

    «Nos últimos anos, todos no Partido Socialista, sem exceção, subscreveram essa estratégia de completa obstrução ao diálogo e, portanto, não há diferenças», entre eles, defendeu Marco António Costa.
    O PS aprovou, na semana passada, por larga maioria a convocação de eleições primárias abertas a simpatizantes para o dia 28 de setembro, em que concorrem o atual secretário-geral, António José Seguro, e António Costa, presidente da câmara de Lisboa.

    «Não vejo qualquer diferença, o que não deixa de ser preocupante" porque "o que pretendemos é que o maior partido da oposição seja um aliado nas soluções e não um centro de adesão a uma atitude negativista da sociedade portuguesa», sublinhou o porta-voz do PSD.

    «Nós queremos mobilizar os sentimentos positivos da nossa sociedade e temos razões para isso», disse o dirigente social-democrata, considerando o «crescimento económico» e a «redução do desemprego» que o país tem registado como «fatores suficientemente mobilizadores da sociedade portuguesa para acreditarmos no seu futuro».

    «Queremos que todos os agentes políticos se envolvam ativamente a mobilizar positivamente os portugueses e não a serem o centro de atração negativista da sociedade portuguesa», concluiu.

    Antes, Marco António Costa disse que o PSD regista com «satisfação a circunstância de o Governo ter decidido abdicar da presença da 'troika' em Portugal nos próximos meses e, com isso, também criar um espaço de maior liberdade» para o país «definir o seu futuro».

    Essa decisão «também significa que o pais se viu impedido de receber a última tranche de 2,6 mil milhões de euros, que resultou da circunstância de o Tribunal Constitucional ter feito a apresentação pública do acórdão [sobre cortes de salários na função pública e a reformados e pensionistas] a 30 de maio e não depois de 16 de junho, como eu tive oportunidade de assinalar», salientou Marco António Costa.
    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  100. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO (13/6)]

    CRISE NO PS:PODE DESAGUAR NO TRIBUNAL, DEVIDO À DUPLA INTERPRETAÇÃO DOS ESTATUTOS!(temos novela mexicana...)

    Estatutos Disputa de poder no PS pode acabar em tribunal

    Mantém-se as dúvidas sobre as opções estatutárias do PS. O Expresso desta semana contactou juristas e militantes do partido e adianta que a leitura dos estatutos permite defender tanto a tese de António José Seguro como a proposta de António Costa.

    [POLÍTICA Disputa de poder no PS pode acabar em tribunal DR
    09:17 - 13 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    O imbróglio no PS mantém-se e caso não seja resolvida estatutariamente poderá mesmo chegar a ‘vias de facto’ (leia-se, ir a tribunal), noticia o Expresso.

    António Costa procura a marcação de um congresso extraordinário, antecedido de eleições para secretário-geral do partido. Seguro, por outro lado, aponta para a impossibilidade estatutária desta opção e responde com uma novidade que trouxe novas dúvidas: a marcação de primárias abertas, onde militantes e não militantes do PS poderiam escolher o seu candidato favorito… a ser candidato a primeiro-ministro.

    Ao Expresso, a deputada e jurista Isabel Oneto considera que não há nada nos estatutos do partido “que impeça a eleição do líder no congresso de um congresso extraordinário”. Um dirigente socialista que não se quis identificar confirmou ao semanário que além de dúvidas de cariz jurídico esta é também “uma questão política”.

    Por outro lado, Vitalino Canas, membro da Comissão Política Nacional do PS, realça que a eleição do secretário-geral – e putativo candidato a primeiro-ministro – não está prevista nos estatutos, e que, caso tal novidade fosse acrescentada aos estatutos do partido, estaríamos perante ”uma situação bizarra”, que até ao momento nunca fez parte “da dinâmica política existente em Portugal”.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  101. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    POLITICA NACIONAL:O 3D DESAPARECEU OU DESISTIU?!

    Projeto Manifesto 3D declara 'óbito'

    Seis meses depois da sua criação, chega ao fim o Manifesto 3D. Aquele que prometia ser um polo político forte de unidade à esquerda chegou ao fim sem conseguir reunir um consenso quanto ao seu formato, conta o Expresso.

    [POLÍTICA Manifesto 3D declara 'óbito' DR
    09:34 - 13 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto

    Chegou ao fim o Manifesto 3D e “qualquer forma de intervenção” em seu nome, avança o Expresso.

    O manifesto que foi criado em dezembro do ano passado e que pretendia ser um polo político forte de unidade à esquerda, não conseguir reunir consenso quanto ao seu formato de transformação do movimento numa plataforma de intervenção política.

    Assim, apesar das 65 personalidades e 5400 assinaturas conseguidas, o projeto chega ao fim.

    Chega ao fim o 'sonho' de nomes como Daniel Oliveira, José Reis ou Ricardo Araújo Pereira, que continuam, porém, a defender a necessidade de construir um polo de esquerda que faça oposição e que queira participar na governação.

    Depois dos resultados das eleições europeias, estes afirmam que a junção do Bloco de Esquerda, do Livre, da Renovação Comunista e do M3D teria feito todo o sentido.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  102. E CÁ VAI MAIS OUTRA CURIOSIDADE:

    URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    https://www.google.pt/
    9
    http://www.google.pt/search?ei=u1acU5S2LMSm0QWJxYDADw&q=acidente+em+tarouca+dia+10+junho&oq=aci&gs_l=mobile-gws-serp.1.0.41j0l4.28030.30445.0.32370.3.3.0.0.0.0.251.646.0j1j2.3.0....0...1c.1.46.mobile-gws-serp..0.3.645.gv20PiZASl0
    1
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=6&ved=0CD0QFjAF&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F2014%2F06%2F41educacao-medias-nacionais-dos-exames.html&ei=8VucU6CPG9Hb7AaCj4GACA&usg=AFQjCNEBg7EtzTB8wOD7jBR-48XD6KoA1Q&bvm=bv.68911936,d.bGQ
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AOS QUE PROCURAM:

      -MÉDIAS NACIONAIS, DEVEM VER OS POSTES 42 E 43 DE JUNHO/2014!

      -AOS QUE PROCURAM O ACIDENTE OCORRIDO EM GRANJA NOVA, DEVÃO PROCURAR A RUBRICA "TAROUCA FOI NOTÍCIA:SAIBA PORQUÊ!"(post 22 deste mês)

      ProfAnónima

      Eliminar
  103. QUANDO O PC GANHA VIDA PRÓPRIA COMO AGORA, O REGISTO DE ENTRADA FICA "PIFADO", PELO QUE NÃO NOS É POSSÚVEL SABER QUEM NO VISITA.

    FICA ASSIM:

    URLs de referência
    Ainda não há estatísticas. Tente mais tarde.
    Sites de referência
    Ainda não há estatísticas. Tente mais tarde.
    Pesquisar palavras-chave
    Ainda não há estatísticas. Tente mais tarde.

    A MODERADORA PRINCIPAL DO TAROUCAndo

    ResponderEliminar
  104. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO]

    PODER AUTARQUICO: CÂMARA COM DIFICULDADES EM PAGAR NO FINAL DO MÊS!(politica nacional)

    ANMP Câmaras estão sem dinheiro para pagar os salários

    O Governo prepara-se para discutir um fundo de apoio às câmaras municipais com dificuldades financeiras, com recurso a dinheiros de todos os municípios, mas a Associação Nacional de Municípios (ANMP) alerta que esta iniciativa pode piorar a situação, avança o i.

    Na próxima quarta-feira vai ser discutido no Parlamento o Fundo de Apoio Municipal (FAM), uma iniciativa para ajudar as autarquias com dificuldades financeiras. No entanto, a Associação Nacional de Municípios (ANMP) está contra a proposta, sustentando que pode “criar problemas gravíssimos e não resolve os que já existem”, noticia o i.

    O FAM prevê a “adopção de um programa de ajustamento municipal com medidas de reequilíbrio orçamental”, com recurso a um fundo de 650 milhões de euros, em que 30% é dinheiro do Estado e 70% de todos os municípios.

    A ANMP defende que esta proposta do Governo “é insustentável para os municípios” pois existem “câmaras em situação difícil para pagar salários nos próximos meses”.

    “É desejável que o FAM não agrave a sua situação e ponha ainda mais câmaras em situações semelhantes”, afirmou à mesma publicação Manuel Machado, presidente da ANMP.

    [ECONOMIA Câmaras estão sem dinheiro para pagar os salários DR
    14:00 - 14 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  105. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (14/6)]


    CRISE DO PS/PRIMÁRIAS: ANTÓNIO COSTA PEDE PRÓ PS DEFENIR REGRAS!

    António Costa à espera que PS defina regras para primárias

    O autarca de Lisboa e candidato à liderança socialista disse ainda estar em «diálogo permanente com os militantes do PS expondo as minhas ideias».

    António Costa diz que está à espera que o PS defina as regras do debate para as primárias no partido, muito embora nunca tenha falado num frente a frente com o líder do partido.

    «Estou em diálogo permanente com os militantes do PS expondo as minhas ideias e aguardo que o partido defina as regras do debate», acrescentou o candidato à liderança socialista.

    O também presidente da câmara de Lisboa considerou ainda que «o que é essencial é que cada um diga aquilo que pensa, o que a cada um vem e qual é que é o projeto que tem para o país, porque é isso que as pessoas estão ansiosas».

    Relacionados

    Seguro critica avanço de Costa quando PS tinha quase a certeza que ganharia legislativas


    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  106. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (14/6)]

    POLITICA NACIONAL:"COLIGAÇÃO PSD-CDS GANHA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES?!(ele diz que sim...)

    Poiares Maduro: «Não tenho dúvida nenhuma, podemos ganhar as próximas eleições» (vídeo)

    O ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional afirma que o governo tem feito um grande esforço para conseguir consensos e diz esperar que a crise interna no PS não leve a uma maior radicalização.

    Miguel Poiares Maduro diz não ter dúvida nenhuma de que a coligação PSD/CDS pode ganhar as próximas eleições. «Os portugueses sabem que estes três anos de sacrifícios eram necessários, foram duros, estão magoados por alguns desses sacrifícios, mas sabem que eram necessários e agora precisam de entender que esses sacrifícios fizeram sentido», afirma o ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional .

    Questionado sobre se o PSD e o CDS ainda têm alguma hipótese nas próximas eleições legislativas, o ministro responde: «não tenho dúvida nenhuma a esse respeito». «Temos agora também de conseguir repercutir na vida quotidiana dos portugueses aquilo que são os bons dados da recuperação económica», acrescenta Miguel Poiares Maduro para quem as dificuldades na recuperação económica e o contexto europeu tornou «ainda mais notável alguns dos aspetos da nossa recuperação».

    Disponível para consensos espera que não exista uma radicalização no PS

    A propósito do apelo renovado do Presidente da República que, no 10 de Junho, considerou que adiar por mais tempo um entendimento partidário sobre a trajetória de sustentabilidade da dívida pode sair caro aos portugueses, Miguel Poiares Maduro diz que da parte do governo que há abertura a esse compromisso.

    «Temos feito um esforço grande, eu nas minhas áreas fiz esse esforço, o Governo tem feito esse esforço, fez apelos muito grandes ao PS nessa matéria e continuamos a ter essa disponibilidade», sublinha o ministro.
    Rita Costa

    Ler Artigo Completo (Pág.1/4) Página seguinte

    Relacionados

    CGTP desafia Governo a ir a votos
    Publicado hoje às 19:34

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  107. MAIS UMA HISTÓRIA MAL CONTADA?!

    Acabo de ver no "Notícias ao Minuto" que o "Facebook vai personalizar (ainda mais) os anúncios que coloca na conta utilizador", tendo por base as consultas que este faz. Ora eu NÃO consulto outro tipo de contas que não seja "informação", e no entanto no lado direIto da m/conta aparece de tudo e mais alguma:até a uma placa com 3 dentes vinda da OLX!!!!

    ATÉ JÁ!(se...)

    Sou, Profª Assunção Monteiro

    NB/ISTO:Rede social Facebook aposta (ainda mais) em anúncios personalizados
    O Facebook vai personalizar ainda mais os anúncios que surgem na página de cada utilizador da rede social, com base nos sites que este visita na internet e nas aplicações e programas que usa, indica a RTP.(CONT.)

    ResponderEliminar
  108. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO JORNAL PÚBLICO (15/6)]

    CULTURA:QUEM SÃO OS NOVOS "GURUS"?!(segundo ele...)

    (...)

    Novos gurus

    O conservadorismo é uma das correntes ideológicas que estão a fazer o seu caminho entre as novas gerações da direita portuguesa. Um conservadorismo teórico, fundamentado e assumido, é isso que João Pereira Coutinho descreve no livro intitulado Conservadorismo, que acaba de lançar, pela editora Dom Quixote. É um ensaio sobre o filósofo irlandês Edmund Burke e uma das obras que estão a fazer furor entre a nova intelectualidade de direita.

    Além dos livros que estão a ser editados, ou reeditados, uma série de jovens cronistas e analistas de direita está a ocupar o espaço público na imprensa e nos canais televisivos. João Pereira Coutinho, Henrique Raposo, Pedro Mexia, João Miguel Tavares ou Pedro Lomba são nomes que nos últimos anos ascenderam a um estatuto de estrelato até então reservado aos intelectuais de esquerda.

    Figuras das gerações anteriores, como Rui Ramos ou até Jaime Nogueira Pinto têm ganho mais exposição mediática, jornalistas e cronistas e intelectuais de direita criaram blogues, alguns muito populares, e surgiu um novo jornal, totalmente online, com tendência assumidamente de direita, o Observador.

    Algumas novas bandas de música também se posicionam à direita. Caso de Manuel Fúria e de Tiago Cavaco. A cultura de direita está finalmente a ocupar o seu espaço. O anátema que existiu desde o 25 de Abril de 1974 parece estar a desaparecer.

    Os novos gurus expõem as suas teorias e comentam a realidade sem pejo e com uma agressividade que só era costume brotar das penas de esquerda. E têm muitos seguidores.

    [João Pereira Coutinho acaba de editar Conservadorismo pela Dom Quixote PAULO PIMENTA]

    Ser de direita já não provoca confrangimento nem má consciência. Não significa necessariamente defender os privilegiados, ser socialmente insensível, retrógrado e reaccionário. Nem sequer o conservadorismo dos costumes. Ser de direita já não é um sinal de inferioridade intelectual, nem de indiferença à injustiça, ódio à mudança, ou pertença às classes altas. Pelo menos é isto que acham os novos arautos da direita. Por ser de direita, já não perdemos os amigos. Já não nos caem os parentes na lama.

    E tudo isto é novo. A esquerda tem sido hegemónica nos media, na cultura. Para nem falar da política, onde os partidos mais à direita se dizem centristas ou sociais-democratas. De certa forma, ser de direita é uma vergonha, quase um crime. Para muitos, algo inconfessável. Há coisas que as pessoas de direita dizem entre si, mas nunca em público, admitiu o politólogo Jaime Nogueira Pinto, que esteve uma década exilado, depois do 25 de Abril, e continua a dizer, a brincar, que é “o fascista de serviço”.

    Pereira Coutinho explicou: “Ninguém quer ser conotado com o regime autoritário salazarista. A direita tem sido identificada com esse regime, não conseguiu emancipar-se disso.” A esquerda tem-se encarregado de fazer esta identificação, mas a capacidade da direita para se libertar também não tem sido brilhante. Muitas vezes, a hegemonia da esquerda e a caricatura que esta faz da própria direita, conotando-a com o salazarismo, funciona como uma desculpa da direita para “esconder as suas fragilidades e a incapacidade de construir um projecto cultural alternativo, que nunca teve”, disse António Araújo.

    (...)

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  109. SALVÉ O TAROUCAndo!(quase 20 anitos)

    Caros Bloguistas!

    Hoje (8/6/14), o TAROUCAndo faz 34 mesitos!

    Mas como sempre dissemos, num blog desta natureza, o tempo tem de ser contado como nos cães (pois tb ladrão). Assim sendo, pudemos dizer então que o TAROUCAndo está com quase 20 anitos!

    Ora, com 20 anitos, o TAROUCAndo devia estar cheio de energia e esperança. Contudo, alguém o colocou num estado tal que NÃO sabemos se estamos perante uma caravela de velas rasgadas ou se perante um espanta melros!(que neste caso melhor cumpre a missão...)

    Bom, seja como for, não podemos deixar de dizer isto:
    -alguns Politicos cá do burgo não gostavam de blogues (e dos bloguistas), porque "eles falam da vida privada das pessoas".
    Ok. Compreendemos a crítica e até damos razão.

    Mas agora perguntamos: alguma vez o TAROUCAndo falou da vida privada fosse de quem fosse?!
    OK. Já publicamos textos que se podem considerar do foro da vida privada, mas apenas e SÓ quando são são os próprio a fazê.lo, certo?!

    (...)

    Acreditem, às vezes ficamos com a ideia que certos Politicos gostam de planear as actividades, implementa-las, usufrui-las e depois disto tudo:ainda narra-las!(um pouco como o outro que faz a festa, deita os foguetes e vai buscar as canas pró meter nos feijões...)

    Aquele Abraço!
    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  110. MUNDIAL/14:CR/7 CONCEDE ENTREVISTA A JORNALISTA SEXY!

    Inés Sainz Ronaldo entrevistado por jornalista mais sexy do mundo

    O nome de Inés Sainz é bem conhecido no mundo do jornalismo desportivo. Além de ter entrevistado algumas das personalidades mais conhecidas do desporto a nível internacional, esta mexicana ganhou o título de jornalista desportiva mais sexy do mundo… e conseguiu chegar à fala com Cristiano Ronaldo.

    [DESPORTO Ronaldo entrevistado por jornalista mais sexy do mundo Hola-17:17 - 15 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    “Atrevo-me a dizer que foi uma das melhores entrevistas que já fiz. Falou sem quaisquer reservas às perguntas e descobri que é um homem autêntico que diz sempre o que pensa”. Foi desta forma que a jornalista Inés Sainz classificou a entrevista que fez a Cristiano Ronaldo, no Brasil.

    PUB

    A profissional da estação de televisão mexicana tentava “há muito tempo” uma entrevista exclusiva com o melhor jogador do mundo, depois das várias que realizou a alguns dos nomes mais conhecidos do desporto, como conta a revista Hola.

    Também ela é uma das caras mais conhecidas do jornalismo desportivo, por ter vencido o título de jornalista desportiva mais atraente.

    A entrevista é transmitida hoje, na TV Azteca, no México.

    [TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO/ENVIADO POR:PA/DI]

    ResponderEliminar
  111. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(15/6)]

    CRISE:OS VALORES DOS CORTES NOS FUNC.PÚBLICOS!

    Remunerações Salários reais dos portugueses caíram 10% desde 2010

    Os salários reais dos portugueses sofreram uma quebra de 10% desde 2010, sendo que os funcionários do Estado foram os mais penalizados com uma redução salarial na ordem dos 24%, de acordo com o Diário de Notícias.

    [ECONOMIA Salários reais dos portugueses caíram 10% desde 2010 DR
    07:05 - 15 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    Os portugueses viram os seus salários reais reduzidos em 10% desde 2010, o ano do início da crise, sendo que os funcionários do Estado foram os mais penalizados com as suas remunerações a recuar para o nível de 1997, avança o Diário de Notícias.

    “As remunerações do trabalho caíram, em termos reais, 10% entre 2010 e 2013”, afirma o Banco de Portugal num relatório sobre o poder de compra dos portugueses.

    Este recuo nas tabelas salariais foi especialmente agressiva no caso dos trabalhadores do Estado, cuja quebra salarial sofrida desde 2010 ronda os 24%, “uma perda que aumenta se contarmos com o congelamento salarial, a redução do pagamento do trabalho suplementar e o aumento do horário de trabalho”, conta o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE) em declarações ao Dinheiro Vivo.

    No mesmo relatório sobre o real poder de compra dos portugueses, o Banco de Portugal sustenta que este está a cair desde o início da crise, pois para além dos funcionários públicos verem os seus salários caírem para o nível de há 16 anos, também os do setor privado tinham no ano passado remunerações ao nível de 2005.

    Leia também:
    Governo tem pronta legislação sobre salários da Função Pública
    Novos cortes nos salários são "afronta ao Constitucional"
    Câmaras estão sem dinheiro para pagar os salários
    PUB


    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  112. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (16/6)]

    MUNDIAL/14:CRISTIANO RONALDO ACREDITA NO JOGO DE EQUIPA!


    Ronaldo cita Papa Francisco em mensagem no Facebook
    por Octávio Lousada Oliveira

    Ronaldo cita Papa Francisco em mensagem no Facebook
    Capitão da seleção socorre-se das palavras do sumo pontífice para lembrar que "ninguém vence sozinho, nem no campo nem na vida".

    Cristiano Ronaldo colocou esta segunda-feira, dia em que Portugal se estreia no Mundial 2014, diante da Alemanha, uma mensagem de mobilização aos adeptos portugueses e até utilizou palavras do Papa Francisco para vincar que a partir das 17.00 espera ter todo o País ao lado dos eleitos de Paulo Bento.

    "Hoje, quando a nossa epopeia finalmente começar, seremos muito mais do que 10 milhões. Seremos ainda paixão, emoção, crença, determinação, perseverança. Seremos espírito de vitória. Seremos esperança. Todos juntos, de mãos dadas e corações unidos, a uma só voz. Porque, e parafraseando o Papa Francisco, ninguém vence sozinho, nem no campo nem na vida. Força Portugal!", escreveu o capitão da seleção nacional, sobre o qual recaem grandes expectativas para a partida inaugural da equipa das quinas.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  113. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF]

    UM RESUMO POSSÍVEL DO JOGO PORTUGAL vs ALEMANHA!

    ortugal goleado pela Alemanha na estreia no Mundial
    Publicado hoje às 19:17
    A seleção nacional entrou da pior maneira no Mundial 2014 ao ser goleada perante a Alemanha por 4-0. Pepe foi expulso e Hugo Almeida e Fábio Coentrão saíram lesionados. Thomas Mueller fez o primeiro "hat-trick" desta campeonato do mundo.

    Enviar por email Link

    Filme do jogo com Alemanha-Portugal num trabalho de Paulo Jorge Guerreiro

    A seleção portuguesa teve uma estreia para esquecer no Mundial 2014 ao perder esta segunda-feira por 4-0 diante da Alemanha, naquela que foi a mais pesada derrota de Portugal em fases finais de campeonatos do mundo.
    A equipa orientada por Paulo Bento até começou bem a partida com uma incursão aos oito minutos de Cristiano Ronaldo, que rematou de ângulo difícil para defesa complicada de Manuel Neuer.
    A resposta germânica chegou logo a seguir na sequência de uma má reposição de bola do guarda-redes Rui Patrício, que resultou num remate de Khedira que passou pouco ao lado da baliza portuguesa.
    Aos 12 minutos, a Alemanha marcou mesmo na conversão de uma grande penalidade que puniu um agarrão de João Pereira a Goetze com Thomas Mueller a aproveitar o ensejo para fazer o seu primeiro golo do encontro.
    Após um remate de longe de Nani que passou por cima da barra da baliza de Neuer, aos 25 minutos, Portugal teve uma contrariedade com a lesão de Hugo Almeida, que motivou a entrada de Éder três minutos depois.
    Aos 32 minutos, o defesa Hummels fez o 2-0 e, para agravar ainda mais a situação, cinco minutos volvidos, Portugal perdeu praticamente todas as possibilidades de discutir o resultado após a expulsão de Pepe, que encostou a cabeça a Mueller.
    Mesmo em cima do intervalo, a equipa orientada por Joachim Loew chegou ao 3-0, novamente por Mueller, após um corte defeituoso de Bruno Alves.
    No segundo tempo, Portugal voltou a ter novo contratempo com a saída por lesão de Fábio Coentrão (substituído por André Almeida) numa altura em que a Alemanha ameaçava a marcação de mais um tento.
    O quarto golo acabou por surgir aos 78 minutos pelo inevitável Mueller, que aproveitou uma defesa incompleta de Rui Patrício para garantir o primeiro "hat-trick" do Mundial 2014.
    Sob a arbitragem de Milorad Mazic, da Sérvia, no Arena Fonte Nova, em Salvador, com a assistência de 51081 espectadores, as equipas alinharam da seguinte forma:
    Alemanha: Manuel Neuer, Jérôme Boateng, Per Mertesacker, Mats Hummels (Shkodran Mustafi, 73), Benedikt Howedes, Philipp Lahm, Sami Khedira, Toni Kroos, Mesut Özil, Mario Götze (André Schürrle, 63) e Thomas Müller (Lukas Podolski, 82).
    Suplentes: Zieler, Weidenfeller, Matthias Ginter, Erik Durm, Shkodran Mustafi, Kevin Grosskreutz, Bastian Schweinsteiger, Julian Draxler, Christoph Kramer, André Shürrle, Lukas Podolski e Miroslav Klose.
    Portugal: Rui Patrício, João Pereira, Bruno Alves, Pepe, Fábio Coentrão (André Almeida, 65), Miguel Veloso (Ricardo Costa, 46), João Moutinho, Raul Meireles, Nani, Cristiano Ronaldo e Hugo Almeida (Éder, 28).
    Suplentes: Eduardo, Beto, André Almeida, Ricardo Costa, Luís Neto, William Carvalho, Rúben Amorim, Rafa, Vieirinha, Silvestre Varela, Hélder Postiga e Éder).
    Ação disciplinar: cartão amarelo para João Pereira (11). Cartão vermelho direto para Pepe (37).
    Artigo Parcial

    Relacionados

    Hugo Almeida e Fábio Coentrão de fora entre «dez dias a três semanas»
    Publicado hoje às 20:29
    Paulo Bento admite «várias alterações» para jogo com EUA
    Publicado hoje às 19:55
    «História do jogo ficou definida ao final de 45 minutos», diz Paulo Bento
    Publicado hoje às 19:00

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  114. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (16/6)]

    POLITICA NACIONAL:PROVEDORIA QUEIXA-SE DE FALTAS DE MEIOS!

    Provedor de Justiça defende reforço orçamental que acompanhe aumento de competências (Publicado hoje às 18:20)

    O provedor de Justiça defendeu hoje a necessidade de um reforço orçamental daquele órgão de Estado que acompanhe o aumento de competências, ressalvando que a falta de verba dificulta o trabalho do provedor.

    A ser ouvido na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, na Assembleia da República, para apresentar o relatório de atividades relativo a 2013, José de Faria Costa aproveitou para lembrar que o provedor de Justiça deixou há muito de ser apenas uma cópia do 'Ombudsman' sueco, para passar a ter outras competências.

    A Suécia foi o primeiro país a ter a figura do provedor de Justiça, à qual deu o nome de "Ombudsman', palavra que significa ela própria procurador, provedor, tendo sido criado em 1809.

    Nas palavras de Faria Costa, as competências do provedor de Justiça têm aumentado, "por imposição e vontade deste Parlamento", enquanto a capacidade financeira se mantem.

    «Outro tipo de competências que não foram acompanhadas dos respetivos contrafortes de natureza financeira, o que muito dificulta a atividade do provedor», apontou o provedor de Justiça.

    Faria Costa disse ser «imperioso» que o Parlamento tenha consciência da necessidade de reforço orçamental, lembrando que enquanto provedor de Justiça foi escolhido pelo atual Parlamento e é a ele que responde.

    A propósito da falta de um orçamento que esteja à altura das competências do provedor, Faria Costa revelou que tem «orçamento zero» para as funções que desempenha enquanto mecanismo nacional de prevenção de tortura.

    Desde 20 de maio de 2013 que o provedor de Justiça é também o mecanismo nacional para a prevenção da tortura, no âmbito da Convenção contra a Tortura das Nações Unidas.

    Esta competência obriga o provedor de Justiça a anualmente fazer visitas e inspeções a todos os locais onde haja pessoas detidas, entre prisões e esquadras, e a apresentar um relatório às Nações Unidas.

    Sobre esta matéria, Faria Costa defendeu que se o Estado português assumiu este encargo, então o «provedor de Justiça tem de ter o mínimo de condições para levar a cabo este cargo». (Artigo Parcial)

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  115. CURIOSIDADE:
    URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    http://www.bing.com/search?q=tarouquense&FORM=MSNTLB&PC=MSNTDF&MKT=pt-pt
    1
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCAQFjAA&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=Xr2gU-OKJ-it0QXn4IGICQ&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg&bvm=bv.68911936,d.d2k
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  116. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (16/6)]

    POLITICA NACIONAL/ECONOMIA: CRIAÇÃO DE 400 NOVOS POSTOS DE TRABALHO!

    Governo formaliza apoio a sete projetos avaliados em 400 milhões

    Entre estes projetos, que vão gerar 400 novos postos de trabalho, estão quatro nas áreas do agro-florestal e agro-industrial que Paulo Portas diz pertencerem não ao passado, mas sim ao futuro.

    [Reportagem de José Milheiro com declarações de Paulo Portas na formalização de apoio a estes projetos]

    O Governo quer acertar o relógio do investimento com o apoio do Estado a sete projetos avaliados em 400 milhões de euros e que vão gerar 400 novos postos de trabalho.

    «Os processos negociais têm de ser decididos com tempo, em tempo e a tempo de serem úteis à sociedade», afirmou o vice-primeiro-ministro na formalização do apoio a estes projetos.

    Referindo-se ao maior conjunto de contratos de investimento dos últimos três anos, alguns na área do agro-florestal e agro-industrial, Paulo Portas disse que estas duas áreas «não são passado, são futuro».

    Sobre o novo regime fiscal de apoio ao investimento, disponível dentro de quatro meses, Portas disse que este vai trazer «mais incentivos às empresas que investem, que criam postos de trabalho e que introduzem inovação tecnológica nos seus investimentos».

    Portas indicou ainda que, no que toca às jovens empresas recém-criadas, «teremos um regime de startups que passará a ser parecido, pelo menos, com o melhor e mais competitivo na Europa, que é o do Reino Unido».

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  117. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS(16/6)]

    MUNDIAL/14: SOBRE O PORTUGAL/ALEMANHA MOURINHO DIZ....

    JOSÉ MOURINHO

    "Mentiria se dissesse que esperava ganhar à Alemanha"
    por Octávio Lousada Oliveira

    "Mentiria se dissesse que esperava ganhar à Alemanha"

    Técnico português revela, contudo, "deceção" por um resultado tão negativo da seleção portuguesa e classifica expulsão de Pepe como "uma situação difícil de aceitar".

    José Mourinho não esconde o desapontamento pelo resultado obtido por Portugal diante da Alemanha (4-0) e diz mesmo que o que se passou em campo reflete aquilo que se pode esperar das duas formações no Mundial 2014. Para o Special One, que recuou no tempo para analisar o desempenho de segunda-feira, a equipa das quinas não consegue ganhar aos adversários mais fortes sempre que precisa de o fazer.

    "Se recuarmos um pouco e analisarmos os desempenhos da seleção nas últimas presenças em mundiais e europeus, Portugal não consegue grandes resultados contra as melhores equipas. No último Euro (2012), por exemplo, perdemos com a Espanha. Tudo bem que foi, mas não conseguimos marcar um golo. E, depois, perdemos também com a Alemanha. No Mundial 2010, não marcámos contra o Brasil, nem contra a Espanha", atirou o treinador do Chelsea, numa análise feita ao portal Yahoo Sports.

    E para reforçar a tese Mourinho prosseguiu: "Estaria a mentir se dissesse que estava à espera de ganhar à Alemanha ou que esperava que o Cristiano [Ronaldo] fizesse dois ou três golos. Ainda assim, esperava um jogo mais equilibrado e que refletisse o potencial das duas equipas. 4-0 foi uma deceção."

    Já sobre Pepe, central que orientou no Real Madrid, Mourinho também foi muito duro, em particular no que respeita à expulsão pelo desentendimento com Thomas Müller e ao golo de Mats Hümmels. "Obviamente que o segundo golo foi culpa dele. Estava a marcar à zona, mas não tocou no adversário, deixou-o livre e Hümmels fez o segundo golo. Aí, apareceu a frustração pelo erro apareceu e depois perdeu a cabeça com o Müller. Talvez não merecesse o cartão vermelho, por não ter sido uma agressão clara, mas existiu uma linguagem corporal que forçou o árbitro a expulsá-lo. Foi uma situação difícil de aceitar", criticou.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  118. [TRAZIDO DO FB:JORNAL PÚBLICO]

    POLITICA NACIONAL/EDUCAÇÃO: É POSSÍVEL COMBATER O INSUCESSO E O ABANDONO ESCOLAR?!(eles dizem que sim...)

    ANA DIAS CORDEIRO 17/06/2014 - 20:44

    Os "bons resultados" do programa Mediadores para o Sucesso Escolar, revelados esta terça-feira na Assembleia da República, quiseram mostrar que é mais vantajoso prevenir do que combater o insucesso escolar. Num universo de 13 mil alunos apoiados, mais de 1700 conseguiram passar de ano.

    Nos últimos seis anos, Margarida Brandão conheceu dezenas de alunos no agrupamento de escolas Barbosa du Bocage, de Setúbal. Conheceu-os e acompanhou-os como mediadora no âmbito do projecto lançado pela Associação EPIS – Empresários pela Inclusão Social, criado em 2006 para prevenir o abandono e insucesso escolar.


    A ex-professora de Educação Musical, que antes trabalhava noutra escola, foi uma das pessoas a partilhar o seu testemunho na conferência promovida pela EPIS na Sala do Senado da Assembleia da República, onde foram apresentados os resultados dos Mediadores para o Sucesso Escolar.

    “A Epis criou 1700 novos bons alunos” em 60 municípios portugueses desde que foi lançado em 2007, sintetizou ao PÚBLICO o director-geral da associação, Diogo Simões Pereira. Ou seja, do universo de 13 mil alunos apoiados desde o início, mais 1700 alunos, relativamente àquilo que eram os números antes da intervenção dos mediadores, tiveram aproveitamento escolar e passaram de ano. Em média, todos os anos, a proporção de alunos que passaram de ano aumentou em 12 pontos percentuais.

    Face ao que considera serem os bons resultados do projecto, a associação defende ser altura de o estender a todo o país, com mais mediadores em mais escolas. E essa defesa teve eco entre outros intervenientes.

    “É preciso dar força ao projecto” na Assembleia da República e “vincular os governos a uma agenda de qualificação” dos recursos humanos, disse Celso Manuel Gomes Pereira, presidente da Câmara de Paredes. O concelho já esteve entre os 10 piores em insucesso escolar de todo o país.

    “Esta metodologia devia ser urgentemente alargada a todas as escolas do país, porque resulta”, enfatizou, apelando ao Ministério da Educação para entender a importância desta prática para a redução do insucesso escolar: “Estamos a falar da competitividade do nosso país. E esta mede-se pela formação dos seus recursos humanos.”

    O projecto dispõe hoje de 84 mediadores. Esse número vai duplicar no próximo ano, para cobrir 10% do território nacional, actualmente apenas coberto em 6%. Dos 84 mediadores em funções até agora, 18 foram alocados pelo Ministério da Educação que se comprometeu a disponibilizar mais 50 mediadores no próximo ano.

    Além de autarcas e deputados, na conferência desta terça-feira participaram também representantes de escolas, alunos e pais, e estiveram presentes, os ex-ministros da Educação como Marçal Grilo e Roberto Carneiro, o juiz e presidente da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, Armando Leandro, entre representantes de outras entidades, para ouvir os testemunhos de quem tem a experiência de pessoas directamente envolvidas no projecto.

    Margarida Brandão chegou a ter mais de cem alunos num só ano. A média, no entanto, para um mediador é acompanhar entre 70 a 80 alunos por ano – alunos a quem se dedica 30 minutos de duas em duas semanas, para incutir hábitos de estudo, valores, regras, motivação e dar sentido e um objectivo ao que se faz na escola. “Ao início, resistem um pouco”, conta. “É importante começar por perceber, com eles, por que têm maus resultados.”

    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
  119. (CONTINUAÇÃO)

    [TRAZIDO DO FB:JORNAL PÚBLICO]



    COMBATE AO ABANDONO E INSUCESSO ESCOLAR(cont.)

    Acreditar nas capacidades

    A maioria dos alunos que conheceu apresentava aquele que é o quadro mais frequente em jovens com risco de insucesso ou abandono escolar – “não sabiam estudar ou não acreditavam nas suas capacidades".

    Mas entre os muitos alunos que acompanhou desde o primeiro ano lectivo como mediadora – 2008/2009 – também conheceu jovens que assistiam diariamente a cenas de violência doméstica e outros que deixavam de ter água ou luz em casa porque os pais tinham ficado, ambos, desempregados. “Isso notou-se muito em Setúbal”, diz sobre os anos em que se agravou a crise do país e a situação económica das famílias.

    Para uns como para outros, era preciso um acompanhamento. E para todos eles, os mediadores tentam "diminuir os factores de risco" e "potenciar os factores de protecção". Como aconteceu com Miguel Pereira, de 14 anos, para quem neste ano, passou de uma perspectiva de um chumbo quase certo, com as 5 negativas no 1.º trimestre, para a forte probabilidade de conseguir, afinal, passar para o 9.º ano.

    Ou como João Ramalho, de 18 anos, que na Escola Sebastião da Gama, em Setúbal, com um histórico de quatro anos reprovados, conseguiu provar a professores que é possível inverter percursos. “A minha cabeça mudou”, diz do momento em que passou a ser acompanhado por um mediador, Nuno Palma, que também nesta conferência, considera que casos como o de João Ramalho “podem inspirar os outros mais novos” a melhorar as perspectivas de vida. E conta o caso de uma turma de 22 alunos, com um histórico de 80 retenções (chumbos) entre todos, que alterou completamente a trajectória depois de entrar no projecto. Do conjunto, 21 alunos vão agora transitar para o ensino secundário.

    (ENVIADO POR:A.M.)

    ResponderEliminar
  120. POLITICA NACIONAL:CORTES INCONSTITUCIONAIS

    I-CORTES INCONSTITUCIONAIS: TC RECUSA-SE A FAZER "ACLARAÇÕES" AO ACORDÃO!

    II-CORTES INCONSTITUCIONAIS: GOVERNO FAZ INTERPRETAÇÃO DO ACORDÃO DO TC!

    III-CORTES INCONSTITUCIONAIS: POLITICOS FAZEM CONSIDERAÇÕES À INTERPRETAÇÃO DO GOVERNO AO ACORDÃO DO TC!

    1-BAGÃO FELIX

    Bagão Félix Questão dos subsídios de férias é "tese do absurdo"

    Bagão Félix disse hoje em comentário à SIC Notícias que a discriminação feita entre os funcionários públicos em relação ao pagamento do subsídio de férias se rege por uma “tese do absurdo”, uma vez que “fere o espírito do acórdão, que é de igualdade, equidade e proporcionalidade”.

    [ECONOMIA Questão dos subsídios de férias é tese do absurdo DR
    22:43 - 18 de Junho de 2014 | Por Goreti Pera]

    “A questão orçamental não pode sobrepor-se ao respeito pelas pessoas”, alertou no seu espaço de opinião Bagão Félix, comentando as afirmações de Poiares Maduro, que deu conta que o Estado só vai pagar os subsídios de férias por inteiro aos funcionários públicos que os receberem depois de 31 de maio.

    Na opinião do comentador, a discriminação que é feita entre trabalhadores do Estado é “absurda” e “fere o espírito do acórdão, que é de igualdade, equidade e proporcionalidade”.

    Porém, entende, a questão seria fácil de resolver, “dizendo às pessoas que vão ter 5/12 pelo vencimento antigo e 7/12 pelo rendimento novo”.

    “Com sensatez, salvaguardando os princípios básicos de respeito pelas pessoas, há soluções. Para quê arranjar um problema político, social e sindical?”, questionou, na ‘Edição da Noite’ da SIC Notícias.

    (TRAZIDO DO NOTÍCIAS A MINUTO/ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  121. CORTES INCONSTITUCIONAIS

    I-

    II-???

    III-

    Poiares Maduro Subsídio de férias sem cortes só para quem recebe após 31 de maio

    O Estado só irá pagar os subsídios de férias por inteiro aos funcionários públicos que os receberem depois de 31 de maio, retirando nestes casos os cortes que foram aplicados até ao 'chumbo' do Tribunal Constitucional, disse hoje Poiares Maduro.

    [ECONOMIA Subsídio de férias sem cortes só para quem recebe após 31 de maio Lusa-17:03 - 18 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    Questionado pela decisão do Tribunal Constitucional sobre o pedido de aclaração do Governo, o ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional afirmou aos jornalistas que "o tribunal torna claro que [o acórdão] só se aplica realmente a partir de 31 de maio e quanto àqueles que receberam já subsídios de férias com cortes, não há qualquer alteração a fazer".

    Poiares Maduro sublinhou, aliás, que a decisão de diferenciar os subsídios de férias para diferentes categorias de funcionários públicos, consoante tenham ou não recebido já os subsídios de férias, foi provocada pelo acórdão emitido hoje pelo TC.

    De acordo com o ministro, que falava à saída da assinatura de vários protocolos entre as autoridades portuguesas e chinesas na área cultural e audiovisual, o impacto diferenciado nos subsídios é "consequência da decisão do tribunal constitucional", por considerar que "todo e qualquer efeito [do acórdão] só se produz a partir de 31 de maio".

    O TC considerou hoje que a opção pela restrição de efeitos à data da decisão, 30 de maio, significa por um lado que a sentença não tem efeitos retroativos e, por outro, que os efeitos se produzem a partir do dia imediato, 31 de maio, pela aplicação de um princípio geral de Direito que o Tribunal entendeu "não ser necessário explicitar".

    "Datando o acórdão de 30 de maio de 2014, os efeitos da declaração de inconstitucionalidade produzem-se a partir do dia imediato, por aplicação de um princípio geral de direito - que se entendeu não ser necessário explicitar - segundo o qual no cômputo do termo não se conta o dia em que ocorre o evento a partir do qual ele deve iniciar-se", refere o documento.

    Indicou ainda que não existem ambiguidades ou obscuridades na decisão relativa ao Orçamento do Estado para 2014 e decidiu que não lhe cabe esclarecer as "dúvidas de ordem prática" suscitadas pela Assembleia da República, a pedido do Governo.

    As três medidas declaradas inconstitucionais pelo TC no final de maio, cortes salariais acima dos 675 euros, alteração ao cálculo das pensões de sobrevivência e aplicação de taxas de 5% sobre o subsídio de doença e de 6% sobre o subsídio de desemprego, valem cerca de 1.820 milhões de euros, enquanto as medidas do Orçamento Retificativo de 2014 que os juízes do Palácio Ratton ainda estão a avaliar, como o aumento dos descontos para a ADSE e o alargamento da Contribuição Extraordinária de Solidariedade sobre as pensões, valem 328 milhões de euros.

    (TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO/ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  122. POLITICA NACIONAL:CONTES INCONSTITUCIONAIS

    I-

    II-???

    III-

    SUBSÍDIOS DE FÉRIAS

    Quem já recebeu não vai receber mais

    por Agência Lusa (editado por João Pedro Henriques)

    O Estado só irá pagar os subsídios de férias por inteiro aos funcionários públicos que os receberem depois de 31 de maio, retirando nestes casos os cortes que foram aplicados até ao 'chumbo' do Tribunal Constitucional, disse hoje Poiares Maduro.

    Questionado pela decisão do Tribunal Constitucional sobre o pedido de aclaração do Governo, o ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional afirmou aos jornalistas que "o tribunal torna claro que [o acórdão] só se aplica realmente a partir de 31 de maio e quanto àqueles que receberam já subsídios de férias com cortes, não há qualquer alteração a fazer".

    Miguel Poiares Maduro falava à saída da assinatura de vários protocolos na área cultural e audiovisual, entre autoridades portuguesas e chinesas.

    (TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS/ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  123. POLITICA NACIONAL: CORTES INCONSTITUCIONAIS

    I-???

    II-

    III-

    ACÓRDÃO

    Tribunal Constitucional recusa aclarar chumbo do OE2014
    por JPH

    Por unanimidade, o Tribunal Constitucional (TC) recusou "aclarar" o acórdão que chumbou três normas do OE 2014, pedido que lhe foi feito pelo Governo, através do Parlamento.

    "O acórdão n.º 413/2014 [...] não enferma de qualquer obscuridade ou ambiguidade". lê-se no acórdão, publicado no site do TC.

    Acrescentando que "os esclarecimentos que o requerente pretende obter não derivam de qualquer vício ou deficiência que seja imputável ao acórdão, mas resultam de dúvidas de ordem prática que respeitam ao cumprimento do julgado".

    Pelo que "não cabe ao Tribunal Constitucional esclarecer outros órgãos de soberania sobre os termos em que estes devem exercer as suas competências no plano administrativo ou legislativo".

    O acórdão rejeita ainda o argumento da "cooperação institucional" invocado pela Assembleia da República para os juízes esclarecerem como é que o governo irá repor os salários da Função Pública, tal como decidido no acórdão que chumbou o OE/2014.

    "A pretexto do princípio da cooperação institucional, não é possível ao Tribunal instruir o órgão legislativo ou executivo sobre os termos em que deverá ser dado cumprimento, no plano infraconstitucional, à decisão de inconstitucionalidade, quando essa é matéria da sua exclusiva competência", escreveram os juízes, num acórdão cujo relator, Carlos Cadilha (indicado pelo PS) foi o mesmo do acórdão que chumbou o OE 2014.

    (TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS/ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  124. POLITICA NACIONAL:CORTES INCONSTITUCIONAIS

    I-CORTES INCONSTITUCIONAIS: TC RECUSA-SE A FAZER "ACLARAÇÕES" AO ACORDÃO!

    II-CORTES INCONSTITUCIONAIS: GOVERNO FAZ INTERPRETAÇÃO DO ACORDÃO DO TC!

    III-CORTES INCONSTITUCIONAIS: POLITICOS FAZEM CONSIDERAÇÕES À INTERPRETAÇÃO DO GOVERNO AO ACORDÃO DO TC!

    IV-CORTES INCONSTITUCIONAIS: TC NÃO QUER QUE PONHAM NA SUA BOCA O QUE ELE NÃO DISSE/ESCREVEU!

    Constitucional "Não pode ser retirada qualquer ilação" de recusa de aclaração

    O Tribunal Constitucional (TC) alertou hoje que "não pode ser retirada qualquer ilação" da decisão de indeferir o pedido de aclaração apresentado pelo parlamento após o chumbo de três medidas do Orçamento do Estado de 2014.

    [POLÍTICA Não pode ser retirada qualquer ilação de recusa de aclaração Lusa-20:56 - 18 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    "Em face de afirmações públicas quanto às implicações da decisão do Tribunal Constitucional sobre o pedido de aclaração do Acórdão n.º 413/2014, o Tribunal lembra que tal pedido foi indeferido, pelo que desta decisão não pode ser retirada qualquer outra ilação", pode ler-se em comunicado divulgado pelo gabinete do presidente do TC.

    Em acórdão publicado hoje na página da instituição na internet, o TC considerou não existirem ambiguidades ou obscuridades na decisão conhecida no final de maio pela instituição - que chumba três normas do Orçamento do Estado para 2014, incluindo os cortes dos salários dos funcionários públicos a partir dos 675 euros (sem efeitos retroativos) - e decidiu que não lhe cabe esclarecer as "dúvidas de ordem prática" suscitadas pela Assembleia da República, a pedido do Governo.

    "Os esclarecimentos que o requerente pretende obter não derivam de qualquer vício ou deficiência que seja imputável ao acórdão, mas resultam de dúvidas de ordem prática que respeitam ao cumprimento do julgado", lê-se no acórdão 468/2014, publicado hoje na página do TC.

    Nas conclusões, o TC assinalou que "não cabe ao Tribunal Constitucional esclarecer outros órgãos de soberania sobre os termos em que estes devem exercer as suas competências no plano administrativo ou legislativo".

    Na sequência da divulgação do acórdão, questionado pelos jornalistas sobre o acórdão hoje divulgado, o ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro afirmou que se tornou claro "que [o acórdão] só se aplica realmente a partir de 31 de maio", não havendo "qualquer alteração a fazer" relativamente "àqueles que receberam já subsídios de férias com cortes".

    O líder parlamentar do PSD, por seu turno, sustentou que o Tribunal Constitucional respondeu à dúvida sobre o pagamento dos subsídios de férias e de Natal através de "uma aclaração" que "gera eventuais tratamentos diferenciados, se não mesmo desigualdades".

    "Esta aclaração do Tribunal Constitucional, a nosso ver, gera eventuais tratamentos diferenciados, se não mesmo desigualdades, relativamente nomeadamente ao pagamento do subsídio de férias - mas é a decisão do tribunal. O tribunal explicou o alcance exato da sua decisão e, naturalmente, as consequências que daí advêm são decorrentes dessa mesma decisão", declarou Luís Montenegro aos jornalistas, na Assembleia da República.

    No mesmo sentido, o porta-voz do CDS-PP defendeu que o acórdão do Tribunal Constitucional "deixa muito nítido" que podem existir "soluções diferenciadas" para o pagamento do subsídio de férias.

    "Este acórdão, não se pronunciando sobre a substância do pedido, em todo o caso deixa muito nítido que, do ponto de vista do Tribunal Constitucional, há um antes de 31 de maio e um depois de 31 de maio", afirmou Filipe Lobo D´Ávila aos jornalistas, no parlamento.

    "Desta formulação podem resultar soluções diferenciadas, neste caso o subsídio de férias. Como estamos num Estado de direito, as decisões dos tribunais são para acatar e é isso que faremos", acrescentou.

    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
  125. (CONTINUAÇÃO)

    (CONT.)

    No dia 3 de junho, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, escreveu à presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, a pedir que requeresse ao TC a "clarificação técnica de algumas partes do acórdão", nomeadamente sobre os efeitos no pagamento dos subsídios e se a decisão se aplica a partir de 30 ou 31 de maio.

    O envio do pedido pela Assembleia da República foi aprovado em conferência de líderes no dia seguinte, apenas com os votos da maioria, e sexta-feira, dia 06, em plenário, PSD e CDS-PP rejeitaram os recursos da oposição contra este procedimento.

    Quanto à primeira questão suscitada, a data a partir da qual se aplicariam os efeitos da inconstitucionalidade dos cortes nos vencimentos dos funcionários públicos, o TC considerou que "não enferma de qualquer obscuridade ou ambiguidade".

    O TC explicou ainda assim que a opção pela restrição de efeitos à data da decisão, 30 de maio, significa por um lado que a sentença não tem efeitos retroativos e, por outro, que os efeitos se produzem a partir do dia imediato, 31 de maio, pela aplicação de um princípio geral de Direito que o Tribunal entendeu "não ser necessário explicitar".

    "Datando o acórdão de 30 de maio de 2014, os efeitos da declaração de inconstitucionalidade produzem-se a partir do dia imediato, por aplicação de um princípio geral de direito - que se entendeu não ser necessário explicitar - segundo o qual no cômputo do termo não se conta o dia em que ocorre o evento a partir do qual ele deve iniciar-se", refere o documento.

    Assim, o TC entendeu que os esclarecimentos requeridos "não derivam de qualquer obscuridade ou ambiguidade que o acórdão contenha quanto à limitação dos efeitos da declaração de inconstitucionalidade" mas de "aspetos de ordem prática que respeitam já ao cumprimento do julgado e extravasam o âmbito da atividade jurisdicional do Tribunal".

    (TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO/ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  126. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO (18/6)]

    CRISE NO PS: "SENADORES" VÃO TOMANDO POSIÇÃO PÚBLICAS!(*)

    PS Soares ataca direção e diz que Costa construirá "grande" partido
    O ex-Presidente da República Mário Soares afirmou hoje que apoia a candidatura de António Costa à liderança dos socialistas porque construirá "um grande partido de esquerda" e não um PS "feito com a direita" para ter lugares.

    [POLÍTICA Soares ataca direção e diz que Costa construirá grande partido Lusa-22:45 - 18 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    Mário Soares falava na sessão de apresentação da candidatura do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, à liderança do PS e às eleições primárias para a escolha do candidato socialista a primeiro-ministro.

    Num Teatro Tivoli completamente cheio, António Costa foi recebido em ambiente de euforia por centenas de apoiantes socialistas, entre os quais, na primeira fila, o fundador e primeiro líder do partido, Mário Soares.

    Mário Soares fez depois um ataque cerrado à atual direção do PS, embora sem nunca referir diretamente o nome do secretário-geral, António José Seguro.

    "António Costa vai fazer do PS um grande partido, um partido de esquerda. E não vai ser um PS feito com a direita, só para ter lugares", disse na parte final da sua curta intervenção.

    Logo nas suas primeiras palavras, o antigo chefe de Estado lançou críticas à atual linha dominante do PS, elogiando os socialistas presentes na sessão e, em seguida, sustentando que há muito tempo que não ouvia gritar com punho esquerdo erguido "PS, PS" e que também há muito tempo que não ouvia a palavra "camarada".

    "A palavra camarada foi perdida e até hoje só via gente a tratar de si próprio, o que não posso admitir", afirmou o fundador do PS.

    Mas Mário Soares foi ainda mais longe: "Nestes últimos três anos nunca ouvi falar do PS. Isto acontece porque aqueles que se diziam chefes do PS não têm nada a ver com o PS. É preciso que as coisas mudem - e vão mudar com António Costa, que é do PS desde 14 anos", disse, recebendo uma prolongada ovação.

    Sem citar o nome de António José Seguro, Soares fez ainda a seguinte observação: "Há quem nunca fale do PS, mas ande sempre a dizer que 'vou ser primeiro-ministro, quero ser primeiro-ministro'. É qualquer coisa de estranhíssimo", referiu.

    Antes de Mário Soares, a primeira intervenção da sessão pertenceu a Ferro Rodrigues, que foi secretário-geral do PS entre 2002 e 2004, num discurso em que defendeu que António Costa "é uma esperança" para mudar o curso político "depressivo" em Portugal.

    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
  127. (CONTINUAÇÃO)

    "A esperança está a renascer", gritou Ferro Rodrigues para a plateia, dizendo que "é preciso que cessem os ataques ao Estado social e aos direitos dos trabalhadores".

    "É preciso acabar com a liquidação gradual dos direitos sociais, é preciso acabar com os ataques à escola pública, ao Serviço Nacional de Saúde e à segurança social pública", declarou, numa intervenção em que criticou o posicionamento dos comunistas na história da democracia portuguesa.

    Depois, Ferro Rodrigues deixou um recado ao atual secretário-geral do PS, falando do seu caso pessoal como líder do partido em 2004.

    "É compreensível a mágoa do atual secretário-geral do PS e eu próprio sei que, há dez anos, se em vez de ter 44 por cento obtivesse antes 34 por cento nas europeias, teria de enfrentar desafios internos - e estou certo que não reagiria muito bem. Mas de uma coisa estou certo: Faria tudo para que a crise interna do PS fosse resolvida o mais depressa possível, como é próprio de um partido democrático", declarou o atual vice-presidente da Assembleia da República, levantando a plateia.

    Ferro Rodrigues pediu ainda que todos os socialistas "pensem no dia seguinte a este processo interno que promete ser longo".

    "É preciso sempre manter a dignidade, manter as pontes, a firmeza e a ideia de que vamos sair mais fortes depois deste processo. Não há homens providenciais, mas há homens que são mais importantes que outros em cada momento - e esse é o caso de António Costa", concluiu.

    [TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO/ENVIADO POR:PA/DI]

    ResponderEliminar
  128. CÁ ESTÃO OS "ENDEREÇOS" LONGOS:
    URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    https://www.google.pt/
    2
    http://www.google.pt/url?url=http://taroucando.blogspot.com/&rct=j&frm=1&q=&esrc=s&sa=U&ei=kQCjU8W0GOWY0AWH94GIBA&ved=0CBQQFjAA&sig2=4aT36_tXRa9IIFFnvcRkCA&usg=AFQjCNHLfgB-rmbKY1BoKNj4rnWJEVBSNQ
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  129. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF]

    POLITICA NACIONAL/SAÚDE: ??'

    Diretores clínicos e de departamento do Hospital de S. João demitem-se em bloco

    Publicado hoje às 15:31

    A administração do Centro Hospitalar de São João, no Porto, anunciou hoje todos os dirigentes intermédios daquela estrutura se demitiram, mas não esclarece se ela própria vai abandonar o cargo.

    Em comunicado, o Conselho de Administração do centro hospitalar adianta que «os responsáveis pelas oito unidades intermédias de gestão do Centro Hospitalar de São João (Unidades Autónomas de Gestão de Medicina, de Cirurgia e de Urgência e Medicina Intensiva, Centros Autónomos de Medicina Laboratorial e de Imagiologia, Clínica da Mulher, Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental e Hospital Pediátrico Integrado) e os 58 diretores de Serviços clínicos e não clínicos decidiram, em reunião efetuada na manhã do dia 19 de junho, apresentar o seu pedido de demissão».

    O Conselho de Administração do centro hospitalar diz concordar com as razões apresentadas pelos dirigentes para apresentarem a demissão e manifesta-se «solidário com as suas lideranças intermédias, tendo reportado esta situação à tutela».

    Segundo a administração, as razões desta demissão conjunta relacionam-se com o facto de «a qualidade na prestação de cuidados de saúde à população estar em risco», com «a desvalorização do Centro Hospitalar de São João e da sua missão no contexto da região e do país» e com «a impossibilidade da implementação do desenvolvimento estratégico do Centro Hospitalar de São João».

    É ainda apontado como motivo para a saída em bloco dos dirigentes o «impedimento da ação gestionária do Conselho de Administração e das estruturas intermédias de gestão do Centro Hospitalar, por via da centralização administrativa, no que concerne a políticas de recursos humanos, investimentos, manutenção estrutural, infraestrutural e de equipamentos e compras, que afetará gravemente a prossecução da sua missão e a atividade assistencial, apesar de, reiteradamente, o Centro Hospitalar de São João apresentar resultados económico-financeiros positivos e resultados clínicos e assistenciais ao nível dos melhores da Península Ibérica».

    Relacionados

    PS exige explicações de Paulo Macedo sobre alegadas demissões do Hospital de São João (Publicado hoje às 16:50)

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  130. [TRAZIDO DO FB: CONTA DA TSF (19/6)]

    CRISE NO PS: QUEM APOIA QUEM: ANTÓNIO COSTA CONQUISTA MAIS APOIOS VINDOS DOS SOCIALISTAS HISTÓRICOS!

    Históricos pressionam Seguro

    Publicado hoje às 17:09

    Jorge Sampaio, António Almeida Santos, Manuel Alegre e Vera Jardim apelam a solução rápida para a crise no PS.

    São quatro nomes de peso, quatro históricos, artilharia pesada que vem colocar mais pressão sobre António José Seguro e a direção do PS.

    Jorge Sampaio, Almeida Santos, Manuel Alegre e Vera Jardim defendem que o estado em que está o país exige que o Partido Socialista resolva as questões internas com uma solução mais rápida do que as eleições primárias marcadas para 28 de Setembro.

    Uma solução avançada por Seguro como resposta ao desafio de Costa à liderança do partido, um desafio lançado na sequência dos resultados eleitorais nas Europeias de 25 de Maio.

    Na declaração, a que a TSF teve acesso e que foi divulgada ao início da tarde pelo jornal Público, Sampaio, Alegre, Almeida Santos e Vera Jardim «apelam a que os socialistas não se enganem de adversário e a que o debate se faça num clima de respeito mútuo, como é tradição do PS».

    Os quatro históricos são claros no pedido de urgência. Sublinham que o PS precisa de uma «solução mais rápida e compatível com as urgências do país», e que o debate interno, ainda que desejável, «não pode arrastar-se tanto que suspenda o papel do PS no debate democrático nacional».

    Esta tomada de posição pública, assinada por quatro figuras de peso, defende que «a actual situação interna do PS exige uma rápida clarificação», para que «um excessivo prolongamento não venha prejudicar a responsabilidade nacional do partido e enfraquecer ainda mais» uma democracia já debilitada.

    Declaração dos históricos do PS

    Paulo Tavares

    ARTIGOS RELACCIONADOS:

    PS: Jorge Lacão considera agora ainda mais urgente congresso para mudar estatutos
    Publicado hoje às 07:16
    "Tribunal" do PS: Ninguém está acima dos estatutos
    Publicado hoje às 06:39
    PS: FAUL aprova diretas para a escolha do líder e congresso extraordinário
    Publicado ontem às 06:31
    PS: António Costa reafirma que não vai «perder tempo» a responder «a ataques pessoais»
    Publicado a 15 JUN 14 às 16:02
    Seguro critica avanço de Costa quando PS tinha quase a certeza que ganharia legislativas
    Publicado a 14 JUN 14 às 21:29

    NB:VER O ÚLTIMO PONTO DE SITUAÇÃO NO POST 61: "SENADORES" COMEÇAM A TOMAR POSIÇÃO"

    ResponderEliminar
  131. [TRAZIDO DO NOTÍCIAS AI MINUTO(19/6)]

    CORTES INCONSTITUCIONAIS:O QUE TEM A DIZER SOBRE ISTO?(uns sim, outros não e outros talvez...)


    CORTES INCONSTITUCIONAIS: GOVERNO EMITE COMUNICADO A "ACLARAR" A SUA POSIÇÃO RELATIVAMENTE AO ASSUNTO!

    «Função Pública Governo recua e decide pagar subsídio de férias por inteiro

    A Presidência do Conselho de Ministros emitiu esta quinta-feira um comunicado no qual esclarece que vai repor na totalidade o subsídio de férias aos funcionários públicos que já receberam.

    [ECONOMIA Governo recua e decide pagar subsídio de férias por inteiro DR-14:56 - 19 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    O Governo vai pagar o subsídio de férias por inteiro aos funcionários públicos. A informação foi avançada esta quinta-feira numa nota emitida pela Presidência do Conselho de Ministros.

    De acordo com o comunicado, “quanto aos sujeitos ao regime da Função Pública, todos receberão o subsídio de férias correspondente ao montante da remuneração devida em junho (sem reduções salariais)”.

    "Os funcionários que optaram por receber parte do seu subsídio de férias em duodécimos, o acerto será realizado logo que possível. Já quanto aos trabalhadores do sector empresarial do Estado o montante do subsídio dependerá do regime aplicável na empresa, no respeito pelos instrumentos da contratação coletiva internos que vigorem”, lê-se no documento.

    O Governo refere também que “na Função Pública, o montante do subsídio de férias é legalmente determinado por referência ao mês de junho, enquanto no sector empresarial do Estado a constituição e vencimento do subsídio de férias varia entre empresas dependendo, designadamente, da contratação coletiva”.

    Em termos práticos, destaca o comunicado, “a situação resultante dos efeitos ex nunc (apenas para o futuro) do Acórdão assemelha-se assim à ocorrência de um aumento salarial a 31 de maio”.

    “Esse aumento aplica-se para o futuro, alterando assim as remunerações a vencer, sem alterar o já pago, podendo daí decorrer resultados diferenciados em função dos diferentes regimes a que os trabalhadores estejam sujeitos”, conclui o Executivo.»

    ARTIGOS RELACIONADOS (IN NOTÍCIAS AO MINUTO):

    Subsídio de férias sem cortes só para quem recebe após 31 de maio

    Chumbo do Ratton 'safa' quem ainda não recebeu subsídio

    Tribunais vão obrigar Governo a pagar a todos subsídio de férias por inteiro
    PUB

    (SAIBA MAIS NOS POSTES:12-59-60)

    ResponderEliminar
  132. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(19/6)]

    FAMILIA SOCIALISTAS: FEZ UM "INTERVALO" PRA FALAR DAS PRESIDENCIAIS!

    DEPOIS DOS SOCIALISTAS SUGERIREM O NOME DE ANTÓNIO GUTERRES PRA BELÉM, LOGO SURGIRAM REAÇÕES: AQUI FICAM ALGUMAS!

    «PS Isabel Moreira critica Guterres e abre 'guerra' no Facebook

    As memórias remontam a 1998 mas Isabel Moreira quis trazê-las de volta.

    A deputada do Partido Socialista (PS) escreveu no Facebook que não vê “Guterres como um bom candidato presidencial apoiado pelo PS”, uma vez que o antigo primeiro-ministro aliou-se ao PSD – na altura liderado por Marcelo Rebelo de Sousa – para a realização de um referendo à despenalização do aborto. A publicação teve direito a resposta por parte de Eurico Brilhante Dias, Filipe Neto Brandão e mais uma centena de portugueses.

    “Não tenho Guterres como um bom candidato presidencial apoiado pelo PS, no seio do qual alguns sublinham o "enorme prestígio internacional " do putativo candidato. Seja. Mas eu sou socialista. De esquerda, portanto. Não me esqueço de anos de dignidade das mulheres adiada à conta do acordo que Guterres fez com a direita que substituiu uma votação vitoriosa na AR [Assembleia da República] por um referendo tristemente fatal e irreversível para muitas mulheres . Não esqueço a resistência de Guterres a direitos básicos de homossexuais , os quais mereceram a qualificação de uma questão a colocar à esposa , psiquiatra. Uma pessoa de esquerda pode apoiar Guterres? Eu penso que não.”

    Foi com estas palavras que Isabel Moreira, no Facebook, mostrou o seu desagrado com uma possível candidatura de António Guterres a Belém.

    Em causa está a aliança do PS e do PSD que possibilitou a realização de um referendo à despenalização do aborto.

    Conhecida por defender as causas LGTB (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transsexuais), a deputada abriu uma ‘guerra’ de opiniões na rede social. Com mais de 36 partilhas, o texto de Isabel Moreira contou com mais de 290 gostos e uma centena de comentários.

    Entres eles, o de Eurico Brilhante Dias. O membro do Secretariado Nacional do PS escreveu que “Guterres é um dos nossos melhores. Há quem queira ver o passado só a partir de agora?”, cita o Diário de Notícias.

    Um outro, teve a assinatura de Filipe Neto Brandão, que escreveu: “Isabel, com franqueza, a menos que não consideres o PS um partido de esquerda, a pergunta que colocas não faz sentido nenhum. É evidente que uma pessoa de esquerda pode apoiar o ex-Secretário-Geral do PS [António Guterres]. E se vier a ser candidato - questão que é ainda extemporânea - eu diria até que não só pode como deve”.

    No meio de tantos comentários, alguns a criticar a postura da deputada por intensificar ainda mais a crise de opiniões que se vive no PS, Isabel Moreira disse que é “bom” haver opiniões divergentes”.

    “Esta é a minha posição e só a mim me vincula, como é uso no face [Facebook]. Claro que outro ou outra socialista ou mesmo o PS podem ter posições opostas à minha. É a vida”, lê-se na rede social.

    Leia também:Socialistas católicos querem Guterres como Presidente»


    NB:AO QUE PARECE O PS "NUM" SE IMPORTA DE FALAR DAS AUTÁRQUICAS/13, DAS EUROPEIAS/14 OU DAS PRESIDENCIAIS PREVISTAS PRA 2016:O QUE ELES, APARENTEMENTE "NUM" GOSTAM DE FALAR É DAS LEGISLATIVAS: ANTES OU DEPOIS DO VERÃO, M/SENHORES?!

    ResponderEliminar
  133. EDUCAÇÃO/CONCURSO JN/STAPLES

    REGULAMENTO

    Regulamento
    Publicado em 2014-05-30

    1. A "Global Notícias, Publicações, S.A.", através da sua publicação Jornal de Notícias, organiza uma iniciativa denominada "REGRESSO ÀS AULAS".


    2. Esta iniciativa destina-se a todos os pais de crianças entre os 7 e os 11 anos de idade, que sejam maiores de 18 anos.

    3. A iniciativa "REGRESSO ÀS AULAS" é promovida pelo "Jornal de Notícias" e visa a atribuição de 10 vales de 500euro oferecidos pela Staples.

    4. Esta iniciativa terá a seguinte duração:

    a. Envio das candidaturas até 25 de julho de 2014;

    b. Seleção das candidaturas de 28 julho a 1 de agosto de 2014;

    c. Os 10 premiados serão divulgados dia 10 de agosto de 2014;

    d. Acompanhamento trimestral das crianças selecionadas (até ao final do ano letivo 2014/2015).

    5. A participação nesta ação pressupõe o envio do comprovativo de rendimentos da Junta de Freguesia à qual pertencem os participantes, bem como o comprovativo de rendimento escolar das crianças, devendo os filhos dos participantes frequentar o 1.º e 2.º ciclos (1.º, 2.º, 3.º, 4.º, 5.º e 6.º anos) relativo ao ano letivo 2013/2014 para a seguinte morada: Edifício Jornal de Notícias, Direção de Marketing, Rua Gonçalo Cristóvão, 195, 4049-011 Porto ou para o endereço de email mailto:marketing.jn@jn.pt, conforme indicado no anúncio da presente ação que será publicada no JN, DN, O JOGO, quer em papel quer on-line e na TSF - rádio e online.

    6. A escolha das 10 crianças premiadas será feita por um júri composto pela Staples e Jornal de Notícias, visando premiar os alunos com as melhores notas inseridos em agregados familiares que apresentem baixo rendimento económico.

    7. Os vales da Staples têm que ser utilizados numa única compra de valor igual ou superior ao valor nominal do vale (500euro). Podem ser utilizados na compra de quaisquer produtos comercializados nas lojas Staples (à exceção de cheques-brinde) e não são convertíveis em dinheiro. A ida à loja para desconto do vale será agendada pela Global Notícias e a respetiva reportagem publicad a no Jornal de Notícias ou em qualquer outra publicação da Global Notícias, Publicações S.A., quer em papel, quer online, bem como nas respetivas redes sociais.

    (CONTINUA)

    8. A Global Notícias, Publicações S.A. reserva-se o direito de publicar o nome, sobrenome, idade e cidade em legenda às fotografias e vídeos das crianças vencedoras para efeitos de conteúdo editorial ou promocional relacionado com a presente iniciativa, sem que por isso tenham direito a qualquer compensação.

    CONTINUA

    ResponderEliminar
  134. QUEM NOS VISITA:

    URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    https://www.google.pt/
    3
    http://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=4&ved=0CDcQFjAD&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F2014%2F06%2F29politica-localreuniao-de-trabalho-pra.html&ei=7DOkU6fZBOvs0gXDjYAg&usg=AFQjCNF7b-Htt6Re443X5HxPGVGSGV0bVw&sig2=OSW3Tt00o0Idw1mTrnwOUg&bvm=bv.69411363,d.d2k
    1
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=1&sqi=2&ved=0CB4QFjAA&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=MC2kU9q0M4XY7Ab02IDQCA&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg&bvm=bv.69411363,d.ZGU
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  135. TEXTO DO POST 67: ALGUMAS ACTIVIDADES PREVISTAS PRÓS PRÓXIMOS 5 DIAS:

    ResponderEliminar

  136. Esta página Web não está disponível

    Menos
    A página Web em http://taroucando.blogspot.pt/2014/06/2-diversos-de-junho2014pergunte-informe.html poderá estar temporariamente inactiva ou poderá ter sido movida permanentemente para um novo endereço Web.
    Código de erro: ERR_INVALID_ARGUMENT

    ResponderEliminar
  137. TRAZIDO DA CONBTA DA TSF

    POLITICA NACIONAL

    Ordem dá instruções a médicos de família para não fazerem medicina do trabalho

    Publicado hoje às 17:44

    A Ordem dos Médicos vai dar instruções aos clínicos para se recusarem a realizar consultas de medicina do trabalho, conforme está determinado num diploma que entra em vigor no domingo.

    «A portaria não é cumprível e não vai ser aplicada. É mais uma das várias iniciativas legislativas do Ministério da Saúde que não vão ser aplicadas», disse à Lusa o bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva.

    O responsável adiantou mesmo que «a Ordem dos Médicos vai dar indicações no sentido de não cumprirem e não se sentirem coagidos a fazê-lo».

    Uma portaria publicada no mês passado, e que entra em vigor no dia 22, regula a possibilidade de a promoção e vigilância da saúde a determinados grupos de trabalhadores - independentes, de serviço doméstico, agrícolas sazonais, aprendizes de artesãos, pescadores e funcionários de microempresas - poder ser assegurada através de unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

    Relacionados

    Medicina no Trabalho: Associação diz que setor vai assistir a fecho de perto de 300 empresas

    Publicado hoje às 09:06

    ENVIADO POR PA/DI

    ATENCAO ALGUNS SIMBOLOS TROCARAM DE TECLA!

    ResponderEliminar
  138. URLs de referência

    Entrada Visualizações de páginas
    https://webchat.freenode.net/?channels=%23%23dedicatedpool
    2
    http://www.google.com.cu/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CBwQFjAA&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F2013%2F10%2F1diversos-de-outubropergunte-informe.html&ei=08OkU_6WJJCnyAT49YGoBQ&usg=AFQjCNG-0G8ItWkQdBMlYT_h63tYIMTFGg&bvm=bv.69411363,d.aWw
    1
    Sites de referência

    ....

    ResponderEliminar
  139. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(21/6)]

    NO PS MEDE-SE A FORÇA DAS IDEIAS OU A MUSCULATURA?!(crise no ps)

    Braga Reunião entre socialistas acaba em confrontos físicos

    As divisões dentro do Partido Socialista, que se tornaram públicas desde que António Costa se mostrou “disponível” para liderar o PS alcançaram, na quinta-feira à noite, novos contornos. Uma reunião entre socialistas na federação do PS de Braga terminou em confrontos físicos, escreve o jornal i.

    [POLÍTICA Reunião entre socialistas acaba em confrontos físicos DR
    15:36 - 21 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    A federação do PS de Braga reuniu, na quinta-feira à noite, os seus militantes para discutir a questão das eleições primárias e do congresso no partido.

    Segundo o jornal i tudo “corria bem” até ao momento em que o deputado João Galamba publicou na sua página oficial do Twitter os resultados de uma votação que não tinha sequer acontecido.

    “Agora, sim: CPD de Braga aprovou moção que defende congresso. 43 votos a favor e 2 contra. 26 abandonaram a sala”, escreveu o deputado.

    No entanto, nenhuma votação tinha tido então lugar na federação bracarense.

    “Isto é uma tentativa de instrumentalizar a distrital de Braga através de Lisboa”, disse ao jornal i Fernando Moniz, presidente da federação.

    Foi então depois da mensagem de João Galamba que a confusão se instalou na sala e dois militantes se envolveram em confrontos.

    Carlos Mendes, funcionário do partido, acusa o ex-líder da federação de Braga, Joaquim Barreto de o agredir fisicamente.

    “Lançou-me as mãos ao pescoço, mas não fiquei com ferimentos. Não sei o que teria acontecido se outras pessoas não estivessem ainda na sala”, contou Carlos Mendes que vai apresentar uma queixa por “tentativa de agressão e danos morais” contra Barreto.

    Já hoje, o Partido Socialista enviou um comunicado às redações onde afirmou ter tido conhecimento “de alegadas agressões físicas a um funcionário no interior do edifício sede da Federação Distrital do Partido Socialista de Braga, razão pela qual mandatou o Gabinete Jurídico e Contencioso para, nos termos da lei, instaurar o correspondente processo de averiguações interno, por forma a apurar a veracidade dos factos e os seus responsáveis”.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  140. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(21/6)]

    POLITICA NACIONAL: ALGUNS SUPLEMENTOS EXISTENTES NA FP!(tabela única)

    Governo Função Pública usufrui de quase 300 subsídios

    A tabela de suplementos remuneratórios dos funcionários públicos é bem mais vasta do que o imaginado. Segundo o Expresso, são 280 os suplementos salariais que o Executivo quer agora clarificar e racionalizar, mas a escolha não será fácil. Em alguns dos casos, a título de exemplo, o funcionário é pago para tocar o sino, enfrentar o mar ou para garantir a redução do preço dos comboios.

    [ECONOMIA Função Pública usufrui de quase 300 subsídios DR
    09:00 - 21 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    O Governo paga aos funcionários públicos para tocar o sino ou enfrentar o mar. Estes são apenas dois exemplos dos 280 suplementos salariais que os funcionários públicos usufruem. A lista chega a ser caricata mas, revela o Expresso, a fatura acaba por ser bem pesada: 700 milhões de euros por ano.

    O Governo pretende clarificar, racionalizar e compactar os quase 300 suplementos remuneratórios que todos os meses a Função Pública recebe. A tarefa até poderia ser simples, não fosse o facto de serem muitos e muito estranhos.

    O Expresso revela esta semana alguns dos suplementos pagos. Uns existem para gratificar “tratador de canídeos ou de solípedes” (Ministério da Administração Interna - MAI), outros servem para pagar a pessoa responsável pelo “toque de sino nas cerimónias” e pela colocação da bandeira nacional (Ministério da Educação e da Ciência) e ainda mais um para garantir a “redução do preço dos comboios” (Ministério da Justiça), este pago a 5.234 funcionários. Contudo, existe ainda um suplemento salarial que diz respeito ao subsídio de isolamento, aplicado a 179 funcionários do Ministério das Finanças.

    No Ministério da Solidariedade e Segurança Social há um suplemento salarial de “colónia de férias”, usufruído por 798 benificiários. No Ministério do Mar, por exemplo, é pago a 12 funcionários um “subsídio de gases e do mar”, com um custo anual de mais de 13 mil euros.

    O MAI é o ministério que mais suplementos paga. Mensalmente são 53, quase tantos como aqueles que apenas cinco funcionários no país recebem (52). De acordo com a publicação, existe quase um quarto das carreiras do Estado que usufruem de mais de cinco suplementos todos os meses.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  141. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO (21/6)]

    DESERTIFICAÇÃO/EDUCAÇÃO: VÃO ENCERRAR MAIS DE 300 ESCOLAS!(politica nacional)

    Educação Anunciado encerramento de 311 escolas no próximo ano letivo

    O Ministério da Educação e Ciência anunciou hoje que vai fechar 311 escolas do 1.º ciclo do Ensino Básico e integrá-las em centros escolares ou outros estabelecimentos de ensino, no âmbito do processo de reorganização da rede escolar.

    [PAÍS Anunciado encerramento de 311 escolas no próximo ano letivo Lusa
    19:30 - 21 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    "O novo ano letivo terá início em infraestruturas com recursos que oferecem melhores condições para o sucesso escolar. [Os alunos] estarão integrados em turmas compostas por colegas da mesma idade, terão acesso a recursos mais variados, como bibliotecas e recintos apropriados a atividades físicas e participação em ofertas de escola mais diversificadas", refere a tutela num comunicado emitido esta tarde.

    Segundo a nota, a Secretaria de Estado do Ensino e Administração Escolar concluiu sexta-feira mais uma fase da reorganização da rede escolar, "processo iniciado há cerca de 10 anos e continuado por este Governo desde o ano letivo de 2011/2012, com bom senso e um olhar particular relativamente às características de contexto".

    "A definição da rede escolar do 1.º ciclo tem em conta a existência de alternativas com melhor qualidade para o ensino e a prática pedagógica, e salvaguarda condições como a distância para a escola de destino e tempo de percurso, as condições da escola de acolhimento, o transporte e as refeições", argumenta a tutela.

    No comunicado, o Ministério da Educação e Ciência salienta ainda que o processo foi realizado em articulação com as câmaras municipais, diretores de serviço regionais, gabinete do secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar e a Associação Nacional de Municípios.

    "Conforme acordado na última destas reuniões, está neste momento a ser negociado um novo protocolo que dê continuidade ao compromisso estabelecido em 2010, prossiga os trabalhos de concentração de escolas e respeite os princípios estabelecidos", lê-se ainda no documento.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  142. [TRAZIDO DO FB:DIÁRIO DE NOTÍCIAS (22/6)]

    CRISE NO PS: A "LUTA" (DE GALOS) VAI DURAR ATÉ 28 DE SETEMBRO!

    CRISE NO PS: ANTÓNIO COSTA É INSULTADO POR APOIANTE DE ANTÓNIO SEGURO!

    COMISSÃO NACIONAL
    Confusão e insultos à saída de António Costa
    por Miguel MarujoHoje75 comentários

    Confusão e insultos à saída de António Costa
    Fotografia © Leonel de Castro - Global Imagens
    No final da reunião, em Ermesinde, António José Seguro pediu que o PS se concentre no essencial. E foi aplaudido. Já o autarca de Lisboa foi insultado. "Vai-te embora", "traidor", "borra-botas".
    Foi um final de reunião, em Ermesinde, muito tenso. Longe do ambiente quase exclusivo da anterior Comissão Nacional do PS - que decorreu num hotel no Vimeiro (Torres Vedras), onde os socialistas se cruzaram apenas com os hóspedes desse hotel - a reunião no Fórum Cultural desta freguesia de Valongo (Porto) proporcionou a presença de muitos populares, ao longo das cerca de cinco horas do encontro.
    O ambiente foi claramente hostil ao presidente da Câmara de Lisboa, com esses populares (uma dúzia) a insultarem António Costa, no meio de muitos empurrões. "Vai-te embora", "traidor", "borra-botas", "oportunista", foram alguns dos mimos que o socialista ouviu. Antes este grupo tinha aplaudido António José Seguro.
    O secretário-geral do PS tinha saído um pouco antes para pedir que "o partido se deve concentrar no essencial", para sublinhar que o partido deve agora partir para "o debate de propostas diferentes" a apresentar aos portugueses, com o horizonte das eleições primárias de 28 de setembro. E Seguro deixou um apelo a que fiquem de lado as "questões estatutárias" e os "rodriguinhos".
    António Costa, que apresentou na reunião os nomes de Jorge Coelho e António Vitorino para a comissão organizadora e para a comissão de fiscalização dessas primárias, confirmou que falou "com eles" antes de avançar com a sugestão dos nomes. "O processo tem de estar acima de qualquer suspeita", sublinhou.
    Na reunião desta Comissão Nacional foi aprovada - com 138 votos a favor, 86 contra e 5 abstenções - a proposta do Secretariado Nacional do PS (apoiada por Seguro) para a realização de congressos federativos a 5 ou 6 de setembro, sendo rejeitada a data alternativa de 25 de outubro, que os apoiantes de Costa tinham colocado na mesa.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    NB/PERGUNTA: A DATA ALTERNATIVA FOI 25/OUTUIBRO OU 15 DE SETEMBRO????

    ResponderEliminar
  143. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF (22/6)]

    CRISE NO PS: A "LUTA" (DE GALOS) VAI DURAR ATÉ 28 DE SETEMBRO!

    CRISE NO PS: ANTÓNIO COSTA É INSULTADO POR APOIANTE DE ANTÓNIO SEGURO!

    «Tensão e gritos de populares contra António Costa no final da Comissão Nacional (Publicado hoje às 16:44)

    O dirigente socialista António Costa saiu hoje da Comissão Nacional do PS num ambiente de grande confusão e tensão, recebendo algumas palmas, mas com uma dezena de populares a mandarem-no para Lisboa e a gritarem "Seguro".

    Em Ermesinde, concelho de Valongo, concentraram-se várias dezenas de pessoas à porta do Centro Cultural do município, onde decorreu a Comissão Nacional do PS.

    A maioria dos populares começou primeiro por aplaudir o secretário-geral do PS, António José Seguro, quando saiu da reunião da Comissão Nacional.

    Tensão e gritos de populares contra António Costa no final da Comissão Nacional

    Dois ou três minutos depois, foi a vez de António Costa abandonar o edifício e começar a prestar declarações aos jornalistas.

    António Costa recebeu então algumas palmas, mas cinco mulheres iniciaram um coro de protestos contra o autarca de Lisboa, começando logo a chamar-lhe "borra-botas" e "vai-te embora", atitude que foi seguida por outras pessoas.

    Ouviam-se também gritos "Seguro, Seguro" ou "traidor, traidor", enquanto alguns dirigentes socialistas apoiantes de Costa tentavam acalmar os populares que se insurgiam contra o presidente da Câmara de Lisboa.

    António Costa prestou declarações aos jornalistas, tentando ignorar o ambiente de confusão que o rodeava e que foi inédito em reuniões internas socialistas.

    Artigo Parcial

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  144. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(23/6)]

    MUNDIAL/14:???

    Twitter Rihanna deixa mensagem de apoio a Ronaldo e Varela

    Portugal defrontou ontem os Estados Unidos num jogo que fez sofrer milhões de portugueses, mas não só. A cantora Rihanna, amiga de Cristiano Ronaldo, foi uma atenta espetadora que seguiu as incidências da partida e, no final, deixou uma mensagem de apreço a Cristiano Ronaldo e a Varela.

    [FAMA Rihanna deixa mensagem de apoio a Ronaldo e Varela Twitter/Rihanna-18:17 - 23 de Junho de 2014 | Por Notícias Ao Minuto]

    Na semana passada, quando Portugal foi goleado pela Alemanha, a cantora Rihanna mostrou a sua tristeza através de comentários na sua página do Twitter, tendo apelidade o internacional português de "Baby Ronaldo".

    Ontem, voltou a demonstrar o interesse pela seleção portuguesa.

    “Isto vai ser bom #FIFA”, escreveu a cantora antes do início da partida. Ao longo dos 90 minutos de jogo, Rihanna manteve-se em silêncio, mas no final, após o golo de Varela que salvou a equipa das ‘quinas’ de mais uma derrota, a cantora mostrou o quão sofreu com o jogo.

    “Whew!!! É a primeira vez que respiro nos últimos 95 minutos. Obrigado Ronaldo por aquele passe doce! E OBRIGADA Valera (Varela) pela tua execução precisa!!!”, escreveu Rihanna, mostrando o seu apoio aos portugueses e, em especial, a Cristiano Ronaldo.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  145. [TRAZIDO DO FB: SITE DA TSF (23/6)]

    CRISE NO PS:MANUEL ALEGRE FICOU MUITO PREOCUPADO COM OS INCIDENTES EM ERMESINDE!

    PS: Alegre considera «intoleráveis» os «incidentes» de Ermesinde e exige intervenção imediata

    Publicado hoje às 14:08

    O ex-candidato presidencial Manuel Alegre classificou hoje como intolerável o clima de tensão registado no domingo, em Ermesinde (Valongo), quando o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, saiu da reunião da Comissão Nacional do PS.

    Durante a Comissão Nacional do PS, dezenas de populares concentraram-se à porta da reunião e, no final, aplaudiram o secretário-geral do PS, António José Seguro, e alguns deles insultaram depois António Costa, chamando-lhe «traidor», «oportunista», «borra-botas» e mandando-o de volta para Lisboa.
    «Esses incidentes são intoleráveis e não podem voltar a repetir-se. Tenho informações de que grande parte é militante do PS, o que exige uma intervenção imediata dos órgãos do partido», declarou Manuel Alegre à agência Lusa.

    O "histórico" dirigente socialista sustentou depois que «este tipo de fenómenos», como aquele que ocorreu em Ermesinde, no domingo, «resolvem-se à nascença sob pena de a situação ficar incontrolável».

    «O PS é um partido democrático, onde não há lugar para arruaceiros. As responsabilidades nacionais do partido exigem um clima de serenidade e de respeito mútuo. Se o PS não souber resolver democraticamente os seus problemas internos corre o risco de perder o país», avisou ainda Manuel Alegre.

    A TSF contactou Manuel Alegre que prefere não dizer mais nada, ficando agora à espera da reação do partido à exigência de uma intervenção imediata para evitar que o caso se repita.

    Contactámos também Jorge Coelho, um dos nomes, a par de António Vitorino, sugerido por António Costa para a organização das primárias. Jorge coelho diz que não quer comentar a situação atual do PS. Tentámos também falar com António Vitorino, mas sem sucesso .

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LEVADOS PRÓS COMENTÁRIOS DO POST 63 E DEPOIS TRANSFORMADO NO POST?

      Eliminar
  146. [TRAZIDO DO FB:NOTÍCIAS AO MINUTO(23/6)]

    IDOSA ESPANCADA NUM LAR:O QUE TEM A DIZER SOBRE ISTO?!

    Vídeo Funcionário de lar preso por maltratar idosa

    Um funcionário de um lar inglês foi preso e outros dois foram condenados a trabalho comunitário depois de terem sido apanhados em vídeo a maltratar uma idosa de 79 anos que sofre de deficiência mental, avança o The Mirror.

    [21:00 - 23 de Junho de 2014 | Por Notícias ao Minuto]

    Gladys Wright, de 79 anos, sofre de deficiência mental e estava internada no lar Cranary, na região de North Sommerset, em Inglaterra. Quando o filho decidiu colocar uma câmara de filmar no quarto da mãe teve uma surpresa desagradável.

    Nas imagens, Gladys era colocada à força na cama ao mesmo tempo que era insultada pelos funcionários Daniel Baynes, Tomasz Gidaszewski e Janusz Salnikow. No vídeo ouvem-se os insultos por parte dos três homens.

    Um deles até tenta forçar a idosa a abrir os olhos enquanto outro dos colegas a empurra violentamente para a cama, noticia o The Mirror.

    O filho de Gladys entregou imediatamente o vídeo à polícia e os três homens ficaram com os empregos suspensos, na altura em que as provas surgiram, em dezembro de 2012. Posteriormente, um deles ficou detido e os outros dois receberam penas de serviço comunitário.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  147. TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO

    Vídeo Funcionário de lar preso por maltratar idosa

    Um funcionário de um lar inglês foi preso e outros dois foram condenados a trabalho comunitário depois de terem sido apanhados em vídeo a maltratar uma idosa de 79 anos que sofre de deficiência mental, avança o The Mirror.

    21:00 - 23 de Junho de 2014 | Por Notícias ao Minuto
    TweetShare on printShare on email

    Gladys Wright, de 79 anos, sofre de deficiência mental e estava internada no lar Cranary, na região de North Sommerset, em Inglaterra. Quando o filho decidiu colocar uma câmara de filmar no quarto da mãe teve uma surpresa desagradável.

    PUB

    Nas imagens, Gladys era colocada à força na cama ao mesmo tempo que era insultada pelos funcionários Daniel Baynes, Tomasz Gidaszewski e Janusz Salnikow. No vídeo ouvem-se os insultos por parte dos três homens.

    Um deles até tenta forçar a idosa a abrir os olhos enquanto outro dos colegas a empurra violentamente para a cama, noticia o The Mirror.

    O filho de Gladys entregou imediatamente o vídeo à polícia e os três homens ficaram com os empregos suspensos, na altura em que as provas surgiram, em dezembro de 2012. Posteriormente, um deles ficou detido e os outros dois receberam penas de serviço comunitário.

    ENVIADO POR:Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  148. TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO

    Conferência Pinto Balsemão defende reflexão sobre o estado da democracia
    O ex-primeiro-ministro Francisco Pinto Balsemão defendeu hoje, na conferência Estoril Political Forum, a necessidade de uma reflexão urgente sobre o estado da democracia a nível global.
    PAÍS Pinto Balsemão defende reflexão sobre o estado da democracia

    22:03 - 23 de Junho de 2014 | Por Lusa
    Share on printShare on email

    "Em 2014, a questão que se levanta é saber se - tendo presente a relevância qualitativa, de alguns dados novos, como a existência de três mil milhões de utilizadores da internet, dos quais dois terços vivem nos países em desenvolvimento, ou a ocorrência de revoluções de aparente sentido libertador, como as da primavera Árabe - estaremos perante uma terceira vaga de democratização ou se, pelo contrário, deveremos reconsiderar a existência dessa terceira vaga e temer um retrocesso da democratização", questionou Pinto Balsemão.

    PUB

    O ex-primeiro-ministro, que participou nos trabalhos do primeiro dia do Estoril Political Forum 2014, afirmou que na Europa e nos Estados Unidos há "claras manchas de desassossego" com o aparecimento de partidos ou "grupos dificilmente catalogáveis" como de direita ou esquerda clássica, referindo-se aos resultados das últimas eleições europeias e nacionais.

    "Pouco haverá de comum entre o Cinco Estrelas de Beppe Grillo (Itália) e o UKIP (Reino Unido) ou entre o Podemos de Pablo Iglesias (Espanha) e o Front Nacional de Marine Le Pen (França), mas todos eles são sintomas de uma inquietação social e cultural que põe em risco a democracia e as regras até aqui aceites para que esta funcione", disse Balsemão, sublinhando também o alheamento dos cidadãos traduzido nos elevados números da abstenção eleitoral.

    Para demonstrar que não há "uma terceira vaga de democratização" Balsemão usou como argumento a aceleração da revolução digital, que pode vir a ter como efeito um "pior" funcionamento da democracia de padrão ocidental.

    Se, por um lado, apontou a questão ainda sem resposta sobre o alcance das redes sociais cada vez mais implementadas nas sociedades democráticas, Balsemão concluiu, por outro, que os poderes tradicionais não querem adaptar-se às mudanças que a tecnologia veio provocar.

    "Os poderes democráticos tradicionais são conservadores, não querem mudar porque têm medo de perder o poder, não prestam a atenção devida e não percebem que, se a sociedade se organiza em rede, também a democracia tem de funcionar em rede. A incapacidade de estruturar a União Europeia adequando-a às realidades da globalização é um exemplo desse pernicioso, para não dizer fatal, conservadorismo", disse Balsemão.

    Para o ex-primeiro-ministro, são igualmente preocupantes os sistemas de vigilância a nível global, como o da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, denunciado em 2013 pelo norte-americano Edward Snowden e que põe em perigo as liberdades e a democracia.

    "Há conversas que já não temos, por medo de estarmos a ser escutados, há prosas que já não escrevemos, por medo de sermos lidos, há sítios onde já não vamos, por medo de sermos filmados", alertou Balsemão, condenando os sistemas de vigilância apoiados nas novas tecnologias.

    O Estoril Political Forum 2014, organizado pelo Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa, decorre até quarta-feira, e tem como lema as quatro décadas da revolução portuguesa (1974) e os 25 anos da queda do Muro de Berlim.

    ENVIADO POR: Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  149. TRAZIDO DO JORNAL DE NOTÍCIAS

    EURO/2014

    As contas de Portugal para se apurar
    Publicado às 02.04

    A seleção portuguesa de futebol está obrigada a vencer o Gana, na quinta-feira, para ter hipóteses de se qualificar para os oitavos de final do Mundial2014, mas já não depende apenas de si próprio. Ajuda da Alemanha e goelada forjam ténue esperança de apuramento.

    As contas de Portugal para se apurar

    Portugal precisa de fazer muitos golos

    Um empate entre alemães e norte-americanos afasta, desde logo, o conjunto luso, uma vez que as duas equipas somariam cinco pontos, marca inalcançável pelo conjunto comandado por Paulo Bento.

    O melhor cenário para a formação das "quinas" é a vitória da Alemanha sobre os EUA, que, se for por apenas um golo, obrigará Portugal a vencer o Gana por, pelo menos, quatro golos de diferença. Neste cenário, decidiriam os golos marcados.

    Com vitória de 1-0 sobre Gana, Portugal passa se: A Alemanha ganhar por 5-0 aos EUA. Nesse caso, a equipa portuguesa ficará com quatro pontos, tantos quantos os norte-americanos, e com uma diferença de golos de 3-6, superior à dos Estados Unidos (4-8).

    Com vitória de 2-0 sobre Gana, Portugal passa se: A Alemanha ganhar por 4-0 aos EUA. Nesse caso, a equipa portuguesa ficará com quatro pontos, tantos quantos os norte-americanos, e com uma diferença de golos de 4-6, superior à dos Estados Unidos (4-7).

    Com vitória de 3-0 sobre Gana, Portugal passa se: A Alemanha ganhar por 2-0 aos EUA. Nesse caso, a equipa portuguesa ficará com quatro pontos, tantos quantos os norte-americanos, e com uma diferença de golos de 5-6, superior à dos Estados Unidos (4-5).

    Será necessário recorrer a um sorteio se: Portugal ganhar por 2-0 ao Gana e a Alemanha bater os EUA por 3-0, ou se Portugal bater o Gana por 2-1 e a Alemanha vencer os EUA por 4-0. Nesses casos, Portugal e EUA ficarão empatados em pontos e golos.

    Nas duas primeiras jornadas, Portugal foi goleado por 4-0 com a Alemanha e empatou 2-2 com os Estados Unidos, no domingo, salvando-se de uma inédita eliminação ao segundo jogo, em fases finais, aos 90+5 minutos, com um tento de Silvestre Varela, assistido por Cristiano Ronaldo.

    Por seu lado, o Gana perdeu por 2-1 com os Estados Unidos e empatou a 2-2 com a Alemanha.

    O embate entre Portugal e o Gana está marcado para quinta-feira, em Brasília, às 17 horas de Lisboa.

    Artigo Parcial

    ENVIADO POR:Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  150. TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO

    DESPORTO/CICLISMO:???


    FERRAMENTAS
    Comentar
    ImprimirImprimir
    DistribuirDistribuir
    EnviarEnviar
    Aumentar TextoAumentar
    Diminuir TextoDiminuir
    ESTATÍSTICAS
    604 Visualizações
    4 Comentários
    0 Envios
    2 Impressões
    Patrocínio


    TAGS
    Desporto
    Presidente da Assembleia da República saúda ciclista Rui Costa
    Publicado às 20.47


    1 0 0
    A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, saudou esta segunda-feira o ciclista Rui Costa pela terceira vitória consecutiva na volta à Suíça, que, afirmou, o coloca "entre os melhores da modalidade".

    "A Volta à Suíça coloca-o entre os melhores da modalidade. Esta vitória, a juntar a tantas outras na sua carreira, encimada pela conquista do campeonato do mundo de ciclismo de estrada de 2013, reforça esse seu estatuto", lê-se na mensagem de Assunção Esteves.

    Para a presidente do parlamento, "um percurso como este é o resultado natural das qualidades humanas de dedicação, perseverança e labor".

    "Ele faz prever um destino de sucesso. Um sucesso que é, afinal, de todos nós", afirmou Assunção Esteves, que se despede do ciclista com "um abraço".

    O ciclista português Rui Costa (Lampre-Merida) venceu no domingo pela terceira vez consecutiva a Volta à Suíça, depois de ganhar a nona e última etapa, que ligou Martigny a Saas-Fee, na distância de 156,5 quilómetros.

    Rui Costa ganhou a primeira competição desde que se sagrou campeão mundial de estrada ao vencer a última etapa, que terminava com uma contagem especial de montanha, com 14 segundos de vantagem sobre o perseguidor direto, o holandês Bauke Mollema (Belkin Pro), e 24 sobre o terceiro classificado, o suíço Mathias Frank (IAM Cycling).

    ENVIADO POR:A.M.

    ResponderEliminar
  151. TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (23/6)

    EDUCAÇÃO:EXAME DE MATEMÁTICA DO 9ºANO!(reacções)

    SOCIEDADE PORTUGUESA DE MATEMÁTICA

    Exame de matemática "aquém do nível de exigência"
    por Ana Bela Ferreira

    A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), que já foi presidida pelo atual ministro da Educação, considera que o exame de Matemática do 9.º ano tinha um nível "aquém" do que considera "adequado para este nível de escolaridade".

    Para a SPM, a prova "tem um nível de complexidade substancialmente inferior à do ano anterior". Além disso, os especialistas que analisaram o exame feito esta manhã acrescentam que não há na prova "qualquer item que permita distinguir especificamente um aluno de nível 5".

    "Qualquer aluno de nível 3 não deveria ter dificuldade em obter um resultado acima dos 60%, e qualquer aluno de nível 4 deveria conseguir resolver corretamente 100% da prova de hoje." O único elogio vai para, pela primeira vez, haver uma parte da prova que os alunos tinham de fazer "sem recurso a uma calculadora".

    Quase 106 mil alunos estavam inscritos no exame. Os alunos ouvidos pelo DN também também consideraram a prova mais simples do que em anos anteriores.

    ENVIADO POR:A.M.

    ResponderEliminar
  152. TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO

    Autarcas Socialistas exigem esclarecimento sobre 35 horas de trabalho

    O presidente da Associação Nacional dos Autarcas Socialistas, José Luís Carneiro, exigiu hoje um esclarecimento célere do Governo quanto à questão das 35 horas semanais, por forma a acabar com uma situação "de profunda injustiça".

    8POLÍTICA Socialistas exigem esclarecimento sobre 35 horas de trabalho Lusa-11:20 - 23 de Junho de 2014 | Por Lusa]

    "A nossa grande preocupação é que neste momento temos muitas dezenas de autarquias a praticar o regime das 35 horas semanais e outras, em cumprimento das disposições legais, a cumprirem 40 horas, e isso cria um sentimento de profunda injustiça nos colaboradores de todas as autarquias", afirmou, em declarações à Lusa, José Luís Carneiro.

    Em causa está o facto de as autarquias ainda "não terem conhecimento" do parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) acerca dos acordos de 35 horas de trabalho entre trabalhadores e autarquias, que está já nas mãos da Secretaria de Estado da Administração Pública, salientou o autarca de Baião.

    Esse parecer da PGR, que foi solicitado em fevereiro pelo Governo, chegou à Secretaria de Estado "já vai para três semanas e até agora não temos conhecimento do mesmo", criticou o líder dos autarcas socialistas.

    "O que se impõe é que haja rapidamente uma clarificação do respetivo parecer da PGR que, por aquilo que tem vindo a público, irá no sentido de respeitar a autonomia local na determinação e na regulação do modelo laboral", vincou Carneiro, acrescentando que "a Secretaria de Estado deve, de uma vez por todas, responder com clareza às dúvidas" e tomar uma decisão.

    José Luís Carneiro criticou o "arrastar de uma situação de profunda injustiça" entre trabalhadores dos municípios e alertou para o risco de as autarquias que assinaram acordos com os sindicatos para manter as 35 horas semanais incorrerem em responsabilidades financeiras, "caso seja provado dolo da parte de quem decidiu esta matéria".

    Na quarta-feira, o secretário de Estado da Administração Pública disse que o Governo está a analisar o parecer da PGR acerca dos acordos de 35 horas de trabalho entre trabalhadores e autarquias, considerando que ele "precisa de interpretação".

    José Leite Martins, que respondia no parlamento a questões dos deputados, considerou que em causa está "um assunto de uma grande delicadeza, porque estão assinados muitos ACEEP [Acordos Coletivos de Entidade Empregadora Pública]" e a atuação do Governo "tem de ser pautada por grande rigor", adiantando, contudo, não ter dúvidas de que o problema da interpretação será rapidamente resolvido.

    O Tribunal Constitucional decidiu em novembro, por sete votos contra seis (incluindo o voto contra do presidente, Joaquim de Sousa Ribeiro), não declarar a inconstitucionalidade das normas do aumento do horário de trabalho na Função Pública das 35 para as 40 horas semanais.

    No entanto, o acórdão do TC deixou em aberto a possibilidade de as câmaras decidirem, cada uma por si, manter os horários de 35 horas através de negociação de acordos coletivos de trabalho com os sindicatos.

    De acordo com o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Pública (STAL), desde o início do ano e até ao final de abril foram assinados mais de 350 acordos com autarquias para permitir que os respetivos trabalhadores continuem a ter o horário de trabalho de 35 horas semanais.

    No entanto, estes acordos deveriam ser homologados para publicação pelo secretário de Estado da Administração Pública, o que não aconteceu.

    ENVIADO POR:A.M.

    ResponderEliminar
  153. TRAZIDO DO NOTÍCIAS AO MINUTO(23/6)

    EDUCAÇÃO: (MAIS) ENCERRAMENTO DE ESCOLAS DO 1ºCICLO!

    1.º CICLO

    Viseu é o distrito mais afetado pelo fecho de escolas

    por Ana Bela Ferreira

    O Ministério da Educação e Ciência divulgou esta tarde a lista de escolas do 1.º ciclo que vão encerrar e já não abrem em setembro. Viseu é o distrito mais afetado com 57 escolas que fecham.

    Antes de divulgar a lista, a tutela anunciou no sábado que o processo de encerramentos de escolas do 1.º ciclo com menos de 21 alunos estava concluído e que fechavam 311 estabelecimentos. A primeira lista, divulgada pelo DN, tinha 439 escolas.

    Depois de Viseu, que tem mais escolas com menos de 21 alunos a fechar portas, seguem-se os distritos de Aveiro (49) e do Porto (41) escolas. Do lado oposto da lista estão Lisboa e Bragança com apenas uma escola a fechar em setembro.

    Nos restantes distritos, Coimbra perde 24 escolas, Braga 17, Vila Real e Guarda 13, Santarém, Évora e Portalegre 12 e Castelo Branco 11. Abaixo dos 10 encerramentos está Beja (9), Setúbal (7) e Faro e Viana do Castelo (3).

    ENVIADO POR:A.M.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ERRATA: TRAZIDO DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS

      Eliminar
    2. RETIRADO DO DN

      IPMA DIZ
      Temperaturas sobem a partir desta 4.ª feira
      Hoje3 comentários

      O estado do tempo vai melhorar a partir de quarta-feira, mas as temperaturas vão manter-se nos 23/24 graus Celsius, disse hoje à Lusa a meteorologista Cristina Simões, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
      "Para hoje ainda está prevista uma situação instável associada a uma depressão que está em deslocamento para leste, para o território espanhol. Estão previstos períodos de céu muito nublado, ocorrência de aguaceiros, por vezes fortes, de granizo, e acompanhados de trovoada especialmente a tarde", adiantou.
      Cristina Simões salientou que todos os distritos do continente vão estar sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, entre as 09:00 e as 21:00 de hoje devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, de granizo, acompanhados de trovoadas e rajadas fortes de vento.
      "A partir de quarta-feira vamos ter uma melhoria gradual do estado tempo, mas as temperaturas vão manter-se mais ou menos como estão, a rondar os 23/24 graus", disse.
      De acordo com a meteorologista, na quarta-feira ainda se poderão registar alguns aguaceiros fracos nas regiões do norte e do centro.
      Para a quarta-feira, ainda estão previstos períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral muito nublado até ao final da manhã e aguaceiros em geral fracos, nas regiões do norte e centro e vento fraco.
      "Vamos ter também uma pequena subida da temperatura mínima e da máxima nas regiões do interior e neblina ou nevoeiro matinal", adiantou.
      DD // ARA

      Eliminar
    3. INFORMAÇÃO:TRANSFORMADO NO POST 82 DE JUNHO/13

      Eliminar
  154. Junto envio mais um ponto de situação do meu problema laboral, ao qual se juntaram outras "forças".

    Assunção Monteiro

    ResponderEliminar
  155. Sociedade Portuguesa de Matemática
    Av. da República 45, 3º esq., 1050 – 187 Lisboa
    Tel. 217 939 785 / Fax 21 795 2349
    www.spm.pt imprensa@spm.pt

    23 de junho de 2014

    Parecer da Sociedade Portuguesa de Matemática
    sobre a Prova Final de Matemática do 3º Ciclo do Ensino Básico
    Prova 92, 1ª Chamada – 23 de junho de 2014

    A prova que se realizou hoje está em conformidade com o programa, não contém
    incorreções e tem uma extensão adequada. A SPM considera muito positivo que, pela
    primeira vez na Prova Final de Matemática do 3º Ciclo, os alunos tenham que realizar
    uma parte da prova sem o recurso a uma calculadora.

    Consideramos que a prova tem um nível de complexidade substancialmente inferior à
    do ano anterior, sendo várias das questões muito semelhantes às correspondentes
    dessa prova. Qualquer aluno de nível 3 não deveria ter dificuldade em obter um
    resultado acima dos 60%, e qualquer aluno de nível 4 deveria conseguir resolver
    corretamente 100% da prova de hoje. Não há qualquer item que permita distinguir
    especificamente um aluno de nível 5.

    Como conclusão, a SPM considera que esta prova fica aquém do nível de exigência que
    considera adequado para este nível de escolaridade. Uma expectável subida da média
    nacional em relação aos últimos anos não permitirá, infelizmente, concluir que houve
    uma melhoria objetiva do desempenho escolar.


    O Gabinete do Ensino Básico e Secundário
    da Sociedade Portuguesa de Matemática


    Para mais informações, por favor contactar:
    Gabinete de Comunicação: Sílvia Dias, 217 939 785 / 960 131 220, imprensa@spm.pt

    ResponderEliminar
  156. URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    https://www.google.pt/
    3
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCAQFjAA&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=CjWrU8k85cjQBeCCgegN&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg&bvm=bv.69620078,d.d2k
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar
  157. #POR TAROUCA VAI ACONTECER

    No dia 5 de Julho, o Grupo Elas, vai à com a sua "feirinha" até Salzedas!

    ProfAnónima

    NB:NO PRÓX.SÁBADO VAI SER EM S.JOÃO DE TAROUCA!

    ResponderEliminar
  158. IN TSF

    Garantir a ordem nas salas de aula ocupa 16% do tempo
    Publicado hoje às 10:03
    Portugal é um dos países desenvolvidos onde esta tarefa rouba mais tempo aos professores. Na prática, apenas três quartos do tempo das aulas é usado a ensinar os alunos.
    O estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) conclui que os professores portugueses gastam 8,2% do tempo das aulas em tarefas administrativas. Ligeiramente acima da média internacional (8%), numa diferença que aumenta, claramente, quando olhamos para os minutos perdidos a garantir a disciplina na sala.
    Na prática, 15,7% do tempo das aulas é usado nessa tarefa, o quinto valor mais alto entre os mais de 30 países que responderam ao inquérito.
    Pior do que Portugal só o Brasil (19,8%), Singapura (17,7%), Malásia (17,5%) e Holanda (16%). A Bulgária, Roménia e Polónia são os países onde os professores perdem menos tempo com esta tarefa (menos de 9% do tempo das aulas).
    Fazendo as contas e juntando as tarefas administrativas também desempenhadas pelos docentes portugueses, apenas 3 em cada 4 minutos das aulas (75,8%) são usados a ensinar, de facto, as crianças ou adolescentes.
    A OCDE conclui ainda que, em média, os professores portugueses passam 21 horas por semana a ensinar, 9 horas a planear e preparar as lições e 10 horas a marcar e corrigir os trabalhos dos alunos.
    Números sempre superiores aos valores médios que se encontraram nos países desenvolvidos que foram avaliados neste inquérito.
    Nuno Guedes

    ResponderEliminar
  159. IN DN

    REVISÃO CONSTITUCIONAL
    PSD/Madeira propõe extinção do Tribunal Constitucional
    por Agência Lusa (editado por João Pedro Henriques)Hoje23 comentários

    Os deputados do PSD eleitos pela Madeira entregaram hoje uma proposta de revisão constitucional que prevê a extinção do Tribunal Constitucional e a criação de uma secção constitucional no Supremo Tribunal de Justiça.
    A proposta, apresentada pelo deputado do PSD Guilherme Silva, contempla também uma alteração do âmbito do referendo nacional, "que se passa a admitir o referendo constitucional", a possibilidade de submeter a apreciação popular alterações à Lei Fundamental.

    ResponderEliminar
  160. IN TSF

    Madeira: Deputados do PSD querem extinguir TC
    Publicado hoje às 19:15
    Os deputados do PSD eleitos pela Madeira entregaram hoje uma proposta de revisão constitucional que prevê a extinção do Tribunal Constitucional e a criação de uma secção constitucional no Supremo Tribunal de Justiça.

    Enviar por email Link

    Reportagem de Judith Menezes e Sousa com declarações do deputado do PSD Guilherme Silva
    O constitucionalista Jorge Miranda entende que reduzir o Constitucional a uma secção do Supremo Tribunal de Justiça é um claro passo atrás

    A proposta, apresentada pelo deputado do PSD Guilherme Silva, contempla também uma alteração do âmbito do referendo nacional, «que se passa a admitir o referendo constitucional», a possibilidade de submeter a apreciação popular alterações à Lei Fundamental.
    A apresentação deste projeto, que deu entrada hoje, abre um processo ordinário de revisão da Constituição, existindo um período de 30 dias para a apresentação de propostas por parte de outros deputados e grupos parlamentares, referiu Guilherme Silva, admitindo contudo que sejam «30 dias parlamentares», remetendo para o início da próxima sessão legislativa a criação da comissão eventual para a revisão da Lei Fundamental.
    O fim do período de assistência financeira justifica, segundo Guilherme Silva, a apresentação de um projeto de alteração designado "Renovar Abril", considerando que, e apesar das alterações a que foi sujeita, a aprovação da Constituição em 1976 foi «muito condicionada» pelo pacto entre partidos e o Movimento das Forças Armadas (MFA) e o clima do então Período Revolucionário em Curso (PREC).
    Guilherme Silva argumentou que a fiscalização preventiva da constitucionalidade, cujo fim é proposto, «arrasta para o Tribunal Constitucional a conflitualidade própria do debate parlamentar» e um «contar de espingardas» dos juízes daquele Tribunal que «não é edificante para a justiça constitucional».
    O projeto de revisão constitucional contempla também a «obrigatoriedade da lei do Orçamento do Estado estabelecer, no início de cada legislatura, os limites do défice para os quatro exercícios subsequentes», ou seja, para o período de duração de uma legislatura.
    Ler Artigo Completo (Pág.1/3)

    ResponderEliminar
  161. IN JN

    Empresas que exijam compromissos para não engravidar devem ser "severamente punidas"
    Publicado às 14.57


    231 7 0
    O presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, disse, esta quarta-feira, desconhecer casos de empresas que obrigam trabalhadoras a assinar um compromisso de que não engravidarão nos próximos cinco anos, mas espera que se estes casos se existirem sejam "severamente punidos".


    foto PEDRO NUNES/LUSA
    Empresas que exijam compromissos para não engravidar devem ser "severamente punidas"
    António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal

    António Saraiva falava no final de uma reunião dos parceiros sociais com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, para preparação do Conselho Europeu, que arranca na quinta-feira, no qual as questões da natalidade foram abordadas.

    Na semana passada, em entrevista à Antena 1, o líder da comissão multidisciplinar, que o PSD encarregou de apresentar um plano de promoção da natalidade e cujas propostas vão ser conhecidas no final deste mês, Joaquim Azevedo, denunciou a existência de empresas que estão a obrigar as suas funcionárias a assinar por escrito o compromisso de que não vão engravidar nos próximos cinco anos.

    O professor universitário da Católica não revelou, no entanto, o nome de nenhuma das empresas que praticam este ilícito.

    "Mais do que denunciar é preciso provar os casos concretos onde isso acontece, sendo certo que que se estas práticas anómalas existirem a fiscalização tem que ser exercida e a penalização tem de ocorrer", disse o presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) aos jornalistas.

    António Saraiva diz, no entanto, desconhecer no seio das empresas que representa práticas deste género.

    Ler Artigo Completo (Pág.1/2)

    ResponderEliminar
  162. URLs de referência

    Entrada Visualizações de páginas
    https://www.google.pt/
    2
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCQQFjAB&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=BQ2sU9_hAZ6zxwaMHw&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg
    1
    Sites de referência
    ???

    ResponderEliminar
  163. [TRAZIDO DO DN DESPORTO(26/6)]

    MUNDIAL/2014:CONSIDERANDOS SOBRE PORTUGAL vs GANA

    «Quem no meio-campo? E qual o lugar para Cristiano Ronaldo?

    por JOÃO MARCELINO

    O jogo com o Gana não é apenas para cumprir calendário, mesmo que o apuramento pareça ser uma missão quase impossível, dependente de demasiados fatores. Este desafio tem uma importância significativa para o balanço que a seleção nacional fará no final do Mundial. Não é a mesma coisa ganhar ou perder, conquistar um ou quatro pontos.
    A curiosidade neste jogo, arrumado o folclore que envolveu o contrato de Paulo Bento em substituição do clima e do planeamento do estágio (tudo por causa da cabeçada que Pepe deu em Müller!...), é saber com que ideias o treinador abordará este compromisso, sobretudo em dois pontos: que posição dará a Cristiano Ronaldo (CR) e de que forma constituirá o meio-campo.

    A primeira questão tem tudo que ver com o atual estado de forma do capitão, mas de certa forma pode considerar-se como uma antecipação do futuro. Mais tarde ou mais cedo, CR rumará ao lugar de ponta-de-lança.

    Não será possível durante muito mais tempo que o grande goleador do futebol mundial continue a jogar longe da baliza. Mesmo o super-homem da banda desenhada perdia os extraordinários poderes diante de um determinado mineral, vindo do espaço. O super-homem do futebol português tem um problema muito mais terreno, relacionado com a biologia. Repare-se que um goleador normal joga perto da área.

    Movimenta-se em territórios delimitados. CR anda há dez anos a percorrer 50 metros antes de cada golo. É algo que um dia será estudado mas que constitui um ciclo cujo fim deve ser apressado, até pelo jogador e sobretudo no Real Madrid, porque também tem que ver com o equilíbrio da equipa e a forma como ela defende.

    A seleção não pode continuar a suportar "este" CR e mais um ponta-de-lança, ou seja, a defender com nove jogadores, sobretudo porque não é, de facto, uma equipa de top. Paulo Bento é um homem de convicções, mas este ponto também testa a sua autoridade na equipa. Uma coisa é o lugar onde CR gosta de jogar e outra, que parece evidentemente diferente, o lugar no qual a equipa precisa que ele jogue. E neste caso é simples: deveria jogar na frente, para que as alas pudessem ser preenchidas por homens mais frescos, como Nani (bom jogo com os EUA) e Varela (ou Vieirinha). A equipa agradeceria, até porque como pontas-de-lança de raiz as opções são as que se sabem...

    Depois há, então, a questão do meio-campo.

    Ler Artigo Completo (Pág.1/2)

    ResponderEliminar
  164. [TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF(26/6)]

    MUNDIAL/14: OS PREPARATIVOS PRÓ JOGO PORTUGAL vs GANA!

    «: Hélder Postiga e André Almeida fora do encontro com o Gana
    Publicado hoje às 14:18

    O defesa André Almeida e o avançado Hélder Postiga vão falhar hoje o encontro Portugal-Gana, da terceira jornada do Grupo G do Mundial2014, de acordo com o boletim clínico disponibilizado pela Federação Portuguesa de Futebol.

    «Hélder Postiga (mialgia da região posterior da coxa esquerda) e André Almeida (mialgia da região proximal da coxa esquerda), apesar da melhoria clínica, mantêm limitações que impedem a sua utilização no jogo com o Gana», lê-se na nota do organismo.

    Os dois jogadores saíram lesionados do empate com os Estados Unidos (2-2), no domingo, e aumentam para cinco as baixas para o encontro de hoje, às 13:00 locais (17:00 em Lisboa), no Estádio Nacional de Brasília.

    Além dos dois jogadores, fora da última partida da fase de grupos estão também Hugo Almeida e Rui Patrício, com lesões musculares, tal como Fábio Coentrão, que regressou a Lisboa após a derrota contra a Alemanha (4-0), na estreia.

    Para se qualificar para os oitavos de final, Portugal precisa de golear o Gana e esperar que não haja um empate entre Alemanha e Estados Unidos.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  165. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS (26/6)]

    EDUCAÇÃO: EXAME DE MATEMÁTICA DO 12ºANO FOI PUXADO!

    «EXAMES NACIONAIS

    Matemática voltou a ser o 'bicho papão'
    por Ana Bela Ferreira

    Marta Jorge, Diogo Freitas e Cláudia Franco tiveram dificuldades

    Mais de 50 mil alunos fizeram esta manhã exame de Matemática A. Ao contrário dos outros exames realizados até agora, "difícil" foi a palavra mais usada pelos alunos à saída. Associação de professores concordam e antecipam resultados baixos.

    Depois de fazer exame Português, Física e Química e o de Biologia e Geologia, Diogo Freitas não tem dúvidas de que o de Matemática, feito esta manhã, foi "o mais complicado".

    A Associação de Professores de Matemática (APM) está de acordo e fala numa prova "extensa", com um "grau de dificuldade elevado" e "inesperada". Pela primeira vez não existe nesta prova, que tem a duração de duas horas e meia, "um problema de aplicação da matemática", o que até "é contra o programa e as expectativas dos alunos que contavam com isso", refere Jaime Carvalho da Silva, vice-presidente da APM.

    Na Secundária Camões, em Lisboa, os alunos ficaram surpreendidos com as dificuldades. "Apenas porque os outros exames estavam a ser mais simples do que os do ano passado. Mas Matemática foi mais difícil.

    Estava à espera que saíssem mais funções e menos números complexos", explica João Ferreira, de 22 anos.

    As dificuldades foram tantas que Marta Jorge, 18 anos, teve uma crise de ansiedade. "Cheguei à sala, comecei a olhar para a prova e a pensar que não conseguia fazer nada. Desatei a chorar e fiquei sem forças. Tive de vir cá fora beber água com açúcar. Estive não sei quanto tempo cá fora a acalmar-me", conta, no final do exame, já mais aliviada. Afinal não precisa da nota para entrar no ensino superior.»

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  166. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO JORNAL PÚBLICO]

    ???

    José Magalhães para a bancada do PSD: "Vá chamar palhaço ao seu pai"
    LUSA 26/06/2014 - 18:15

    Debate sobre o jogo online no Parlamento.

    Um incidente parlamentar durante a discussão sobre um pacote legislativo do jogo online envolveu, nesta quinta-feira, o deputado socialista José Magalhães e a bancada do PSD. José Magalhães conduzia a sua intervenção quando, virando-se para a bancado PSD, afirmou: "Vá chamar palhaço ao seu pai".

    Questionado pela Lusa, José Magalhães explicitou que se tratou de uma resposta a um à parte do deputado do PSD Duarte Marques, que empregou a palavra "palhaçada".

    O vice-presidente da bancada parlamentar do PSD Luís Menezes pediu a palavra e antes o vice-presidente da Assembleia e deputado comunista António Filipe, que se encontrava a presidir aos trabalhos da Assembleia na ausência da presidente, Assunção Esteves, alertou para a necessidade de manter o "nível elevado".

    Luís Menezes disse subscrever as palavras de António Filipe e acusou José Magalhães de "falta de educação".

    José Magalhães voltou a intervir, afirmando que a acta da Assembleia documentará o "à parte inaceitável" que foi proferido.

    (ENVIADO POR:PA/DI)

    ResponderEliminar
  167. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO JN (27/6)]

    UNIÃO EUROPEIA: LÍDERES EUROPEUS CHEGAM (finalmente) A UM ACORDO SOBRE O FUTURO PRESIDENTE DA COMISSÃO EUROPEIA!

    ARTIGOS RELACIONADOS

    Ainda não há decisão sobre o futuro comissário português
    Cameron contraria tradição e pede votação dos líderes à candidatura de Junker
    A entrevista que Jean-Claude Juncker deu ao JN

    Líderes europeus indigitam Jean-Claude Juncker para presidente da Comissão
    Publicado às 16.01



    Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia, reunidos, esta sexta-feira, em Bruxelas, indigitaram o luxemburguês Jean-Claude Juncker para o cargo de presidente da Comissão Europeia, anunciou o presidente do Conselho Europeu.


    foto ERIC VIDAL / REUTERS
    Líderes europeus indigitam Jean-Claude Juncker para presidente da Comissão
    Jean Claude Junker

    "Decisão tomada. O Conselho Europeu propõe Jean-Claude Juncker como próximo presidente da Comissão Europeia", escreveu Herman Van Rompuy na sua conta na rede social twitter.

    O nome de Juncker, que era o candidato do Partido Popular Europeu - vencedor das eleições europeias de maio - terá agora que ser confirmado pelo Parlamento Europeu, numa votação que terá lugar em meados de julho, para suceder a José Manuel Durão Barroso

    (ENVIADO POR: A.M.)

    ResponderEliminar
  168. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO JN(27/6)]

    Líderes europeus indigitam Jean-Claude Juncker para presidente da Comissão

    Publicado às 16.01

    Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia, reunidos, esta sexta-feira, em Bruxelas, indigitaram o luxemburguês Jean-Claude Juncker para o cargo de presidente da Comissão Europeia, anunciou o presidente do Conselho Europeu.

    Líderes europeus indigitam Jean-Claude Juncker para presidente da Comissão

    Jean Claude Junker

    "Decisão tomada. O Conselho Europeu propõe Jean-Claude Juncker como próximo presidente da Comissão Europeia", escreveu Herman Van Rompuy na sua conta na rede social twitter.

    O nome de Juncker, que era o candidato do Partido Popular Europeu - vencedor das eleições europeias de maio - terá agora que ser confirmado pelo Parlamento Europeu, numa votação que terá lugar em meados de julho, para suceder a José Manuel Durão Barroso.

    (SAIBA MAIS NOS DIVERSOS DE JUNHO/2014)

    (ENVIADO POR:A.M:)

    ResponderEliminar
  169. URLs de referência
    Entrada Visualizações de páginas
    http://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CCAQFjAG&url=http%3A%2F%2Ftaroucando.blogspot.com%2F&ei=w6KtU5S6L8C65gSxFQ&usg=AFQjCNH1lnkUkzq4KhtjCOBlXHqDAOr3qg
    1
    Sites de referência

    ResponderEliminar