sábado, 5 de julho de 2014

(10)POLITICA NACIONAL:"TRANSPIRAÇÕES" SOBRE O CONSELHO DE ESTADO!

[TRAZIDO DO FB: CONTA DO JN (5/7)] POLITICA NACIONAL:"TRANSPIRAÇÕES" DO CONSELHO DE ESTADO! COMO É DO CONHECIMENTO GERAL, NA PASSADA 6ª FEIRA HOUVE MAIS UM CONSELHO DE ESTADO COM UMA ORDEM DE TRABALHOS PREVIAMENTE DEFINIDA E TORNADA PÚBLICA (VER POST 8), MAS MUITOS ERAM OS QUE DIZIAM QUE MUITO POSSIVELMENTE, NESTE CE IRIAM SER ABORDADOS "OUTROS ASSUNTOS" PRA LÁ DOS QUE CONSTAVAM NA OT:E PARECE QUE ASSIM FOI! «Seguro admite que negociação da dívida não obteve consenso no Conselho de Estado (Publicado à 01.15) O secretário-geral do PS revelou sexta-feira em Santarém ter defendido no Conselho de Estado a revisão das condições de pagamento da dívida, admitindo que se o tema não constou do comunicado final foi porque não houve consenso. (foto MIGUEL A. LOPES/LUSA) Seguro admite que negociação da dívida não obteve consenso no Conselho de Estado António José Seguro à chegada ao Conselho de Estado António José Seguro, que participou num encontro com militantes na sexta-feira à noite em Santarém, frisou ser princípio entre os conselheiros de Estado não divulgar publicamente o que se passa nas reuniões, mas afirmou não ser "difícil adivinhar" quais as propostas e posições que defendeu no encontro de quinta-feira. "O país tem um grave problema que é o peso elevadíssimo dos juros da nossa dívida pública e isso precisa obter uma resposta e uma resposta consensual. É sabido que, para nós, é fundamental que se pague a dívida, que se honre cada cêntimo dessa dívida, mas também é necessário nós revermos as condições de pagamento dessa dívida para que seja feito de forma credível, de forma justa e que com isso se consiga aliviar os sacrifícios dos portugueses", afirmou. Questionado sobre as razões por que esse tema não constou do comunicado final do Conselho de Estado, Seguro apenas respondeu que "o comunicado expressa aquilo que é consensual".» (ENVIADO POR:PA/DI) INF.ADICIONAL:A QUESTÃO DA "RENEGOCIAÇÃO DA DIVISA, PARECE SER O PONTO ONDE O GOVERNO E O PS DE SEGURO ESTÃO MAIS DISTANTES. MAS ESTA POSIÇÃO É DEFENDIDA POR OUTRAS PERSONALIDADES, NOMEADAMENTE PELO TAL "GRUPO DOS 74" E AINDA POR RUI RIO(VER NOS COMENTÁRIOS)

3 comentários:

  1. [TRAZIDO DO FB:CONTA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS(4/7)]

    RENEGOCIAÇÃO DA DIVIDA:POSIÇÃO DO Dr RUI RIO

    «Rui Rio:" Renegociar a dívida será uma necessidade "
    por Lusa

    O social-democrata Rui Rio disse esta sexta-feira, que Portugal terá de " renegociar a dívida" pública, caso não haja crescimento económico sustentável.

    "Naturalmente que Portugal só poderá não falar de renegociar a dívida se tiver um crescimento económico sustentável. Se conseguirmos esse crescimento, teremos riqueza suficiente para fazer face à dívida acumulada", observou o economista, em declarações aos jornalistas no fim da conferência "As Empresas e o Imperativo da Competitividade".

    Para o ex-presidente da Câmara do Porto, se o país "tiver um crescimento económico muito fraco, qualquer dia, naturalmente", terá de "renegociar a dívida".»

    ResponderEliminar
  2. INFORMAÇÃO EXTRA: DISPURA DA LIDERANÇA DO PS

    Ao que parece, hoje deu-se um volte-face na história do "Quem Apoia Quem?"; Amanhã falaremos disso!

    ProfAnónima

    ResponderEliminar
  3. JÁ NÃO ENTENDER MAIS ESTA MALEITA BLOGUEIRA:

    «Esta página Web não está disponível

    Menos
    A página Web em http://taroucando.blogspot.pt/2014/07/10politica-nacionaltranspiracoes-sobre.html poderá estar temporariamente inactiva ou poderá ter sido movida permanentemente para um novo endereço Web.
    Código de erro: ERR_INVALID_ARGUMENT»

    ResponderEliminar