quarta-feira, 2 de julho de 2014

(3)CARLOS DO CARMO GALARDOADO COM UM GRAMMY!

[TRAZIDO DO FB:CONTA DA TSF(1/7)]-[CARLOS DO CARMO FOI GALARDOADO PELOS 50 ANOS DE CARREIRA. DE ACORDO COM O JÚRI, ELE É UM DOS 6 MELHORES CANTORES MUNDIAIS, DENTRO DO SEU GÉNERO MUSICAL] Grammy de Carlos do Carmo «enche ainda mais de orgulho» Lisboa, diz António Costa Publicado ontem às 14:15 O presidente da Câmara de Lisboa considerou hoje que o Grammy atribuído a Carlos do Carmo «enche ainda mais de orgulho a cidade» e «é um novo e decisivo contributo» para a internacionalização do fado. Carlos do Carmo, a celebrar 50 anos de carreira, vai receber um "Lifetime Achievement Grammy", que distingue carreiras de referência no panorama internacional, sendo o primeiro artista português a receber este prémio. Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, sublinha que «Carlos do Carmo é um dos artistas a quem Lisboa e Portugal mais devem». «Este prémio enche ainda mais de orgulho a cidade, os lisboetas e todos os que gostam de Carlos de Carmo, da sua música, da sua voz e do seu fado», sublinha o autarca. António Costa adianta que projeção internacional do fadista «contribuiu decisivamente para prestigiar» a cultura portuguesa e para «dar ao fado as possibilidades e os meios de uma afirmação mundial que culminou com a sua classificação pela UNESCO como Património Imaterial da Humanidade». Grammy de Carlos do Carmo «enche ainda mais de orgulho» Lisboa, diz António Costa «A candidatura foi apresentada e conduzida pela Câmara Municipal de Lisboa e de que ele foi e é um grande, enérgico, incansável e insubstituível embaixador», acrescenta, Lusa» [NB:A CULTURA PORTUGUESA ESTÁ NA ORDEM DO DIA: HOJE TIVEMOS CARLOS DO CARMO E AMANHÃ TEMOS A SOPFIA DE MELO: POR MOTIVOS DIFERENTES É CERTO, MAS AMBOS POR BONS MOTIVOS]

2 comentários:

  1. [TRAZIDO DO SITE LETRAS.MUS.BR]

    Canoas do Tejo

    Carlos do Carmo

    Canoa de vela erguida,
    Que vens do Cais da Ribeira,
    Gaivota, que andas perdida,
    Sem encontrar companheira

    O vento sopra nas fragas,
    O Sol parece um morango,
    E o Tejo baila com as vagas
    A ensaiar um fandango

    [refrão:]

    Canoa,
    Conheces bem
    Quando há norte pela proa,
    Quantas docas tem Lisboa,
    E as muralhas que ela tem

    Canoa,
    Por onde vais?
    Se algum barco te abalroa,
    Nunca mais voltas ao cais,
    Nunca, nunca, nunca mais

    Canoa de vela panda,
    Que vens da boca da barra,
    E trazes na aragem branda
    Gemidos de uma guitarra

    Teu arrais prendeu a vela,
    E se adormeceu, deixa-lo
    Agora muita cautela,
    Não vá o mar acordá-lo

    (ENVIADO POR:ProfAnónima)

    ResponderEliminar